A MAGIA DE SER MULHER DEPOIS DOS 40.

José Saramago descreve bem o que sentimos. Quer ver?
Quantos anos tenho?

Tenho a idade em que as coisas são vistas com mais calma, mas com o interesse de seguir crescendo.

Tenho os anos em que os sonhos começam a acariciar com os dedos e as ilusões se convertem em esperança.

Tenho os anos em que o amor, às vezes, é uma chama intensa, ansiosa por consumir-se no fogo de uma paixão desejada.

E outras vezes é uma ressaca de paz, como o entardecer em uma praia.

Quantos anos tenho?

Não preciso de um número para marcar, pois meus anseios alcançados, as lágrimas que derramei pelo caminho ao ver minhas ilusões despedaçadas…

Valem muito mais que isso

O que importa se faço vinte, quarenta ou sessenta?!

O que importa é a idade que sinto.

Tenho os anos que necessito para viver livre e sem medos.

Para seguir sem temor pela trilha, pois levo comigo a experiência adquirida e a força de meus anseios.

Quantos anos tenho? Isso a quem importa?

Tenho os anos necessários para perder o medo e fazer o que quero e o que sinto.

Fonte:

https://www.50emais.com.br/38297/

PARIS – MUSÉE DU LOUVRE.

É o mais frequentado e um dos mais famosos #museus do mundo, abrigando #obras-primas famosas como: Monalisa,Vênus de Milo, O Escriba Sentado e A Vitória de Samotrácia, só para as mais conhecidas.

Entre as 35 mil peças de sua coleção estão #antiguidades #egípcias, #greco-romanas e esculturas da Idade Média, Renascimento e modernas, todas as escolas de #pintura europeias do século XVIII a 1848, além de uma galeria de objetos decorativos e artísticos, e artes gráficas. Eu adoro visitar a parte grega e a grego-romanas… perco muito tempo aí.

Construído como fortaleza em torno de 1190, tornou-se residência real no século XIV. Foi só em 1793 que a imensa construção passou a ser um museu. Gigantesco! Prédio e a pirâmide sempre me deixa maravilhada.

Um conselho! Melhor verificar antes quais as obras que gostaria de ver, focar, traçar uma rota e marcar bem em que pavilhões ela fica… assim vc não perde tempo e consegue ver o que programou.

Curiosidade! Uma das grandes polêmicas que envolveram o Louvre foi a construção da #pirâmidedevidro e metal na Cour Napoléon, rodeada de duas #pirâmides menores, para servir de entrada principal. A obra do arquiteto sino-americano Ieoh Ming Pei foi inaugurada em 1989, encomendada pelo então presidente François Mitterrand.

Para os críticos ao projeto, o estilo #futurista da pirâmide não combinava com a construção clássica do #museu, mas hoje não se fala mais nisso.

A pirâmide hoje se tornou o terceiro monumento mais visitado do Louvre, depois da #monalisa e da #venusdemilo !

É simplesmente maravilhoso e impactante ver a pirâmide na entrada, chama atenção logo de cara quando chegamos ao #muséedulouvre .

Com certeza este é um dos passeios turísticos que não pode faltar na sua viagem.

Horários: aberto de 9h até 18h. Noturno até 21.45h nas quartas e sextas. O Louvre fecha todas as terças e nos dias 1° de maio, 14 de julho, 25 dezembro e 1° de janeiro. Preço para visitar, fora as exposições temporárias: 12 euros. Grátis no primeiro domingo de cada mês. Outras informações práticas no site do museu.

Endereço: Rue de Rivoli, 75004 Paris.

#paris #viagens #viagem #envelhecer #envelhecerbem #maturis #maturidade #monalisa #venusdemilo #obrasdearte #muséedolouvre

UMA LIÇÃO DE VIDA!

contato-com-a-naturezaEste texto de Flávio Givovate (in memória), nos dá uma lição de vida. Muito interessante…

“Aprender a conviver bem com as dúvidas é condição indispensável para quem não quer ter um cérebro “cristalizado” e envelhecer antes da hora.

Ser capaz de trocar velhas crenças por novos conceitos, atravessando o “mar de dúvidas” é o caminho para a renovação e reciclagem das ideias.

O bom convívio com as dúvidas cria as condições para que se tenha um “cérebro poroso”; e isso é indispensável para a honestidade intelectual.

