MENINO…

Menino, vem pra dentro, olha o sereno! Vai lavar essa mão. Já escovou os dentes? Toma a benção a seu pai. Já pra cama! Onde aprendeu isso menino? – coisa mais feia. Toma modos. Hoje você fica sem sobremesa. Onde é que você estava? Agora chega, menino, tenha santa paciência. De quem você gosta mais, do papai ou da mamãe? Isso, assim que eu gosto: menino educado, obediente. Está vendo? É só a gente falar. Desce daí, menino! Me prega cada susto…para com isso! Joga isso fora. Uma boa surra dava jeito nisso. Que é que você andou arranjando? Quem te ensinou esses modos? Passe pra dentro. Isso não é gente para ficar andando com você. Avise seu pai que o jantar tá na mesa. Você prometeu, tem de cumprir. Que é que você vai ser quando crescer? Não, chega: você já repetiu duas vezes. Por que você está quieto aí? Alguma coisa está tramando… não anda descalço, já disse! – vai calçar o sapato. Já tomou remédio? Tem de comer tudo, você tá virando um palito. Quantas vezes já te disse para não mexer aqui? Esse barulho, menino! – teu pai tá dormindo. Para com essa correria dentro de casa, vai brincar lá fora. Você vai acabar caindo daí. Pede licença a seu pai primeiro. Isso é maneira de responder à sua irmã? Se não fizer, fica de castigo. Segura o garfo direito. Põe a camisa pra dentro da calça. Fica perguntando, tudo você quer saber! Isso é conversa de gente grande. Depois eu te dou. Depois eu deixo. Depois eu te levo. Depois eu conto. Agora não, depois! Deixa seu pai descansar – ele está cansado, trabalhou o dia todo. Você precisa ser muito bonzinho com ele, meu filho. Ele gosta tanto de você. Tudo que ele faz é para seu bem. Olha aí, vestiu essa roupa agorinha mesmo, já está toda suja. Fez seus deveres? Você vai chegar atrasado. Chora não filhinho, mamãe está aqui com você. Nosso Senhor não vai deixar doer mais. Quando você for grande, você também vai poder. Já disse que não, e não, e não! Ah, é assim? – pois você vai ver só quando seu pai chegar. Não fale de boca cheia. Junta a comida no meio do prato. Por causa disso é preciso gritar? Seja homem. Você ainda é muito pequeno pra saber essas coisas. Mamãe tem muito orgulho de você. Cale essa boca! Você precisa cortar esse cabelo. Sorvete não pode, você tá resfriado. Não sei como você tem coragem de fazer assim com sua mãe. Se você comer agora, depois não janta. Assim você se machuca. Deixa de fita. Um menino desse tamanho, que é que os outros hão de dizer? Você queria que fizessem o mesmo com você? Continua assim que eu te dou umas palmadas. Pensa que a gente tem dinheiro pra jogar fora? Toma juízo menino! Ganhou agora mesmo e já acabou de quebrar. Que é que você vai querer no dia de seus anos? Agora não, depois, tenho mais o que fazer. Não fica triste não, depois mamãe te dá outro. Você teve saudades de mim? Vou contar só mais uma, tá na hora de dormir. Vem que a mamãe te leva pra caminha. Mamãe te ama, viu! Dá um beijo aqui. Dorme com Deus meu filho! Meninos hoje e amanhã, sempre serão assim como Fernando Sabino conta. E sempre será assim… Mãe é mãe… menino é menino!

Veja também:

https://oterceiroato.com/2020/10/12/casa-de-mae-depois-que-se-vao/

QUANDO EU ENVELHEÇO.

Este texto da Orlanda Luiza, diz tudo que eu estou gritando por dentro agora.

Envelheço quando o espelho não reflete mais as risadas da alma.

… quando resiste à imagem de olhos vivos e fecha o semblante.

… quando a fisionomia desmente a mensagem e a incoerência do olhar trai-lhe a expressividade.

… quando deixa um pingo de lágrima acinzentar o espelho.

…a mente se enruga, encolhe-se e torna a própria imagem tão pequena.

… me olho no espelho com a mente em fúria e levo uma chamada.

… quando o espelho perde a cor da vida e nada mais reflete.

E assim continuo o meu caminho.

