MEMÓRIA X RECORDAÇÕES – AS ARMAS DA JUVENTUDE e DA VELHICE.

Recordar-se não é o mesmo que lembrar-se; não são de maneira nenhuma idênticos. A gente pode muito bem lembrar-se de um evento, rememorá-lo com todos os pormenores, sem por isso dele ter a recordação. A memória não é mais do que uma condição transitória da recordação: ela permite ao vivido que se apresente para consagrar a recordação. Esta distinção torna-se manifesta ao exame das diversas idades da vida. O velho perde a memória, que geralmente é de todas as faculdades a primeira a desaparecer. No entanto, o velho tem algo de poeta; a imaginação popular vê no velho um profeta, animado pelo espírito divino. Mas a recordação é a sua melhor força, a consolação que os sustenta, porque lhe dá a visão distante, a visão de poeta. Ao invés, o moço possui a memória em alto grau, usa dela com facilidade, mas falta-lhe o mínimo dom de se recordar. Em vez de dizer: «aprendido na mocidade, conservado na velhice», poderíamos propor: «memória na mocidade, recordação na velhice». Os óculos dos velhos são graduados para ver ao perto; mas o moço que tem de usar óculos, usa-os para ver ao longe; porque lhe falta o poder da recordação, que tem por efeito afastar, distanciar.

A feliz recordação do velho é, como a feliz facilidade do moço, um gracioso dom da natureza, da natureza que protege com seus cuidados maternais as duas idades da vida que mais precisam de socorro, se bem que, em certo sentido, sejam também as mais favorecidas. Mas é por isso também que a recordação, tal como a memória, muitas vezes não passa de portadora dos dados mais acidentais.

Apesar de se distinguirem por grande diferença, a recordação e a memória são por vezes tomadas uma pela outra. A recordação é efectivamente idealidade, mas como tal, implica uma responsabilidade muito maior do que a memória, que é indiferente ao ideal.

A recordação tem por fim evitar as soluções de continuidade na vida humana e dar ao homem a certeza de que a sua passagem pela terra efectua uno tenore, num só traço, num soporo, e pode exprimir-se na unidade. Assim se liberta ela da necessidade em que a língua se encontra de repassar incessantemente pelas mesmas tagarelices, para reproduzir aquelas de que a vida se encontra repleta. A condição da imortalidade do homem é que a vida dele decorra uno tenore.

Soren Kierkegaard (in “O Banquete”, Dinamarca

5/ Mai/ 1813 – 11/ Nov/ 1855 –

Filósofo/Teólogo)

… DE REPENTE JÁ É DEZEMBRO OUTRA VEZ!

Este ano o Natal será diferente 🎄. As famílias confraternizarão ✨🥂 mais a distância 😷, sem grandes aglomerações… em locais mais arejados 👀 devido ao coronavírus. Não podemos correr risco. Menos é mais 👀. Mas nem por isso terá tristeza, mas uma exploda de sentimentos… tudo junto e misturado. O amor nos faz cuidar uns dos outros. Via On-line poderemos brindar juntos. Leiam:

Enfeite a árvore de sua vida com guirlandas de gratidão!

Coloque no coração laços de cetim rosa, amarelo, azul, carmim.

Decore seu olhar com luzes brilhantes estendendo as cores em seu semblante.

Em sua lista de presentes em cada caixinha embrulhe um pedacinho de amor, carinho, ternura, reconciliação, perdão!

Tem presente de montão no estoque do nosso coração e não custa um tostão!

A hora é agora!

Enfeite seu interior!

Seja diferente!

Seja reluzente!

… de Cora Coralina para nós🪅

Um feliz mês de dezembro, pra você, pra mim, pra nós!!!🙏

Feliz Natal a todos os familiares e amigos… 🎄🎄🪅

UM SONHO SENDO REALIZADO!

