SAÚDE PÚBLICA EM PORTUGAL, COMO FUNCIONA.

Portugal saúde.jpg

“Saúde e paz. O resto, a gente corre atrás”. Pedro Bial

Sempre que pensamos em morar fora do Brasil, levamos em consideração diversos aspectos, mas os principais são: trabalho, moradia, segurança, educação e saúde. Se você pretende morar em Portugal, aqui tem tudo o que você precisa sobre a Saúde Pública em Portugal. Vale a pena conhecer estas dicas da Eurodicas.

sistema público de saúde em Portugal é o que atende a maioria das pessoas, e tem uma qualidade incrível! Diferente dos hospitais brasileiros, eles são bem equipados, com atendimento de qualidade e não precisa esperar dias para ser atendido. Mas também diferente do Brasil, não é gratuito!

Público não significa gratuito
Para usar a saúde pública em Portugal você precisa pagar uma taxa moderadora de acordo com o que vai fazer. Por exemplo: uma consulta com um médico em um posto de saúde custa (no Porto) em torno de €5! Se você for para a emergência de um hospital, custa em média €20. Os valores vão aumentando conforme o que é solicitado pelos médicos. Para fazer um raio-x ou tomar uma injeção, você vai pagar uns €2. Ou seja, paga mas não é nada absurdo.

Algumas pessoas são isentas da taxa moderadora. Pessoas que provam que não tem como pagar o sistema de saúde, pessoas com doenças graves e gestantes estão isentas de pagar qualquer coisa no sistema público (inclui: acompanhamento, exames, parto e até dentista).

Médico de família em Portugal
O sistema de acompanhamento na saúde pública em Portugal é com médico de família. Você vai no posto de saúde da sua região e é atribuído um médico para cuidar da sua família e todo mundo é atendido por esse clínico geral. Caso precise fazer exames ou acompanhamento com um especialista, seu médico de família vai te dar uma guia de encaminhamento. Se ele te encaminhar para um hospital particular para fazer algum exame, você paga o mesmo valor que pagaria para fazer o exame no hospital público.

Tecnologia na medicina
Uma coisa boa é que tudo é digitalizado. Se você faz um exame, ele fica disponível para ser consultado em qualquer hospital do país, e sua ficha completa também. Quando você vai a um novo médico/hospital, ele já sabe todo seu histórico de consultas. As receitas médicas também são impressas com um código de barra, e após comprar o medicamento ela fica inválida! Quase todos os remédios tem desconto quando são solicitados pelo seu médico!

Portugal Lisboa

Brasileiro pode usar a Saúde Pública em Portugal?

Pode! Seja você uma pessoa que mora, trabalha e reside em Portugal, ou apenas um turista, você tem o direito de usar a saúde pública em Portugal. Mas atenção: você precisa solicitar o PB-4 para usufruir do direito. O PB-4 (gratuito) é um acordo acordo entre Brasil e Portugal no qual todo beneficiário do INSS tem direito a atendimento nas redes de saúde pública dos países que fazem parte do acordo, pagando o mesmo que um cidadão nativo.

PB-4, como funciona e como solicitar gratuitamente

Plano de saúde em Portugal
Uma pergunta recorrente no blog: vale a pena fazer um plano de saúde em Portugal? A primeira resposta para isso é que em Portugal não se usa o mesmo conceito de plano de saúda do Brasil. Não conheço nenhum serviço que você paga um valor mensal e que cobre todos os seus gastos médicos particulares.

Aqui temos o seguro de saúde! Isso cobre uma parte dos seus gastos em hospitais particulares. O quanto cobre varia de acordo com o seguro que você contratar. Tenho um da empresa, e em uma consulta de €80, eu paguei €30! Na minha opinião não é necessário ter um seguro de saúde, por que a qualidade da saúde pública em Portugal pode ser comparada a muitos hospitais particulares do Brasil.