Quem convive bem com as dúvidas gosta de aprender; não sofrerá do tédio que assola aquelas pessoas que acham que já conhecem tudo muito bem!

Quem gosta de aprender tende a levar uma vida estimulante e rica mesmo nos anos da maturidade e velhice: é um prazer que jamais se esgota!

O prazer de aprender é a contrapartida intelectual do prazer sexual, mais físico; a vaidade também se gratifica quando se descobre algo novo.

A vaidade é o componente da sexualidade que participa de tudo, inclusive dos avanços intelectuais. Vaidade e gosto pelas dúvidas se somam!

A vaidade dá ainda mais força à curiosidade daquelas pessoas que aprenderam a curtir as dúvidas; para elas, sempre haverá muito o que fazer!”

https://hi-in.facebook.com › postsResultados da WebAprender a conviver bem com as dúvidas é… – Flávio Gikovate – In …

PARIS – VISITANDO O MUSÉE DE l’ORANGERIE – MONET.

Hoje fui visitar o museu Musée de l’Orangerie que está localizado dentro do Jardin des Tuileries. É um dos museus em Paris com jardins mais belos… são repletos de fontes e esculturas de diferentes períodos. Caminhamos um pouco no Jardin des Tuileries… que está entre o Museu do Louvre e a badalada Champs-Élysées… antes de entrar nele até a Place le lá Concórde, onde pudemos ver o imenso Obelisco de Luxor (23 metros de altura)… ao fundo dá pra ver o Arco do Triunfo (da qual está alinhado) e também ao lado a Torre Eiffel que estava bem coberta pela neblina da metade para cima. É muito interessante.

O museu possui obras renomadas do pintor Claude Monet e outros artistas como: Renoir, Gauguin, Matisse, Cézanne, Modigliani entre outros.

Eu amei visitar as salas com os murais dos nenúfares de #monet… as Les Nymphéas que vistas ao vivo são simplesmente extraordinários. A maior composição mede 17 metros, e para sua execução utilizou 4 painéis. A menor tem 6 metros de comprimento. Todas tem 2 metros de altura. Imaginem essas oito imensas composições murais conformadas por 22 painéis… Fiquei encantada com estas pinturas monumentais das flores sobre as águas, reflexos e nuvens.

Monet não chegou a ver sua obra exposta, faleceu em dezembro de 1926 e o museu foi inaugurado em maio de 1927.

Adorei um quadro de Luigi Russolo, o La Revolte, bem colorido. O museu estava com pouco movimento devido a greve em Paris. Vale a pena conhecer.

Horários: Aberto todos os dias, menos às terças,das 9h às 18h. Fechado no dia 1° de maio, na parte da manhã de 14 de julho e em 25 de dezembro. Preço: 7 € por pessoa. Grátis no primeiro domingo do mês e para europeus ou residentes na Europa com menos de 26 anos. Mais informações no site do museu.

Endereço: Jardin de Tuileries (ao lado do Rio Sena)

#lesnympheas #jardindetuileries #monet #claudemonet #paris #placelelaconcorde #obeliscodeluxor #arcodotriunfo #museus #museedel’orangerie #envelhecer #envelhecerbem #viagens #viagem

PARIS – PASSEANDO PELO BAIRRO LE MARAIS.

Meu bairro preferido para ficar, comer, me divertir e passear em Paris é o Le Marais. #lemarais

Hoje fui passear lá (4.º arrondissement), também conhecido como SoMa (South Marais), é um bairro elegante, boêmio e agitado, que mistura galerias de arte, hotéis, restaurantes, lojas de grife, bares, bristrô e cafés… está repleto de boutiques modernas… Foi muito bom caminhar por lá… são ruas estreitas, perfeitas para se andar a pé. O tempo está firme e muito frio.

Fui na Uniqlo, uma loja conceitual que eu adoro. Tem roupas básicas e de boa qualidade (nos itens de frio, a tecnologia impera). Adoro seus casacos leves, coloridos e confortáveis…as roupas internas que não retém suor e tampouco deixam passar o frio e o melhor: tudo com preço super justo. #uniqlo

Depois do almoço passeamos também pela verdejante Place des Vosges com seus arcadas elegantes, Musée Victor Hugo, Museu Pompidou e a Praça da Bastilha. #museupompidou – #praçadabastha – #paris

Demos uma passadinha no Le Comptoir de Mathilde, comprar chocolates, azeites, patês e temperos com truffles. Adoro. #lecomptoirdemathilde

Hora de voltar e descansar.

