SAÚDE EM PORTUGAL PARA BRASILEIROS.

Como funciona a saúde em Portugal?

O sistema público de saúde em Portugal é o que atende a maioria das pessoas, e tem boa qualidade, inclusive se comparado com hospitais particulares do Brasil. Os hospitais são bem equipados, com atendimento de qualidade e não precisa esperar dias para ser atendido. Mas também diferente do Brasil, não é gratuito. Porém, os valores não são abusivos, como no Brasil.

Brasileiros podem usar a saúde pública em Portugal?

Sim! Seja você uma pessoa que mora, trabalha e reside em Portugal, você tem o direito de usar a saúde pública em Portugal.

Será necessário solicitar o PB4 ainda no Brasil para usufruir do direito. O PB4 (gratuito) é um acordo entre Brasil e Portugal no qual todo beneficiário do INSS tem direito a atendimento nas redes de saúde pública dos países que fazem parte do acordo, pagando o mesmo que um cidadão local. Mas lembramos: é preciso apostilar o documento segundo a Convenção de Haia.

Veja onde e como solicitar o PB4 ou então, veja como escolher o melhor seguro viagem Europa.

Como usar o PB4 em Portugal? Plano de Saúde em Portugal

Quais os documentos para morar em Portugal?

Quando um estrangeiro se muda para Portugal pode ficar bem confuso sobre os documentos necessários no país europeu e isso é extremamente normal. Mas depende de cada caso. De forma geral, os documentos básicos para morar em Portugal são:

• Passaporte válido;

• Visto;

• Seguro Viagem ou PB4;

• Comprovante de capacidades financeiras.

Se você vai levar sua família que não possui cidadania europeia, será necessário fazer o reagrupamento familiar. Veja os documentos necessários para o reagrupamento familiar em Portugal.

Vale a pena morar em Portugal?

Em resposta direta, na minha opinião vale sim! Mas isso é a minha opinião, vale para o meu estilo de vida e para os meus objetivos. Você terá que avaliar o seu caso, mas vou dar umas dicas que podem te ajudar.

Para quem vale a pena morar em Portugal:

• Pessoas que dão mais valor a qualidade de vida do que a ganhar muito dinheiro;

• Pessoas que gostam de uma vida mais calma;

• Pessoas que têm ou pretendem ter filhos;

• Aposentados e pensionistas com uma renda razoável.

Para quem talvez não seja um bom negócio:

• Pessoas que gostam de viver em grandes metrópoles;

• Pessoas que querem ganhar um bom dinheiro com trabalhos não técnicos/especialistas;

• Pessoas que não têm um bom planejamento financeiro para se sustentar até que a vida se encaminhe por aqui.

Eu prefiro dizer que você precisa olhar o seu caso e não se basear no meu, porque diariamente falo com pessoas que querem vir morar em Portugal e muitas vezes elas tem expectativas que o país não corresponde.

Por exemplo, diferente dos Estados Unidos, aqui ninguém vai conseguir chegar e arrumar um emprego para limpar chão (ou qualquer outro serviço braçal) e através desse emprego vai conseguir ter uma boa qualidade de vida, adquirir imóveis, etc.

Saiba mais:

https://www.eurodicas.com.br/como-morar-em-portugal/

https://oterceiroato.com/2020/06/03/viajar-para-a-europa-pos-coronavirus-tudo-que-voce-precisa-saber/

https://oterceiroato.com/2018/08/31/aposentei-e-agora-bora-portugal/

https://oterceiroato.com/2018/02/09/o-que-e-o-pb4/

https://oterceiroato.com/2016/10/31/saude-publica-em-portugal-como-funciona-2/

DE BEM COM O CORPO E A ALMA!

Gosto deste pensamento. Envelhecer para mim não tem sido nenhum problema. Aceito com naturalidade. Estou feliz de como estou agora 👀.