Fonte: http://www.eurodicas.com.br/saude-publica-portugal/

 

FELIZ POR UM DIA… DO MEU JEITO!

meditando 3

“Precisamos diminuir o barulho, caminhar mais devagar, prestar atenção em quem chega, abaixar a cabeça e colocar a humildade pra funcionar. Somos grandes, quando somos pequenos…” Ita Portugal 

Amaduremos e aprendemos cada vez mais a ser feliz hoje, amanhã e sempre… Como Ita Portugal…
Vou andando do meu jeito, visto que viver é emergente, eu quero mais é quebrar tabus, arregaçar as mangas, abrir as portas e soltar todos os meus vocábulos junto com o meu coração. Quero é dizer do que gosto, de quem gosto. Repetir a dose, exagerar no gole, não fazer corpo mole e assumir meus sentimentos.
Quero que se dane a formalidade que me exige andar de salto alto, corpo ereto, copos, talheres e pratos no mesmo alinhamento. Quero mesmo é dar adeus à frescura que me deixa entalada na roupa de festa e me faz beber vinho em pequenos goles, para não entornar. Que me exige dar risadinhas no canto da boca e fazer poses para ficar bem na foto.
Quero sai por ai. Andar descalça. Cumprimentar os passarinhos. Sorri para as flores e gargalhar com as crianças. Quero falar de amor para que todos possam ouvir. Ter liberdade de ficar em silêncio. Falar quando for necessário. Aconselhar meu coração. Sonhar com dias melhores. Cantar sem rima. Escrever sem motivos. Chorar sem razão. Amar sem restrição.
Romper o óbvio. Sair do prumo. Soltar o remo e navegar. Colher flores para dar de presentes. Tricotar verdades. Descartar as mentiras. Dizer bye bye para a tristeza. Não ser levada a sério. Não servir de exemplo. Não dar conselhos. Quero acordar na lua. Tocar o céu. Passear pelas nuvens, pelo menos nos sonhos.
Quero um dia maior para viver com vontade. Um coração mais largo para caber tanto amor. Por favor, não me fale de regras, técnicas, normas. Perdi essa aula por pura teimosia.
Quero viver, aventurando-me na ousadia de fazer um belíssimo espetáculo, sem nenhum script. Sem nenhum diretor que me exija tanta disciplina. Quero é suportar minhas loucuras e me completar com o resto de alegria possível.

By Ita Portugal

ENTRE O QUE VOCÊ É E SE …

Pedro Bial.jpg

“O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem souber ver…”Pedro Bial

Entre o que você é e o que você gostaria de ser. Entre o que você é e gostaria de parecer. Entre o que você quer e o que diz querer. Entre o que você quer ser quando crescer e o que deixou se perder. Entre o que você vê e o que não vê. Entre o seu olhar e o que suas mãos podem tocar. Entre tudo o que você vai esquecer das lembranças que nunca irão se apagar. Entre o muito rápido e o quase devagar. Entre o desistir e o perseverar. Entre o querer e o desejar. Entre a repulsa e a bondade. Entre o tempo e a idade. Entre o futuro e a saudade. Entre o esquecido e o perdido. Entre este momento e o seguinte.
Em algum lugar existe um meio termo. Entre o meio e o termo. Meio é entre princípio e fim. Termo quer dizer prazo. Entre a sua ousadia e a paciência nossa. Entre o que você gostaria e o que você gosta. Entre o autor e a obra. Entre o desperdício e a sobra. Entre construir – difícil. E destruir – fácil. Entre a triste verdade e a alegre mentira. Entre a mulher e a menina. Entre o que cega e o que fascina. Nas entrelinhas. Entre a aparência e o engano. Entre o sonho e a ilusão. Entre o sim e o não. Talvez. Entre a minha e a tua vez. Entre o que você fez. Entre o que você deixou de fazer. E o que eu nem posso dizer. Aqui entre nós. Entre mentes, entretanto, entretendo, entendendo que entre eu e mim, entre nós dois e vocês. Entre! Ainda que seja a porta de saída, entre sem bater.

By Pedro Bial

INTERCÂMBIO NA TERCEIRA IDADE – LONDRES.