Veja também:

https://oterceiroato.com/2020/07/08/deixem-me-envelhecer-3/

ESCOLHA… EXPERIMENTE COISAS NOVAS.

Entre todas as opções que tiver, não escolha o que é conveniente, o que é confortável ou racional, nem faça a escolha baseada no que as pessoas esperam que você escolha.

Se dê a oportunidade de fazer o que toca o seu coração.
Só assim é que existe realização.
Os maiores arrependimentos sempre se referem ao que não nos permitimos experimentar.
Escolha com o que você sente aí dentro do peito.
Deixe sua alma expressar o seu querer.
Arrisque-se a seguir o anseio da sua alma. É isso que faz a vida valer a pena, é isso que acaba com aquele buraco que a gente às vezes sente que tem, dentro do peito.
Se aventure a fazer o que toca seu coração.
Você não precisa provar nada a ninguém, nem a si mesma.
Você precisa é se dar o direito de se fazer feliz.

Reflita nisso!!! Veja também: https://oterceiroato.com/2020/04/24/mulher-ao-centro-da-vida/.

https://oterceiroato.com/2020/04/21/a-vida-e-suas-pedras/

SOU AQUELA MULHER…

Eu sou aquela mulher

a quem o tempo

muito ensinou.

Ensinou a amar a vida.

Não desistir da luta.

Recomeçar na derrota.

Renunciar a palavras e pensamentos negativos.

Acreditar nos valores humanos.

Ser otimista.

Creio numa força imanente

que vai ligando a família humana

numa corrente luminosa

de fraternidade universal.

Creio na solidariedade humana.

Creio na superação dos erros

e angústias do presente.

Acredito nos moços.

Exalto sua confiança,

generosidade e idealismo.

Creio nos milagres da ciência

e na descoberta de uma profilaxia

futura dos erros e violências

do presente.

Aprendi que mais vale lutar

do que recolher dinheiro fácil.

Antes acreditar do que duvidar.

Cora Coralina conseguiu descrever tao bem o que vai na alma de uma mulher.

Veja também:

https://oterceiroato.com/2020/06/26/a-mulher-que-quero-ser/.

https://oterceiroato.com/2020/05/29/quero-fazer-com-que-mulheres-de-60-anos-deixem-de-ser-invisiveis-claudia-grande/

CORONAVÍRUS – DICAS PARA QUANDO SAIR DE CASA…

Achei muito pertinente estes conselhos para quando se estiver fora de casa. Todo cuidado é pouco. Com a abertura em muitos lugares, queremos dar uma saída, mas o que não podemos esquecer é que o vírus continua circulando e fica fácil se contagiar. Proteger é necessário.

Atividades seguras: minimizar contato, superfícies compartilhadas com outras pessoas
Em geral, correr, caminhar e andar de bicicleta sozinho ou com sua família imediata pode ser feito com risco mínimo de pegar ou transmitir o vírus. Mas esportes realizados em grupos e envolvendo contato físico são proibidos. Só para lembrar que o vírus pode se espalhar pelo contato direto ou pelo toque nos mesmos objetos. Ao considerar uma atividade, pense em quão próximo você estará de outras pessoas e se você tocará nas mesmas coisas. Quanto mais uma bola ou outro equipamento esportivo for tocado por alguém que não seja você, maior será o risco de propagação de doenças. Se o seu esporte favorito tem muitas incertezas para dar uma resposta clara – digamos, não saber se será possível manter distância em uma trilha ou parque específico – é melhor ser conservador e não ir.

Se você atendeu a todas as precauções acima e está pronto para ir, “lave as mãos antes de sair”, diz Grace Roberts, virologista da Queen’s University Belfast. “Você não sabe se está infectado.” Além disso, leve tudo o que você precisa – água, lanches, etc. – para minimizar a necessidade de parar em qualquer loja. Não use banheiros públicos ou outras instalações compartilhadas.

Então, quando você estiver fora, evite tocar as superfícies com as mãos e mantenha as mãos longe do rosto. Por exemplo, você pode usar o cotovelo para acertar um botão de faixa de pedestres. Pense que quando está correndo, sugiro reservar a mão esquerda para apertar o botão da faixa de pedestres ou qualquer outra superfície, enquanto a mão direita é usada para ajustar os óculos ou manusear água e lanches. Ao chegar em casa, lave imediatamente as mãos.