Estas mulheres arrasaram 👀 assumindo de bem com a vida, suas rugas, gordurinhas… e o que mais vier… e ajudaram a construir as mulheres maravilhosas que são hoje. Feliz dia internacional das mulheres 💐Leiam:


Já tentei tratamentos para atenuar, desaparecer estrias, gordurinhas e celulites. Com o tempo fui percebendo que para curar essas marcas seriam quase impossível, são cheias de história… sou feitas destas histórias… então, as aceitei, como detalhes do meu corpo, e foi o segredo que precisava para eu me manter na mais perfeita forma. Estrias e celulites me mostram como estou viva, em contínua mudança para chegar aos cem anos ou mais. O dinheiro pode tudo, entretanto não pode modificar o processo de envelhecer. Pode-se retardar, atenuar, mas perfeito de quando éramos ainda uma mocinha, não tem como. Sou o que quero ser.
Ouvimos algumas vezes: quem não envelhece morre cedo, logo quero ficar velhinha e permitir ao meu corpo todas as mudanças necessárias, desde que não apareça as doenças. Não é senso comum, não! É necessidade de querer ir além e aceitar o envelhecimento de corpo e alma. Eu aceito!
Cultura do corpo? Melhor conhecer outras culturas de fato: viajar, ler, estudar, aprender e conhecer mais… Tenho mais para apreciar do que ficar prestando atenção se o meu corpo está bom ou não. Prefiro perder tempo com uma boa conversa, ouvir uma música, dançar, tomar uma cervejinha com os amigos e rir muito. Faço muito isto 🥂. Prefiro que cultuem o que represento, a minha essência. O corpo é apenas um corpo que envelhece e modifica o tempo todo. Quando você se aceita, a vida fica menos exigente.
Fora de qualquer padrão, sem qualquer culto ao que é superficial, vou levando a vida com o que tenho sem me autosacrificar ou me autopunir. Sou o que a vida me dá! Viva minha gostosura em braile! Viva a estria que me fez mulher completa: ser mãe! Bem ❤️ eu me amo! E você? Como se sente? #osegredo #4050emais #seame #curtaseucorpo #vivaavida #oterceiroato

Viva minha gostosura em braile! Viva a estria que me fez mulher completa: ser mãe! Bem ❤️ me amo! E você? Como se sente? By 4050emais#oterceiroato

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/12/04/ela-era-bonita/

MINHA ALMA ESTÁ EM BRISA.

Esta crônica de Mário de Andrade que me trouxe grandes reflexões, depois que sessentei, onde tudo me pareceu bem mais simples e intenso. É assim que me sinto. E você?

Meu tempo tornou-se algo tão importante quanto respirar e viver. Separar as coisas que realmente me fazem sentido e fazer as escolhas certas é imprescindível

… Aprendi a dizer NÃO…

Nao quero perder mais tempo nem fazer coisas desnecessárias.

Tempo de viver prazerosamente!

Contei meus anos e descobri que tenho menos tempo para viver a partir daqui, do que o que eu vivi até agora.

Eu me sinto como aquela criança que ganhou um pacote de “doces”; O primeiro comeu com prazer, mas quando percebeu que havia poucos, começou a saboreá-los profundamente. Um a um…

Já não tenho tempo para reuniões intermináveis em que são discutidos estatutos, regras, procedimentos e regulamentos internos, sabendo que nada será alcançado.

Não tenho mais tempo para apoiar pessoas absurdas que, apesar da idade cronológica, não cresceram.

Meu tempo é muito curto para discutir títulos. Eu quero a essência, minha alma está com pressa … Sem muitos “doces” no pacote …

Quero viver ao lado de pessoas humanas, muito humanas.

Que sabem rir dos seus erros.

Que não ficam inchadas, com seus triunfos.

Que não se consideram eleitos antes do tempo.

Que não ficam longe de suas responsabilidades.

Que defendem a dignidade humana.

E querem andar do lado da verdade e da honestidade.

O essencial é o que faz a vida valer a pena.

Quero cercar-me de pessoas que sabem tocar os corações das pessoas…

Pessoas a quem os golpes da vida, ensinaram a crescer com toques suaves na alma.

Sim … Estou com pressa … Estou com pressa para viver com a intensidade que só a maturidade pode dar.

Eu pretendo não desperdiçar nenhum dos “doces” que eu tenha ou ganhe…

Tenho certeza de que eles serão mais requintados do que os que comi até agora.

Meu objetivo é chegar ao fim satisfeito e em paz com meus entes queridos e com a minha consciência.

Nós temos duas vidas e a segunda começa quando você percebe que você só tem uma…

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/12/16/eu-mudei/

https://oterceiroato.com/2020/11/27/viver-por-dentro/

APOSENTADO: VISTO D7 BRASILEIROS COMO MORAR EM PORTUGAL, DEPOIS DE APOSENTADO.