“Seja qual for o seu sonho… comece”. Johann Goethe

Fazer um intercâmbio deveria entrar para uma daquelas listas de 100 coisas que você deve fazer antes de morrer. Já estava pesquisando e me preparando para fazer um intercâmbio á pelo menos 2 ano atras… quer dizer voltei a estudar ingles (CNA/ PANAMBY) para rever meu ingles enferrujado á anos, assim aproveitaria muito mais meu curso. Decisão acertada rsrsrs.

Surgiu em junho oportunidade de ir para Londres… fiz meu intercâmbio na – OHC – OXFORD HOUSE COLLEGE (3 semanas).   A tradicionalíssima OHC foi fundada em 1974 se destacando pelo comprometimento acadêmico de seu corpo docente em ensinar o genuíno Inglês Britânico.

Proporciona aos estudantes uma ótima qualidade educativa, com foco no sucesso acadêmico e profissional, em um ambiente seguro e divertido na qual a diversidade cultural e valores pessoais são respeitados e celebrados. Conheci muitas pessoas de diferentes idades e  nacionalidades… uma oportunidade enriquecedora de integrar os nossos conhecimentos.

As escolas oferecem excelência nos padrões de ensino, condições de bem-estar aos alunos e atividades sociais. Destaque para:

  • Mais de 35 anos de excelência;
  • Escolas nos 15 principais destinos para viajar e aprender o idioma Inglês
  • Professores altamente qualificados;
  • Ambiente de aprendizagem aconchegante com todo o suporte necessário disponível;
  • Flexibilidade de horários;
  • Opções de cursos integrais, semi-intensivos e intensivos;
  • Política de apenas poder falar em Inglês em todas as nossas escolas
  • A maioria dos cursos começam nas segundas feiras.

A OFC/ Oxoford St é uma das maiores e mais bem sucedidas escolas de inglês do Reino Unido e está localizada na Zona 1, na principal avenida do centro de Londres, Oxford Street, em frente a estação de metro Tottenham… onde escolhi fazer meu intercâmbio.  O curso foi interativo, divertido e muito gratificante.

Essa experiência foi única e inesquecível… que te faz crescer e melhorar como pessoa… e te abre muitas portas… Foi a realização de um antigo sonho… que com certeza me realizou e me fará retornar outras vezes rsrsrs... Recomendo para todos.

http://www.ohcenglish.com/school/LONDON_OXFORD_STREET

10 HÁBITOS DE CASAIS FELIZES.

danca idosos

“Enquanto não atravessamos a dor de nossa propria solidão, continuamos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser um.” Fernado Pessoa

Casamentos não são simples. Às vezes é necessária paciência e várias concessões para que as coisas caminhem bem. Mas afinal, o que é preciso para se ter um relacionamento feliz? Se você um cara que se preocupa com a qualidade da relação e trabalha para melhorar seu casamento, “pode aprender muito observando o comportamento de casais felizes”, é no que acredita o psicólogo Dr. Mark Goulston, do Psychology Today.

Separamos 10 dicas do psicólogo que ajudarão a melhorar a qualidade do seu casamento. Confira!