FAXINA!

Estava precisando fazer uma faxina em mim…
Jogar fora alguns pensamentos indesejados,
Tirar o pó de uns sonhos, lavar alguns desejos que estavam enferrujando…..
Tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais.
Joguei fora ilusões, papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca darei…
Joguei fora a raiva e o rancor nas flores murchas guardadas num livro que não li.
Peguei meus sorrisos futuros e alegrias pretendidas e as coloquei num cantinho, bem arrumadinhas.

Fiquei sem paciência! Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão: paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras horríveis que nunca queria ter dito, mágoas de um amigo, lembranças de um dia triste…
Mas lá havia outras coisas… belas!!!
Uma lua cor de prata…o choro de meus filhos ao nascerem, seus primeiros passos, os abraços….
aquela gargalhada no cinema, o primeiro beijo….. o pôr do sol…. uma noite de amor…
Encantada e me distraindo, fiquei olhando aquelas lembranças.
Sentei no chão. Joguei direto no saco de lixo os restos de um amor que me magoou.
Peguei as palavras de raiva e de dor que estavam na prateleira de cima –
pois quase não as uso – e também joguei fora!
Outras coisas que ainda me magoam, coloquei num canto para depois ver o que fazer, se as esqueço ou se vão pro lixo.

Revirei aquela gaveta onde se guarda tudo de importante: amor, alegria, sorrisos, fé…..
Como foi bom!!!
Recolhi com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos, perfumei na esperança,
passei um paninho nas minhas metas e deixei-as à mostra.

Coloquei nas gavetas de baixo lembranças da infância; em cima, as de minha juventude, e… pendurado bem à minha frente, coloquei a minha capacidade de amar… e de recomeçar…
Adoro esta crônica de Martha Medeiros… ela consegue dizer tudo que sinto na alma.

MATURIDADE ACALMA!

Maturidade acalma. Traz sossego. Nos livra de melindres.

Gente madura olha nos olhos. Não faz chantagem emocional nem sufoca com suas carências. Gente madura compreende, não cria caso, não age pra atingir nem faz uso de indiretas. Aliás ser maduro é ser direto, objetivo. É respeitar a opinião alheia pois quer que a sua também seja respeitada. É aprender com os erros, ao invés de paralisar com eles. É ouvir mais do que fala e escutar com atenção, pois é assim que procede o aprendizado. Gente madura ri de si mesma pois sabe que o sorriso é a chave para muitas portas que a vida nos apresenta. Sabe que o bom humor é chique, que gente feliz brilha, sem precisar de Sol. E sabe também que alegria de verdade não se forja, se exercita com as próprias dificuldades da vida. Gente madura sabe o que é ser feliz. Anda devagar, por que já teve pressa e percebeu que ela não é só inimiga da perfeição. Gente madura sabe que a pressa faz passar despercebido o que realmente nos ilumina o coração.”
Erick Tozzo sabe muito bem como gente madura é.

NOSSO NOVO JEITO DE SER.

Talvez a gente aprenda, afinal, a demorar a vida mais vezes no que faz coração ser sorriso. A abraçar mais lentamente toda vez que é possível. A encher de beijinhos quem nos provoca ternura. A sair mais frequentemente para passear onde tem flor.
Talvez a gente aprenda, afinal, que precisa de bem menos do que imaginava. Que as verdadeiras urgências são vidas. Que a prioridade é a saúde. Que há variados jeitos de se mostrar presente. Que a gente tem que se cuidar pra cuidar. Que aquela tal pressa era pra quê mesmo? Que há uma linguagem que só os olhos conhecem.
Talvez a gente aprenda, afinal, a se interessar com mais bondade pelo bem-estar dos outros seres. Que estamos todos juntos mesmo na humanidade. Que há vários modos de ajudar mesmo sendo também vulnerável. Que o nosso dom é serviço. Que é possível viver fora do automatismo.
Talvez a gente aprenda, ao final, a ser do nosso jeito de novo.
Assim como Ana Jácomo vou seguindo e aprendendo sempre.

FILHO… DESEJOS DE UMA MÃE AO FILHO QUANDO SE CASOU.