Eu acompanho a muito tempo Erick do Eurodicas. Está sempre orientando e nos atualizando sobre como é para brasileiros morar em Portugal. Assim nasceu o Eurodicas. Atualizado em. 2021. Morar em Portugal aposentado:

Desde que Portugal criou um visto especial para pessoas que possuem rendas próprias (aposentados ou não), o país tem recebido anualmente milhares de aposentados que veem aqui a oportunidade de viver melhor, gastando menos do que gastavam no Brasil e com muito mais segurança.

Sem dúvida, é uma escolha acertada. O custo de vida em Portugal pode ser até 50% mais barato caso vá viver em cidades pequenas de Portugal, e além disso, os aposentados brasileiros acabam conseguindo ter um conforto muito maior, além de se sentirem mais seguros, respeitados e acolhidos.

Nós já escrevemos, inclusive, um guia de como viver em Portugal depois de aposentar.

Se esse for o seu caso, recomendamos a leitura.

Qual o custo de vida em Portugal?

Sem dúvida o custo de vida em Portugal é um dos itens que você deve considerar antes de mudar para o país. O custo de vida vai depender da cidade que você escolher para viver e do seu estilo de vida.

Lisboa e Porto são as cidades mais caras para morar em Portugal, mas também é onde mais tem oportunidades de trabalho e onde pagam melhor, ou seja, uma coisa compensa a outra.

Se considerar um casal, sem filhos, vivendo em um apartamento bem localizado com um quarto, incluindo as contas básicas (água, luz, telefone, internet) e comida, o custo de vida por cidade seria mais ou menos assim:

• Lisboa – 2.000€;

• Porto – 1.500€;

• Braga – 800€;

• Coimbra – 700€;

• Guimarães – 700€.

Claro que essa é uma conta genérica, onde o seu estilo de vida e principalmente que tipo de imóvel quer alugar, vai fazer toda a diferença.

Esses são os custos mínimos para viver uma vida econômica em cada uma das cidades.

Dados Numbeo

O site Numbeo, que calcula custo de vida ao redor do mundo, informa que uma pessoa sozinha precisa de 556,89 euros mensais (sem o valor do aluguel incluído) para morar em Lisboa.

Já para o Porto, uma pessoa sozinha precisaria de 549,62 euros mensais (sem o valor do aluguel incluído) para viver na cidade de forma econômica.

Na cotação do euro de fevereiro de 2021, isso representaria R$3.627 mais aluguel para Lisboa e R$3.580 mais aluguel para o Porto. Mas afinal, quanto custa o aluguel? Veja abaixo.

Aluguel em Portugal

Nos últimos anos, Portugal sofreu um boom com a chegada de uma grande quantidade de pessoas que vieram em busca de emprego, educação e mais qualidade de vida. Com a grande procura de casas, o fenômeno do aumento dos valores aconteceu.

Entretanto, diante do cenário da pandemia de coronavírus, os alugueis em Portugal sofreram uma leve retração, especialmente em Lisboa e Porto. Isso aconteceu devido à queda do turismo, e os proprietários de apartamentos tiveram de adaptar os custos dos aluguéis à realidade de quem mora em Portugal.

Atualizamos os valores em 15 de fevereiro de 2021 e eles estavam ligeiramente mais baixos do em dezembro e janeiro:

Veja abaixo exemplos dos valores de aluguel no país: Respectivamente

Lisboa

Porto

Braga

Apartamento de 1 quarto no centro

827€

693€

547€

Apartamento de 1 quarto fora do centro

638€

517€

400€

Apartamento de 3 quartos no centro

1.515€

1200€

861€

Apartamento de 3 quartos fora do centro

1.028€

870€

626€

Comprar imóvel em Portugal

Se ao invés de morar de aluguel em Portugal, você tem a intenção de comprar ou financiar um imóvel no país, é preciso estar atento à toda a legislação vigente, agendar visitas ao imóvel, tratar do contrato, dos impostos, do registro e escritura, etc.

O valor dos imóveis para compra, no entanto, não apresentou a retração percebida nos imóveis para arrendar.