  1. Vão para a cama ao mesmo tempo – Algo comum no início do casamento, é preciso se atentar para que esta prática não se perca. Irem para a cama juntos é um símbolo forte de cumplicidade. Não importa se um de vocês dois sairá da cama mais cedo. O importante é o ato de dividirem este momento.
  2. Cultivar interesses comuns – Depois que a paixão inicial se acalma, é normal perceber que vocês tem poucos interesses em comum. Isto, porém, não minimiza a importância das atividades que você podem fazer juntos. Se os interesses comuns não estão presentes, casais felizes os desenvolvem. Ao mesmo tempo, não se esqueça de cultivar interesses próprios, isso irá torna-lo mais interessante para sua parceira.
  3. Andar de mãos dadas ou lado a lado – Caminhas lado a lado ou de mãos dadas, é criar e fortalecer vínculos. Para as mulheres é muito desconcertante quando o marido sai andando na frente ou caminha mais devagar querendo ficar para trás. Não deixe que o tempo e a rotina tirem de vocês este hábito tão comum durante o período do namoro. Casais felizes conversam, admiram a paisagem, juntos.
  4. Crie padrões de confiança e perdão – Criar estes padrões ajudará a evitar alguns incômodos ao longo do casamento. Casais felizes quando se desentendem conversam e confiam um no outro e perdoam, se for o caso, ao invés de criar um ambiente de relutância de desconfiança.
  5. Concentre-se nos pontos positivos de sua parceira –  Se você começar a procurar defeitos em sua esposa, é certo que encontrará. O mesmo acontece com as qualidades. Tudo depende do que você procura! Casais felizes preferem observar e acentuar as qualidades um do outro e isso os ajuda a lidar com os defeitos.
  6. Se abracem ao se encontrar – Nossa pele tem memória, e ela guarda o “bom toque” (amado), “mau toque” (abusado) e “sem toque” (negligenciado). O contato proporcionado por um beijo rápido não é suficiente para ativar esta “memória”. Casais que dizer “olá” com um abraço mantém sua pele impregnada pelo “bom toque”.
  7. Diga “eu te amo” e “Tenha um bom dia” todas as manhãs – Esta é uma ótima maneira de ajudar sua parceira a lidar com tranquilidade com toda a correria e stress do dia a dia, como engarrafamentos, problemas no trabalho, etc. comprar um pouco de paciência e tolerância que cada parceiro estabelece a cada dia para os engarrafamentos de batalha, longas filas e outros aborrecimentos.
  8. Dizer “Boa noite”, todas as noites, independentemente de como você se sinta – Isto diz a sua parceira que, independentemente de quão chateado você esteja com ela, você ainda quer estar na relação. Dizer boa noite, mesmo chateado, é o mesmo que dizer que a relação de vocês é maior do que qualquer incidente.
  9. Verifique como está sendo o dia dela – Dê um jeito de conversar com ela em algum momento ao longo do dia para saber como vão as coisas. Esta é uma ótima maneira para estar em sintonia e ajustar suas expectativas. Se ela estiver em um dia terrível, você estará pronto para acolhê-la quando chegar em casa.
  10. Tenha orgulho de ser visto com ela – Casais felizes têm o prazer de serem vistos juntos e estão frequentemente em algum tipo de contato afetuoso. Quando se está seguro quanto ao que sente, o homem não tem vergonha de demonstrar seu afeto publicamente, já que isso é expressão de sua realização e felicidade.Fonte: areaH
Collage of an elderly couple sharing good moments together on a

Collage of an elderly couple sharing good moments together on a beach

http://www.euteamohoje.com.br/2014/02/10-habitos-de-casais-felizes/

UM BRINDE ÀS MULHERES DIRETAS…

mulher

“Tem coisas na vida que são só sobre nós e dependem apenas de nós. São decisões e atitudes que impactam nosso presente e futuro, que não envolvem mais ninguém a não ser nós mesmos”. Daniel Bovelento.

Ela entra sem bater a porta e vai direto ao ponto: ou isto ou aquilo. Enquanto tu ficas dividido em cima do muro, ela dispensa os meio-termos: tem pavor de gente indecisa, de se esconder atrás de motivos, de venerar os rodeios. Se tu és labirinto, ela não brinca.

Ela caminha na tua direção e tu sabes que é ela porque tremes. Tremes mesmo que ela esteja de tênis ou com um salto gigante, tremerias mesmo se ela estivesse descalça. Tu sentes peso e ela sente-se leve. Sente que tirou um peso grande das costas ou, se ainda não tirou, vai tirar em breve. A grande vantagem de ser direta é essa: não perder tempo com o que poderia ser. Ou é, ou não é. Não há 8 ou 80, e ela também não aceita um 40.

Há quem diga que a vida não é bem preto no preto e branco no branco, mas quem é que disse que tu precisas de definir as coisas assim? Ela é a prova viva de que tu podes colorir o mundo da forma que quiseres, desde que saibas como queres pintá-lo. E se ela depender de outra pessoa para o mundo dela ter cor, ela adianta-se e tira a prova dos nove sem deixar que alguém faça malabarismos com a vida dela. Porque mais tarde ou mais cedo o malabarismo cai, ela diz, e só quem pode equilibrar a sua vida é ela.