Carta que entreguei ao meu filho, quando se casou. Acredito que são os desejos das maiorias das mães aos seus filhos…

Meu Filho, sempre procurei te orientar e proteger, participando de tudo na sua vida. Desculpe das vezes em que não consegui! Temos muito o que brindar e ainda muito mais por vir… De menino ao homem que se tornou, só tenho do que me orgulhar. Te amo muito e me orgulho muito de tudo em você. Do grande homem que se tornou. Conte comigo sempre! Estou muito feliz em ver que agora vai se casar e construir a sua família… aumentando a nossa.
Tenho muito ainda para te dizer e te mostrar, mas nada mais importante que isso… Ame! Ame muito. Demonstre seu amor e afeto a todos que ama (não sinta vergonha disso). A coisa mais importante que podemos ter na vida, é a nossa Família. Ela é tudo, nosso chão… nossa força, nossa raiz, nossa fortaleza é a nossa vida. Proteja-a sempre de tudo que lhe fizer mal… e cuide muito bem dela… Ela nos fortalece, nos da equilíbrio, nos traz conforto, nos dá paz… enfim nos da tudo o que precisamos para ser felizes…
Que você e a sua esposa recebam todas as minhas bênçãos e consigam realizar todos os seus sonhos. Sonhem muito. Sonhem alto. Ousem. Voem. Se amem, se respeitem, dividam seus problemas e sucessos… busquem sempre o companheirismo e a parceria em tudo o que fizerem… Dialoguem! E conversem sempre muito. Reflitam juntos. Estarei sempre bem pertinho de vocês, pra o que der e vier…contem sempre comigo!!!!! Sempre.
Se puder dar mais alguns conselhos, aqui vai:
 Persiga metas possíveis de serem alcançadas;
 Sempre sorria espontaneamente e genuinamente;
 Divida com os outros;
 Ajude os necessitados;
 Não julgues ninguém;
 Não faça com ninguém… o que não quer para você;
 Aprenda com seus erros;
 Seja capaz de enxergar o “lado bom” das coisas;
 Aprenda…. reaprenda;
 Mantenha seu espírito jovem;
 Se relacione com ricos, pobres, bonitos e feios;
 Sob pressão, mantenha-se calmo!
 Conte ate dez… mil… dez mil… milhão;
 Paciência, paciência, paciência!!!
 Surfar na Internet por prazer;
 Corra riscos calculados;
 E compreenda “Dinheiro não é tudo!”
 Use seu humor para aliviar o stress;
 Se cair, aprenda e levante-se rapidamente;
 Mantenha em alta sua confiança e autoestima;
 Perdoe aos que te incomodam;
 Respeite as diferenças… em todos os sentidos;
 Vez ou outra permita-se quebrar as regras;
 Tenha alguns amigos em quem confiar;
 Coopere e consiga as melhores recompensas;

 Valorize cada momento com quem você ama;
 Seja companheiro de quem ama você;
 Nunca magoe os que o amam. Repense;
 Proteja sua família;
 Afaste-se do que te faz mal…ou aos seus!
 Saiba que tudo passa!
 Por isso aproveite bem o momento presente;
 Construa seu “futuro” ouvindo seu coração;
 Ame e viva intensamente;
 E o que demais importante temos sempre… A nossa Família!

Ps: Depois de uns anos relendo a carta acrescento…. Nós começamos assim, com o seu casamento… Temos muitas histórias pra contar…E ainda vamos ter muitas outras, tantas histórias a serem construídas…. Agora chegando nosso primeiro pequerrucho… seu filho… nosso João Pedro… fruto do seu amor com a sua esposa… vamos ter milhões de histórias pra viver e ser lembradas. Mal posso esperar pra ele chegar!

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/03/23/ser-avo-pela-primeira-vez-e-maravilhoso/ https://oterceiroato.com/2020/03/15/partidas-e-chegadas/

TENHO CONSCIÊNCIA…

Uma das autoras que eu mais me identifico e a Cora Coralina… com a sua sensibilidade e perspicácia, traduz o que tenho dentro de mim…

Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.

O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade.

Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor.

Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!

Veja também: https://oterceiroato.com/2020/04/08/velha-eu/https://oterceiroato.com/2020/04/01/xiiii-estamos-envelhecendo-e-agora/