Para que você tenha uma ideia, veja os valores do metro quadrado nas três principais cidades que os brasileiros escolhem para morar em Portugal:

Lisboa

Porto

Braga

Preço do m² para apartamento no centro

De 3 mil € a 7 mil €

De 2 mil € a 4.166  €

De 1.300€ a 2.000€

Preço do m² para apartamento fora do centro

De 1.600€ a 4.000€

De 1.200€ a 2.300 €

De 900€ a 1.200€

Como enviar dinheiro para Portugal para aluguel ou compra de imóveis?

Seja para alugar ou para comprar um imóvel em Portugal, você vai precisar realizar uma transferência de um valor elevado para o país.

Para alugar, normalmente os estrangeiros precisam adiantar alguns meses de aluguel ou caução, já que a maioria não tem um fiador no país. Os senhorios ou imobiliárias costumam pedir de 1 a 6 meses de aluguel adiantado para garantir o imóvel.

Melhores formas de enviar dinheiro para Portugal

Se a sua intenção é alugar ou comprar imóvel em Portugal, precisa pesquisar a melhor forma de enviar o dinheiro. Aqui no Euro Dicas nós já fizemos o teste com as principais formas de envio de dinheiro.

Os bancos são a forma mais tradicional e mais cara para o envio de dinheiro, a nossa recomendação é o uso de plataformas online de envio de dinheiro regulamentadas pelo Banco Central (BACEN). Elas são seguras, trabalham com o câmbio comercial (que é mais barato que o câmbio turismo), têm tarifas muito mais baixas e tempo de entrega do dinheiro é curto.

Já fizemos o teste com a TransferWise, a Remessa Online, a Western Union e a Moneygram.  Todas as listadas são de confiança.

Atualização: nesse momento, a TransferWise não está enviando dinheiro em reais para o exterior, devido ao fim da parceria com o MS Bank, que era correspondente cambial da plataforma no Brasil. Nesse momento, a melhor forma de enviar dinheiro para Portugal é através da Remessa Online.

Como calcular o meu custo de vida em Portugal?

Bom, como falamos, os valores acima são genéricos, resultado da média da colaboração de milhares de pessoas que vivem em Portugal e informam o quanto gastam por mês. Para saber o quanto você vai gastar nós sugerimos que você pegue um papel e caneta e faça o seguinte exercício:

• Entre nos sites de imobiliárias em Portugal e veja alguns imóveis que gostaria de morar e o quanto eles custam, anote o valor do aluguel;

• As contas da casa em Portugal variam entre 60€ e 150€ mensais para duas pessoas, em média. Essa variação acontece porque no inverno o consumo de eletricidade aumenta bastante, portanto, sugerimos que aponte cerca de 120€ mensais por segurança;

• Entre nos sites de supermercado em Portugal e faça uma simulação de compra online dos produtos que você normalmente consome no Brasil, anote o valor da compra mensal;

• Você vai utilizar o transporte público em Portugal ou pretende comprar um carro por aqui? Anote os valores mensais que você deve gastar com deslocamento no país.

Se você tiver filhos em idade escolar ou na Universidade, ou se você for estudar no país, vale a pena pesquisar também os custos com educação e somar ao montante acima.

Pronto, ao somar o valor total, você terá os gastos básicos do seu custo de vida. Lembre-se que não estão incluídos gastos com lazer, farmácia, restaurantes, etc. Por isso o valor não é absoluto, apenas uma estimativa.

Quanto dinheiro levar para morar em Portugal?

Para saber quanto dinheiro levar para morar em Portugal, primeiro você precisa calcular o seu custo de vida (veja o exemplo no tópico acima) e aplicar uma “fórmula” que é:

(Custo de vida x 6) + (valor do aluguel x 3) = valor mínimo da reserva financeira.

Isso porque, na minha opinião, você deve ter no mínimo 6 meses do valor mensal guardado, para um eventual problema, e o valor de 3 meses do aluguel será necessário para ser “caução” na hora de alugar o imóvel.

Portanto, vamos supor que você pretende morar em Braga. O custo de vida para um casal é de pelo menos 800€/mês e vai alugar um apartamento de 1 quarto no centro por 515€.

