COLEÇÃO DE LINGERIE PARA QUE MULHERES QUE PASSARAM DOS 60 ANOS.

Encontrar uma moda para quem tem mais de 60 anos é muito difícil. Tanto no Brasil como no mundo, estamos envelhecendo rapidamente mas, essa nova realidade não se traduz ainda nas passarelas.

Ainda bem que a paulista Helena Schargel está apresenta a sua segunda #coleçãodelingerieparamulheresmaisvelhas.A primeira foi um grande sucesso!

Uma coisa que eu adoro é o fato de ela ter insistido em ser ela mesma a modelo com 80 anos. Demais isto! Helena teria insistido, inclusive, que as suas fotos fossem o mais natural possível, sem o uso do chamado “photoshop” para retocar as imagens. Esta ousadia e liberdade dela mostra o quanto somos diferentes e nos aceitamos no envelhecer. Sensacional! O resultado, está aqui: uma coleção de muito bom gosto, divulgada por uma grande modelo. Leiam:

A modelo e estilista paulista Helena Schargel, 79, acaba de lançar sua segunda coleção de lingeries voltada para mulheres acima dos 50 anos. “São peças confortáveis, mas sexy e coloridas. Afinal, somos lindas e temos visibilidade, sim”, afirma. Cansada de ficar em casa após um ano de aposentadoria — ela trabalhava como criadora de marcas femininas —, Helena ofereceu a ideia em dezembro passado à etiqueta Recco.

“Estipulei que eu precisava ser a garota-propaganda, e nada de usar Photoshop na campanha. Viva a mulher real!” Helena também virou palestrante motivacional e prepara uma linha de roupas esportivas, além de contar com outras novidades na vida pessoal. “Estou viúva há sete anos. Recebo muitas cantadas no Instagram, mas meus filhos têm ciúme”, diverte-se.(Fonte:Veja)

Em dezembro, quando anunciou que lançaria a coleção, Helena Schargel deu esta entrevista para O Globo

“A paulista Helena Schargel é uma mulher à frente do seu tempo. Durante mais de quatro décadas, ela trabalhou na fábrica de tecidos Berlan.

— Para a minha época, trabalhar fora era uma atitude bastante ousada. Durante um tempo, também tive um restaurante — diz Helena. —Há dois anos, deixei tudo em ordem e resolvi sair da fábrica.

Depois de passar um ano fazendo terapia, pilates e os mais diversos cursos, a estilista idealizou o seu próximo passo.

— Um belo dia, num encontro de pessoas de mais de 50 anos, perguntaram-me qual era o meu projeto. Respondi imediatamente: “uma coleção de lingerie 60+”. Na saída do evento, um grupo de meninas de 70 anos veio me perguntar onde poderiam comprar as peças.

No dia seguinte, Helena diz ter acordado com a coleção completa na cabeça:

— Liguei para a Myriam Recco, diretora de criação da Recco Lingerie, e perguntei se ela se interessava na proposta. Disse também que queria ser a imagem da coleção e que fazia questão de que as minhas rugas aparecessem.

Segundo ela, as peças unem praticidade e sensualidade:

— O meu maior propósito é tirar as mulheres dessa faixa etária da invisibilidade. As pessoas estão vivendo mais, porém, não sabem o que fazer com esse presente.

A coleção, que tem lingeries diurnas e para a noite, também conta com uma linha de pijamas.

— Que vão da cama para a rua — explica Helena, empolgada com o lançamento.

Veja melhor ela aqui:

#reccolingerie #helenaschargel #lingerieparaacimadis60 #envelhecerdebemcomavida #modaparaterceiraidade #lingerieparamulheresmaduras #envelhecercomestilo

TERCEIRA IDADE – DESFILANDO LINDA LEVE E SOLTA EM PARIS !

Simplesmente maravilhosa!!!

Aos 74 anos, Hellen Mirren apostou no conforto para #desfilar na semana de moda de Paris, numa tarde de domingo (30/09/2019).

Descalça, a atriz #veterana cruzou a #passarela com um vestido longo esfoaçante preto e branco, chamando a atenção dos presentes devido a sua simpatia e através de seus pulinhos, encantando a todos.

Foi no desfile da L´oreal Paris que levou também para a apresentação nomes como a cantora Camilla Cabello e as atrizes Andie McDowell e Evan Longoria. 

Se eu pudesse escolher gostaria de desfilar assim como ela, jogando todos os padrões convencionais ao vento e mostrando toda a alegria do meu #envelhecer, sem #invisibilidade!

Somos todas #empoderadas!!!

SEM MEDO DA CALÇA JEANS DEPOIS DOS 50, 60… GLORIA KALIL MOSTRA COMO USAR A PEÇA MAIS DEMOCRÁTICA DE TODAS.

Sempre gostei muito de usar “jeans”,  acredito que seja um estilo próprio meu… minha marca… desde a juventude. Sempre uso e faço diversas combinações. Tenho várias no armário… de todas as cores e tipos de lavagens.

Dependendo do que eu uso pra combinar… dos acessórios… os sapato ou tênis… as camisetas ou outros tipos de camisas … meu jeans muda totalmente de cara! Vai do descontraído… ao esportivo… assim como pode ser mais chic… Confira as dicas de Gloria Kalil.

“Mulheres mais velhas podem usar jeans tranquilamente, desde que em ocasiões informais. Na medida em que a coisa vai se tornando um pouco mais formal, não é mais o caso de usar porque ela não está a fim de chocar ou fazer graça com a ideia de desafio e nem chamar atenção”, explica Gloria Kalil..