Se ela gosta, ela liga no dia seguinte. Se ela gosta mais ainda, ela vai para a cama e ai dele (ou de ti) se a criticares por ser decidida. Se lhe lançarem um piropo e ela não quiser, ela diz na cara e, amigo, é melhor saíres porque estás a incomodar. E tu vais perceber se ela gostar de ti ou não porque ela vai dizer com todas as letras que te quer – ou que não quer, se for o caso. Há quem goste e quem não goste disso. Pessoalmente, eu acho incrível a forma como ela lida com as vontades e se põe em primeiro lugar. Mas quem sou eu para achar alguma coisa, se ela sabe que a dona do mundo dela é… ela.

Uma vez perguntaram-lhe o porquê da pressa e ela disse que não é pressa, é que as pessoas se acostumaram muito a dar voltas e mais voltas quando tudo o que nós queremos sempre esteve ali na nossa frente. E depois que aprendeu isso, ela deixou de se importar com o que pensariam ou com o que ela mesma julgaria errado. O importante era não perder tempo para ser um pouco mais feliz. E então ela foi. Foi em linha reta e dizem por aí que ela tem sido muito mais feliz do que antes era, quando ainda colocava os outros, a culpa e um monte de obstáculos à frente dela.

By Daniel Bovolento

VIVER LONGE DE CASA…

LONDRES Compras-em-Londres-Inglaterra-2

“Viver é buscar plenitude… mas nunca estar completo… inquietude onde parece faltar alguma coisa!” Bia Perez

Acredito que muitos tem a coragem de sair atras de seus sonhos… que muitas vezes estão longe. Percebo que viver longe de casa é procurar uma imensidão de coisas e às vezes se pegar sentindo falta de apenas uma, justo aquela que ficou para trás… É querer estar em dez lugares ao mesmo tempo e sofrer ao se dar conta que isso pode fazer você não estar de verdade em nenhum deles.

Aos poucos vamos aprendendo “de ambos os lados” a conviver melhor com tudo isso… e sentindo-nos mais tranquilos e felizes.

Culpa

Viver longe das pessoas que você ama (família e amigos)… é se dividir entre vários. Nos sentimos culpados de estar longe, de não participar da vida familiar, de não estar perto dos nossos pais e dos nossos amigos… de saber que nossos pais estão envelhecendo e que não estamos perto para acompanhar.

Aos poucos aprendemos a equilibrar a vontade de querer estar lá… sem deixar de querer estar aqui… Assim passamos a não nos culpar mais ao se dar conta de que vamos perder acontecimentos importantes: aniversários, casamentos e os natais com todo mundo reunido… Mas fará com que nossos encontros se tornem momentos mais que especiais.

Aprendemos no dia a dia a se contentar com o Skype… enquanto desejamos no fundo… mais do que tudo um toque, um abraço, um beijo. Saudade é coisa boa!

Incertezas

Nos perguntamos se realmente vale a pena viver longe das pessoas que amamos. Apesar de conhecer a realidade e dos motivos que nos levaram a partir, nos questionamos se é isso mesmo que queremos. Se vamos passar a vida toda longe de casa. Mas ao mesmo tempo nos orgulhamos de ter partido, pois não é uma decisão fácil e requer muita força de vontade e foco nos nossos objetivos.

É também viver uma relação de amor e ódio com o tempo. É desejar que ele passe voando em alguns dias e pedir que ele passe devagar em outros. É, algumas vezes, ver a data da passagem de volta muito longe e, em outras, perceber que parece que foi ontem que você desembarcou. E fazer com que isso te motive, te impulsione a dar o seu melhor para fazer tudo, incluindo a saudade que vem no pacote… Tudo isso… vale a pena!

Coragem

Deixar tudo para trás é no mínimo doloroso, deixar as pessoas que amamos em lágrimas, não é algo fácil de se fazer. Começar do zero em um novo país é como se jogar de paraquedas e não saber ao certo onde vai parar. É arriscar e estar pronto para enfrentar as dificuldades que encontraremos pela frente e mesmo assim não querer voltar.