Portanto, você precisaria de 1.545€ de aluguel e caução + 4.800€ para garantir o custo de vida por 6 meses. O total de 6.345€ totaliza por volta de R$41.330 (na cotação do euro de 15/02/2021 a 1€ = R$6,51). E lembramos que esse é o valor mínimo, é sempre bom contar com cerca de 10% a 30% a mais para imprevistos.

Saiba mais:

https://www.eurodicas.com.br/como-morar-em-portugal/

https://www.google.com.br/amp/s/www.eurodicas.com.br/como-viver-em-portugal-depois-de-aposentar/amp/

Saiba mais sobre a assunto: https://oterceiroato.com/category/morar-em-portugal/

https://oterceiroato.com/2018/08/31/aposentei-e-agora-bora-portugal/

https://oterceiroato.com/2016/02/29/aposentando-em-portugal-tipos-de-vistos-d7-para-aposentados/

NÃO ADIANTA FAZER BIRRA PARA CRESCER…

Às vezes, eu me sinto a própria menina mimada, sapateando porque as coisas não estão como quero. Às vezes, a birra é tanta que preciso que alguém coloque um espelho na minha frente pra me mostrar o quão infantil estou sendo.

O que fazer com essa menina? Pôr de castigo no cantinho do pensamento? Colocar no colo e dar o que ela quer pra ver se para de chorar? Mas e quando se trata de uma menina já crescida e formada? Não adianta mais tratá-la como criança.

Decido acolher sem julgamento as fragilidades dela como sendo minhas porque, de fato, são. Eu sou essa menina mimada que quer aprender o caminho sem engatinhar. Que quer desenvolver a paciência sem saber esperar.

Desgosto. Pode ser esse o motivo da birra. A menina anda desgostosa porque tem fome e quer madurar tudo às pressas. Quer adiantar um tempo que tem seu próprio tempo. Impaciente, bate o pé e chora pro mundo que só quer fazer o que gosta. Não quer perder tempo com o que desgosta, mas, ao tentar isso, perde-se de si também.

Aliás, eu vivo dizendo pra essa menina mimada que ela só vai de fato crescer quando aprender a dosar o quão doce ou quão amargo tudo que chega vai ser. Sem gostar demais ou desgostar de menos.

  • Não, garotinha, não digo que é pra vida ser insossa, mas pra ser degustada com tempo e temperança.

No que parece tão amargo, pode estar o meu aprendizado e, no doce demais, a fuga. Se obcecada pelo desejo do saboroso, perco o verdadeiro sabor.

  • Mas isso é muito difícil, não consigo!

Ninguém disse que seria fácil. Não adianta fazer birra pra crescer. E quer saber mesmo? Talvez você venha se dando importância demais.

Gostei muito deste texto de @tacianacollet … me representa algumas vezes. E você já se sentiu assim? Me conte.

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/09/04/nada-me-impedira-de/

https://oterceiroato.com/2020/08/21/e-preciso-ir-embora-em-muitos-momentos-na-vida/

VIRAR O JOGO.

Mudar é necessário aprender! Pode levar muito tempo para encontrarmos nosso lugar…

Conheço gente que tem o dobro da minha idade e ainda está à procura.
Outros, tão jovens, já têm a certeza de seu espaço, confiança no seu rumo, fé nas suas escolhas.
Existem momentos em que é difícil reconhecermos nosso lugar…
Parece que a vida dá e tira, coloca e pede de volta, estende a mão e puxa o tapete…
Mas com paciência, o tempo dirá!
E então um dia, por algum motivo pequeno ou grandioso, você percebe que tem um bilhete autenticado em mãos.
Um bilhete que lhe indica exatamente qual sua poltrona, sua janela…
Por onde verá o mundo passar, e sua companhia nessa viagem.
Já me senti sem chão algumas vezes…
É difícil e parece que não vai passar.
Mais ou menos como estar no trem errado vendo o certo ser conduzido para o lado oposto.
Mas o tempo muda tudo!
E dentro do “trem errado”, se você permitir, e somente se você permitir…
Pode começar a ter boas surpresas, grandes presentes.
Essa é a oportunidade de virar o jogo!
(By Fabíola Simões)

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/09/11/como-e-envelhecer-para-mim/

https://oterceiroato.com/2020/08/28/8904/

A VIDA NOS ENSINA…

O alemão Bert Hellinger tem hoje 93 anos. Já foi padre, largou a batina, casou-se e virou um dos mais respeitados psicoterapeutas e escritores europeus. Mas o cara é polêmico: reconhecido mundialmente pelas Constelações Familiares, ele não restringe seus mergulhos na alma por conta de mimimis. Por isso, às vezes enfrenta a rigidez de certas linhas filosóficas, demolindo-as com tiradas certeiras e desconcertantes.