Valeu! Até a volta Le Marais.

#paris #envelhecer # #envelhecerbem #viagens #viagem

#lemarais #placedesvosges #museupompidou #uniqlo #praçadabastilha

FRANÇA – CHARENTON LE PONT – BOIS DE VINCENNES.

Ao sul de Paris está o bairro de Charenton-le-Pont, situado perto da zona de Bercy, lá tem um lindo parque… o charmoso Bois de Vincennes, onde fomos passear hoje a tarde com friozinho. #boisdevincennes #charentonlepont

Este parque tem aquelas paisagens de tirar o fôlego. Composto por vários lagos, barcos para alugar (no verão e primavera), árvores, lindos jardins, pássaros, e diversos tipos de aves. Até um pavão branco, coisa rara de se ver… estava junto de vários outros pavões coloridos. É impressionante.

Ele é um parque pouco visitado por turistas… e tinha muito movimento hoje, vi apenas franceses. Foi muito agradável de se caminhar por ele. Vale a pena conhecer. Tem zoo e aquário nesta região.

Uma curiosidade: o Chateau de Vincennes foi a residência real antes da construção de Versalles. #paris #charentonlepont #bercy #boisdevincennes #museus #envelhecer #envelhecerbem #viagens #viagem

PARIS – ALMOÇO NO LES OMBRES EM #PARIS

Estou em Paris curtindo a família de minha enteada. Nossa netinha está muito linda e engraçadinha. Com 1 ano e 6 meses está descobrindo o mundo com tanta curiosidade e agilidade… vai de lá para cá rapidamente, experimentando tudo que vê… Agora está na fase do “faz de conta” e adorando brincar de cozinhar e servir café. Uma graça. Começando agora a sair as suas primeiras palavrinhas… são em francês. Pode isso? Muito emocionante participar destas descobertas dela. Quero curtir muitoooo eles aqui. Deixamos ela na escolinha logo de manhã.

Hoje fomos almoçar no restaurante Les Ombres (de comida africana, francesa, contemporâneo e centro-americana)…comemorar o ano que começa. #lesombres #paris.

Este é um dos restaurantes com a mais linda vista da Torre Eiffel. Para você ter uma ideia, ele se chama Les Ombres em função do reflexo da #torreeiffel sobre a cobertura de vidro do restaurante.

Ele se encontra no último andar do Museu do Quai Branly e a decoração foi projeto do arquiteto Jean Nouvel. A vista é #maravilhosa! A Torre Eiffel, imensa, na sua frente, e o Sena passando lentamente embaixo. Tudo isso você pode ver através da cobertura onde fica o restaurante e circulado com paredes de vidro. Dà pra imaginar isso?

Ambiente è top, diferenciado e encantador… Com uma comida #gourmet muito boa… veem lindamente empratados.

Sim, foi uma das #experiências mais #memoráveis da minha vida… é um local que me #emocionou… não só pela beleza e magnitude do local, como pela visão #excepcional da Torre Eiffel. Fomos #agradecer pelo ano que passou e dar as boas vindas ao ano novo que está chegando. Tem que reservar com antecedência.

O atendimento foi excepcional desde a entrada até o final… todos extremamente preparados, atenciosos e te fazendo sentir-se único… foi assim que me senti.

Nos dias quentes, você pode ficar no terraço exterior. No inverno, o teto de vidro garante a vista de qualquer ângulo, foi onde ficamos.

É também um restaurante com uma cozinha  elegante… tendo um cardápio variado a lá carte ou menu sugestão do chef no almoço ou no jantar.

Uma sugestão: escolha o menu completo já com entrada, prato principal e a sobremesa por €47 em 2020.

Se você quiser um lugar especial em Paris para comer ou fazer uma #comemoraçãoespecial, super recomendo este #restaurante.

Les Ombres: 27 Quai Branly, 75007.

Para saber mais: https://www.lesombres-restaurant.com/

Clique aqui para reservar uma mesa no Les Ombres