É bem mais que conhecer novos lugares, aprender a se virar sozinha, tornar-se independente. Viver longe de casa é aprender a estar consigo mesma, a ser a sua única real companhia mesmo que esteja cercada de pessoas incríveis – porque, no fim, só você se conhece de verdade.

Determinação

Determinação é a chave de tudo!!! Temos que ter foco e devemos nos preparar para lutar pelos nossos objetivos. Não desista nunca dos seus sonhos por mais difícil que seja a jornada, um dia você chega lá. É só seguir em frente e acreditar que tudo vai dar certo.

É respirar fundo, engolir o choro e pensar que morar em outro país também é um presente. Que as pessoas que estão por perto agora, que te querem bem e cuidam de você, também se tornarão saudade quando você voltar para casa. Que as novas e belas paisagens vão se tornar só fotografias. E que você precisa aproveitar enquanto é tempo. Agora é tempo…

familia-reunida-e-feliz

É… O preço é alto. A gente se questiona, a gente se culpa, a gente se angustia. Mas o destino, a vida e o peito às vezes pedem que a gente embarque. Alguns não vão. Mas para os que nós… que fomos, viemos e iremos, não estamos livres do medo e de tantas fraquezas. Mas estamos para sempre livres do medo de nunca termos tentado.  Keep Walking.

http://guiadoestrangeiro.com/o-alto-preco-de-viver-longe-do-seu-pais/#RlITwUWOX06gEKqt.99

http://clipesemnexo.blogspot.com.br/2016/01/morar-longe-de-casa.html

FELIZ POR NADA!

meditando 3

“Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande, é a sua sensibilidade sem tamanho”. Martha Medeiros

Geralmente, quando uma pessoa exclama Estou tão feliz!, é porque engatou um novo amor, conseguiu uma promoção, ganhou uma bolsa de estudos, perdeu os quilos que precisava ou algo do tipo. Há sempre um porquê. Eu costumo torcer para que essa felicidade dure um bom tempo, mas sei que as novidades envelhecem e que não é seguro se sentir feliz apenas por atingimento de metas. Muito melhor é ser feliz por nada.

Digamos: feliz porque maio recém começou e temos longos oito meses para fazer de 2010 um ano memorável. Feliz por estar com as dívidas pagas. Feliz porque alguém o elogiou.

Feliz porque existe uma perspectiva de viagem daqui a alguns meses. Feliz porque você não magoou ninguém hoje. Feliz porque daqui a pouco será hora de dormir e não há lugar no mundo mais acolhedor do que sua cama.

Esquece. Mesmo sendo motivos prosaicos, isso ainda é ser feliz por muito.

Feliz por nada, nada mesmo?

Talvez passe pela total despreocupação com essa busca. Essa tal de felicidade inferniza.

“Faça isso, faça aquilo”. A troco? Quem garante que todos chegam lá pelo mesmo caminho?

Particularmente, gosto de quem tem compromisso com a alegria, que procura relativizar as chatices diárias e se concentrar no que importa pra valer, e assim alivia o seu cotidiano e não atormenta o dos outros. Mas não estando alegre, é possível ser feliz também. Não estando “realizado”, também. Estando triste, felicíssimo igual. Porque felicidade é calma.

Consciência. É ter talento para aturar o inevitável, é tirar algum proveito do imprevisto, é ficar debochadamente assombrado consigo próprio: como é que eu me meti nessa, como é que foi acontecer comigo? Pois é, são os efeitos colaterais de se estar vivo.

Benditos os que conseguem se deixar em paz. Os que não se cobram por não terem cumprido suas resoluções, que não se culpam por terem falhado, não se torturam por terem sido contraditórios, não se punem por não terem sido perfeitos. Apenas fazem o melhor que podem.

Se é para ser mestre em alguma coisa, então que sejamos mestres em nos libertar da patrulha do pensamento. De querer se adequar à sociedade e ao mesmo tempo ser livre.

Adequação e liberdade simultaneamente? É uma senhora ambição. Demanda a energia de uma usina. Para que se consumir tanto?