No limiar de mais um ano, resolvi reproduzir aqui algumas delas, na certeza de que muitos leitores saberão entendê-lo e aplicar seus sábios conselhos. Com a palavra, herrBert Hellinger:

A vida decepciona-o pra você parar de viver com ilusões e ver a realidade.
A vida destrói todo o supérfluo até que reste somente o importante.
A vida não te deixa em paz, para que deixe de culpar-se e aceite tudo como “É”.
A vida vai retirar o que você tem, até você parar de reclamar e começar agradecer.
A vida envia pessoas conflitantes para te curar, pra você deixar de olhar para fora e começar a refletir o que você é por dentro.
A vida permite que você caia de novo e de novo, até que você decida aprender a lição.
A vida coloca seus inimigos na estrada, até que você pare de “reagir”.
A vida te assusta e assustará quantas vezes for necessário, até que você perca o medo e recupere sua fé.
A vida lhe distancia das pessoas que você ama, até entender que não somos esse corpo, mas a alma que ele contém.
A vida ri de você muitas e muitas vezes, até você parar de levar tudo tão a sério e rir de si mesmo.
A vida quebra você em tantas partes quantas forem necessárias para a luz penetrar em ti.
A vida confronta você com rebeldes, até que você pare de tentar controlar.
A vida repete a mesma mensagem, se for preciso com gritos e tapas, até você finalmente ouvir.
A vida envia raios e tempestades, para acordá-lo.
A vida o humilha e por vezes o derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer.
A vida lhe nega bens e grandeza até que pare de querer bens e grandeza e comece a servir.

A vida corta suas asas e poda suas raízes, até que não precise de asas nem raízes, mas apenas desapareça nas formas e seu ser voe.
A vida lhe nega milagres, até que entenda que tudo é um milagre.
A vida encurta seu tempo, para você se apressar em aprender a viver.
A vida não te dá o que você quer, mas o que você precisa para evoluir.
A vida te machuca e te atormenta até que você solte seus caprichos e birras e aprecie a respiração.
A vida te esconde tesouros até que você aprenda a sair para a vida e buscá-los.
A vida te nega Deus, até você vê-lo em todos e em tudo.
A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta… Mas creia, isso é para que seu melhor se manifeste… até que só o AMOR permaneça em ti. Se lá vida 🤩

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/10/30/sou-aquela-mulher/

https://oterceiroato.com/2020/10/28/acorda-baby-boomer-a-vida-te-chama/

EM – VÊ – LÊ – SER…

Meu amigo ESTEVAM, J.G. escreveu este lindo poema sobre envelhecer que eu adoro. Leiam:

Envelhecer é a arte de saber em-vê-lê-Ser…minha gratidão a Deus, por esta dádiva.

Envelhecer é saber viver…

Viver sem saber,

O que há de ser…

Quando o dia amanhecer,

Para outro dia anoitecer…

Envelhecer é saber ver…

Ver sem saber,

O que há de ser…

Quando é hora de aparecer,

Para noutra hora se esconder…

Envelhecer é saber ler…

Ler sem saber,

O que há de ser…

Quando o livro da vida escrever,

Para a vida não prescrever…

Envelhecer é saber perder…

Perder sem saber,

O que há de ser…

Quando com a derrota aprender,

Para na vida vencer…

Envelhecer é saber tecer…

Tecer sem saber,

O que há de ser,

Quando cada fio da vida entretecer,

Para em vida não morrer…

Envelhecer é saber colher…

Colher sem saber,

O que há de ser,

Quando a semente crescer,

Para a vida satisfazer…

Envelhecer é saber escolher…

Escolher sem saber,

O que há de ser,

Quando o tempo de vida fenecer,

Para na dor não padecer…

Envelhecer é saber Ser…

Ser sem aparecer,

Para não haver,

Quando a luz da vida escurecer,

Um velho que não soube viver…

APRENDI QUE…

Tenho aprendido tanto ao longo da vida, que nunca me canso de querer mais e mais… e sempre vem 🙌🏻. Sempre é bom. Aprendemos com nossos erros e acertos 👀.