50 ANOS: LUIZA BRUNET (52), MAITÊ PROENÇA (56) E CLAUDIA OHANA (52)

Jeans luiza-brunet-52 anos     Jeans maite-proenca-56 anos     Jeans claudia-ohana-51 anos

A ideia é manter a elegância para não parecer ter menos idade que realmente tem. “Elas associam – e com razão – o uso do jeans a uma certa quebra de convenções, que uma mulher mais velha não está interessada em fazer. Não é roupa para casamento ou jantar fora, em uma ocasião mais séria e formal. Ela liga a questão do jeans com a informalidade – e o código é um pouco este”.

50 ANOS: MADONNA (56), SHARON STONE (56) E KIM CATTRALL (58)

Jeans madonna-56 anos     Jeans sharon-stone-56 anos     Jeans kim-cattrall-58 anos

Os exemplos confirmam que a informalidade é o que marca as escolhas nesta faixa. “O uso do jeans na questão da idade vai diminuindo à medida que a formalidade aumenta. Quando o evento passou de um cinema para um jantar, um teatro, um jantar fora com as amigas ou uma festa, não cabe mais”.

60 ANOS: ANGELA VIEIRA (62), JESSICA LANGE (65) E SALLY FIELD (67)

Jeans angela-vieira-62 anos    Jeans jessica-lange-65 anos    Jeans sally-field-67 anos

Conforto e descontração são o que marca as peças que ficam para os momentos de lazer. “O uso do jeans está iconicamente ligado à ideia de juventude e transgressão, que não é o caso de uma senhora de mais de 60 anos”.

Aos 50 anos uma mulher com um jeans não está querendo desafiar o mundo, ela quer uma roupa cômoda.

Para as mais velhas, de 60 em diante, o jeans fica mais restrito a situações informais. “Serve para a manhã, para passar o dia, ir ao supermercado, ao cinema e nos fins de semana, tudo bem”, diz Kalil.

Fonte: http://chic.uol.com.br/como-usar/noticia/sem-medo-da-calca-jeans-depois-dos-40-50-60-gloria-kalil-mostra-como-usar-a-peca-mais-democratica-de-todas

MAQUIAGEM APROPRIADA VALORIZA A MULHER MAIS VELHA

“Na sabedoria da mulher madura eu encontro a beleza física e a sinceridade”.     Mestre Ariévlis

Resultado de imagem para MULHER MADURA Marcos Costa

Tem dias que a gente olha no espelho e… leva um susto não é mesmo? Eu pelo menos penso como estou velha, abatida, horrível! Mas, imediatamente, lembro-me dos milagres que uma maquiagem por pequena que seja faz e, em cinco minutos, meu rosto já deu uma melhorada. Só que precisa acertar a mão, pois qualquer excesso vira um desastre. E esta semana, enquanto esperava ser atendida pela minha dermatologista, um livro me chamou a atenção, pela linda capa e pelo assunto. “Maquiagem” de Marcos Costa, maquiador da Natura, do novo selo editorial Lovely House. Adorei folhear o livro, com fotos lindas e principalmente com muitas informações. Com dicas para todas as idades, das mais jovens até as mais velhas e dizendo que uma mulher de 75 anos, pode sim usar olhão preto ou uma boca vermelha. Vale a pena ler o livro. Você vai aprender bastante

Enquanto isso eis algumas dicas que encontrei no http://mondomoda.org/2013/08/29/natura-maquiagem-mulheres-maduras/

O maquiador da Natura, Marcos Costa, dá algumas dicas para as mulheres maduras acertarem o tom do make e esbanjarem alegria e vitalidade. 

– Após os 40 – o ideal é a mulher valorizar o que tem de melhor e fugir dos excessos. Não adianta carregar na maquiagem para tentar esconder uma ou outra ruga.   Mais do que nunca, o que vale é o bom senso. Por isso, escolha sombras acetinadas, para não reforçar as marcas de expressão. Não carregue no pó, já que em excesso, ele pode destacar as rugas. ”Use a avaliação crítica a seu favor e seja sincera diante do espelho”, recomenda o maquiador.

Dicas:

  • Sombras acetinadas;
  • Cuidados com excessos, como boca pink e olho azulão;
  • Use sempre máscara nos cílios;
  • Para fixar o batom ou gloss, aplique o lápis de contorno nos lábios;
  • Não carregue no pó.

– Após os 60 – No caso da geração da melhor idade, pequenos cuidados na hora de escolher os produtos podem fazer muita diferença.

Dicas:

  • Substituir as fórmulas em pó pelas cremosas é um dos segredinhos que vai trazer suavidade à expressão facial. Opte por sombras em creme à base de água, sem cintilação;
  • Tons rosa, bege, pérola e pêssego são os mais indicados. Para a boca, tons rosa, laranja e terracota;
  • O lápis pode ajudar a disfarçar o contorno dos lábios suavemente caídos e sulcos em evidência;
  • Evite aplicar sombras, lápis e máscaras na parte interior dos olhos. Isso pode dar um efeito carregado ou de olhar triste;
  • Use máscara preta ou marrom. Ou ambas ao mesmo tempo – nesse caso use preto nos cílios superiores para “levantar’’ o olhar. 

Resultado de imagem para MULHER MADURA Marcos Costa

Fonte: http://blogjp.jovempan.uol.com.br/melhoridade/2014/10/maquiagem-apropriada-valoriza-a-mulher-mais-velha/