A vida não é um questionário de Proust. Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião sem a menor culpa.

Ser feliz por nada talvez seja isso.                                 By Martha Medeiros.

CONHEÇA OS SETE EXERCÍCIOS MENTAIS QUE AJUDAM A PRESERVAR A MEMÓRIA.

idoso lendo

“Mente ativa suporta mais sobrecargas de tarefas… gerando menos lapsos.” Leandro Teles

Ler, manter uma alimentação equilibrada, dormir bem, praticar exercícios físicos e realizar atividades mentais ajudam a preservar o bem-estar do cérebro. É importante estar sempre alerta para perceber os pequenos sinais que indicam que nossa capacidade mental anda se deteriorando, surgindo lapsos de memória, desatenção e baixa produtividade.

De acordo com o neurologista Leandro Teles, quanto mais você exercitar seu cérebro melhor será o seu desempenho para resolver questões lógicas e os problemas do dia a dia.

— Exercícios mentais melhoram a capacidade de atenção, memória, linguagem e raciocínio. Esse tipo de atividade ajuda a prevenir e combater o declínio cognitivo que ocorre invariavelmente com o envelhecimento e mesmo proteger contra doenças degenerativas, como o Alzheimer — explica o neurologista.

Com o passar dos anos, a velocidade de processamento da informação diminui, esse declínio é geralmente compensado com a experiência adquirida ao longo dos anos. Um cérebro sempre ativo é mais confiável e suporta mais sobrecargas eventuais de tarefas, gerando menos lapsos, brancos e erros de julgamento.

Buscar sempre atividades novas ou mesmo fazer as coisas corriqueiras de modo diferente. A mudança de hábitos como fazer caminhos diferentes quando for ao trabalho, estimular o paladar, vestir de olhos fechados, inverter a mão do mouse e para escovar os dentes são pequenas mudanças que se transformam em desafios e estimulam o cérebro a se exercitar, sair da zona de conforto, criar alternativas, desautomatizando o processo mental do cotidiano.

— Os hábitos novos e os hábitos antigos renovados provocam a criação de redes neurais mais sólidas e saudáveis, além de fortalecer redes neurais antigas. A atividade mental constante mantém o cérebro apto a gerar respostas mais rápidas e acertadas, principalmente nos momentos mais difíceis — destaca Teles. Conheça sete exercícios para ajudar a manter o cérebro em forma:

idosos alegria

  1. Faça a cabeça funcionar

Ao entrar numa sala onde esteja muita gente, tente determinar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os. Tente adivinhar quem está ao telefone antes de perguntar quem é, apenas pelo timbre da voz. Antes de dormir, escolha a situação mais importante do dia e reconstrua mentalmente em detalhes, logo ao acordar remonte seu sonho. Ao ouvir uma palavra diferente, pense em outras cinco começando com a mesma letra, escreva uma lista de supermercado e faça toda a compra sem olhar pra ela (conferindo apenas no final). Enfim, dê trabalho para seu cérebro, use a criatividade, tudo é válido para exercitar os neurônios.

  1. Durma bem

A falta de sono prejudica muito a memória, é mais difícil para as pessoas que convivem com esse problema memorizar dados, números e pessoas. O sono é fundamental para fixação das atividades do dia anterior e prepara o cérebro para as atividades mentais do dia seguinte. Não deixe também de tirar aquela “soneca” depois do almoço, não mais que 30 ou 40 minutos, para o cérebro ter um bom rendimento no período da tarde.

quebra-cabeca

  1. Monte quebra-cabeças

Jogos infantis como da memória e quebra-cabeças exigem que o cérebro trabalhe a concentração. Compre um desses jogos e cronometre o tempo que você levou para encaixar as peças ou descobri-las. E depois, repita novamente e veja o quanto você progrediu. Outros jogos que ajudam também são xadrez, palavras cruzadas, sudoku, dominó, jogos de perguntas e respostas e mesmo jogos de cartas.