Tenho sede de conhecimento. Assim como o ar que respiro. Leiam… Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém.
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e Ter paciência, para que a vida faça o resto.
Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.
Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.
Que posso usar o meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.
Eu aprendi…Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida.
Que por mais que se corte uma pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.
Aprendi… Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência.
Mas, aprendi também que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.


Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles.
Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sente.
Aprendi que perdoar exige muita prática.
Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso.
Aprendi… Que nos momentos mais difíceis, a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.
Aprendi que posso ficar furiosa, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel.
Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso.
Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, e que eu tenho que me acostumar com isso.
Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.

Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.
Eu aprendi… Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulta;
Aprendi que numa briga preciso escolher de que lado eu estou, mesmo quando não quero me envolver.
Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.
Aprendi que por mais que eu queira proteger minha filha, ela vai se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.
Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.
Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábia.
Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério.
E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos.

Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.
Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito. (Autoria desconhecida)

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/10/07/setenios-conheca-a-teoria-dos-setenios-de-7-em-7-anos-a-sua-vida-muda-completamente/

https://oterceiroato.com/2020/10/09/adaptando-se-ao-envelhecimento/

MULHER DE 50 ANOS.

Envelheci devagar, sem perceber… com tanta naturalidade que o tempo não me incomodou. De repente acordei e tinha 50, depois veio logo os 60 anos e continuo seguindo… É engraçado que não sinto que mudei muito… alguns pontinhos aqui, outros acolá… já eram esperados, quiçá me assustaram. Até melhoraram. Ainda bem que estamos envelhecendo com muita mais vitalidade, cheia de sonhos, propósitos e felicidade do que foram nossos avós… Ah! A minha mãe já foi um pouco diferente, bem a frente de sua época, enxergando a vida maravilhosamente… herdei isto dela😉 este seu olhar otimista e cheia de bom humor em relação tudo na vida. Por isso me identifiquei tanto com este texto:

Eu sei que no imaginário popular uma mulher de 50 anos é quase uma idosa, está vários quilos acima do peso, tem dor na coluna, sofre com calores, insônia e talvez depressão, as pernas têm varizes e o olhar já perdeu aquele brilho de quem espera muito da vida. Mas o que eu vejo no espelho é tão diferente de tudo isso que não me canso de citar Rita Lee que, num momento inspirado, viu-se como parte da primeira geração de mulheres que chega aos 50 sem referências. Afinal, nossas mães e avós não nos servem mais de parâmetro.
Gosto de ver a passagem do tempo por três porta-retratos que tenho num móvel da sala. Em cada um deles, uma foto minha nos aniversários de 30, 40 e 50 anos. Ah, como esses retratos falam de mim…. Ou será que sou eu que me recordo exatamente de quem eu era em cada uma dessas idades? O que sei é que a foto de que mais gosto, a que me acho mais bonita, mais segura e feliz é a última. Sabe quando de repente tudo na sua vida começa a fazer sentido? Você se recorda dos momentos mais difíceis e vê que as decisões que tomou – e depois se arrependeu amargamente – eram, na verdade, as corretas…

Aos 50 anos, eu finalmente aprendi que, no amor, mais vale escolher que ser escolhida. Tornei-me melhor observadora e descarto sem dramas o que não me interessa, o que não vai acrescentar. Não tenho mais tempo nem paciência para o que não combina comigo…Se estou fechada? Só para a superficialidade das relações…
O desapego começa a fazer parte de minhas escolhas de forma sistemática e consciente, e passei a dar mais valor às experiências que aos bens materiais… Então, de repente, a ansiedade foi se desfazendo e trazendo mais calma e paz ao meu dia a dia. O desapego nos dá asas.
O medo do futuro também está diminuindo. Se me deparo com um dilema, uma situação complicada, recorro ao meu arquivo de lembranças e logo vejo que já enfrentei momentos em que tudo parecia insolúvel… Começo a ansiar pela mudança, pois me sinto curiosa para o que o futuro me reserva e preparada para ele… Você não só está na melhor fase da sua vida, como é a primeira geração a experimentar isso.‌(by Ana Cristina Sampaio Alves)

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/09/04/nada-me-impedira-de/