  1. Beba com moderação

O álcool é um dos inimigos mais agressivos do cérebro. O excesso de álcool leva à lesão direta dos neurônios, causando incoordenação motora e comprometimento intelectual. Além da lesão direta, ocorre lesão indireta com carência de vitamina B1 (tiamina) e vitamina B12 (cobalamina).

  1. Mexa o corpo todo

bigstock_Senior_healthy_fitness_couple__

O exercício físico regular melhora nosso cérebro por diversos motivos. Melhora o sono, melhora sintomas de ansiedade e depressão, promove a liberação de substâncias como endorfinas, serotonina e dopamina, melhorando a atenção, a concentração, a memória e o raciocínio. A atividade física reduz o peso, controla o diabetes e a hipertensão e reduz os níveis de colesterol, agredindo menos o cérebro por doenças dentro dos vasos.

  1. Coma direito

Mantenha uma alimentação equilibrada, controle o seu peso, faça avaliação médica periódica e evite o tabagismo e outras drogas. A melhor recomendação para manter uma boa memória é cuidar bem da sua saúde.

  1. Leia

Não tenha preguiça de ler. A leitura é uma das atividades cerebrais mais completas, pois estimula todo o processo da memória. Vivencie a leitura, remonte a história, visualize os personagens e as cenas. Leia livros, revistas, jornais, e-mails, cartas antigas. Leia.

http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/vida/noticia/2012/09/conheca-sete-exercicios-mentais-que-ajudam-a-preservar-a-memoria-3885700.html

APLICATIVOS DE TRANSPORTES QUE FACILITARAM A MINHA VIDA NAS VIAGENS: TÁXI E AUTOMÓVEL PARTICULAR. (4)

LONDRES BIA PONTE 2

“Não adianta um novo caminho, se não mudarmos o nosso jeito de caminhar”. Ailton Nascimento

Lembrando que são aplicativos que eu já conhecia e usava  muito aqui no Brasil… logo percebi que são muito usados na Europa também. Realmente depois que estes aplicativos apareceram nossa vida mudou e melhorou muito!!!!

Uber

uber-1

O Uber é um aplicativo para pedir carros com motoristas, que funcionam de maneira similar ao táxi. O usuário pede o Uber e paga a corrida direto no aplicativo por meio do cartão de crédito cadastrado e com preços mais baratos e justos…

Você também pode comparar os veículos e as tarifas (simulando o valor da corrida) e utilizar códigos de desconto que o próprio dispositivo disponibiliza. Os motoristas do aplicativo recebem avaliações dos usuários e elas podem ser vistas por qualquer um, assim como os detalhes do carro e identificação do profissional.

O App é completamente gratuito e está disponível em várias partes do mundo… mais popular nos Estados Unidos e na Europa… aqui no Brasil você encontra no Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Fortaleza e Salvador.

O aplicativo Uber tem uma interface clara e simples, tornando-o muito fácil de usar…  é gratuito e está disponível para dispositivos Android, iPhone (iOS) e Windows Phone.

Uber é sinônimo de polêmica por onde passa… e atrai milhares de usuários… Eu estava ansioso para usar o serviço aqui na Europa. Por que há tanta polêmica com a Uber? Afinal tem espaço para todos. Usei algumas vezes este serviço que é muito interessante, organizado, prático e eficiente… e vou continuar usando e muito rsrsrsr….

Waze

waze-2

É o maior aplicativo de navegação e trânsito do mundo baseado em uma comunidade. Indiscutivelmente, o Waze é a melhor solução para os motoristas, sejam particulares, taxistas ou motociclistas. O aplicativo pertencente ao Google funciona como uma espécie de rede social.  Simplesmente dirigindo com o Waze aberto você já está contribuindo com informações de trânsito em tempo real para sua comunidade.

O Waze alerta sobre trânsito, obras e lugares com problemas de circulação. O aplicativo ainda atua como GPS, fornecendo as melhores rotas para seus usuários.

Nesta minha viagem observei que todos usam muito o Waze… é mundialmente bem aceito. Com certeza ele te leva para onde quiser… oferecendo rotas melhores em tempo real.
http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/uber.html

http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/waze.html