Assim que amanheceu Bia se levantou rapidamente, tomou seu café da manhã, pegou a mala vermelha, chamou o Uber e partiu rumo ao aeroporto internacional. Não aguentava mais de saudades de sua família, de seu filho e família que moravam em outro continente. O netinho todos os dias a chamava: – Vem ó ó. Este tempo de isolamento social e de espera até poder voltar a viajar de avião novamente foi uma longa espera, bem maior do que o esperado. Sonhava com isto. Esperou enquanto pode.

Ansiedade não faltou, o medo ainda existe e continua presente, afinal o coronavírus anda solto por todos os lugares. Tem uma série de protocolos a seguir antes, durante e pós viagem. Coragem e ousadia sempre fizeram parte da vida de Bia, não seria diferente agora. Tem que continuar caminhando, vivendo e se adaptando a novas realidades. Tudo foi bem pensado para obter mais segurança, com todos os cuidados e materiais necessários em suas mãos, serão utilizados para lhe dar mais tranquilidade: máscaras, álcool gel, muita higienização em tudo que tocar… finalizando com uma quarentena no local, quando lá chegar. Sim enquanto esta pandemia perdurar e a vacina não chegar, o “novo normal” que aparece está cheio de orientações, que vão mudando conforme conhecem melhor sobre a doença. Um longo caminho temos todos pela frente! Assim é a vida pensava, o importante é ter fé e acreditar que tudo dará certo. Londres á espera, aqui vai ela… cheia de cuidados. Embarcando pra lá agora. Partia feliz, cheia de saudades e sonhos, tendo fé que em breve estarão todos juntos novamente.

MEMÓRIAS…

“De vez em quando a vida preciso ser vista de ângulos diferente”.

Eu vou indo… eu vou evoluindo!

Sobre estar em movimento, me reinventando, vivendo essa metamorfose ambulante que é a vida.

Existem momentos únicos que duram segundos, mas deixam lembranças para a vida toda. São únicos e inesquecíveis.

No final tudo vira história. Então ria de si mesmo, eternize os sorrisos na sua memória.

ENVELHECER ESTÁ SENDO BEM MELHOR DO QUE PENSEI…

Confesso que tive medo desta hora chegar. Parecia que ia demorar tanto, tava tão longe de mim, mas num piscar de olhos… lá estava eu com sessenta anos. Simplesmente assim!

Percebi que não mudei nada. Isso mesmo… nadinha de nada!!! Me senti igualzinha… ou melhor parece que trouxe uma certa leveza, uma paz grande, tipo calma na alma sabe… e veio junto a sensação de dever cumprido.

Está bem melhor do que eu pensei vivenciar este meu envelhecer…

Tudo passou tão rápido, que não deu nem pra perceber as tais mudanças ou o que a maturidade e a longevidade tem me trazido. Aconteceu assim aos pouquinhos.

Percebo de longe que é bem melhor do que eu pensava antes. Ainda bem… melhor assim rsrsrs.

Já não tenho mais tanta pressa. Saboreio melhor e com mais qualidade tudo que está ao meu redor. Faço tudo acontecer com intensidade.

Já não tenho o corpo da juventude, algumas limitações da idade vão surgindo aos poucos… o jeito é pensar melhor em como podemos fazer para melhorar… e seguir em frente, assim continuaremos muito bem obrigada.

Estou tomando certos cuidados que antes foram adiados… mas que agora se tornam imprescindíveis para o meu bem estar e o meu futuro.

Minha saúde passou a ser uma das minhas prioridades, afinal vamos precisar estar bem, não é?… Tratar bem nosso corpo, pra poder fazer tudo o que queremos… será necessário e assim se possível ultrapassarmos os 100 anos.

Agora eu só quero é viver com mais qualidade de vida, ser feliz e com muito mais prazer. Minha felicidade está sendo bem percebida por todos me cercam e mantida como prioridade.

Sim é possível! Se até agora não se preocupou com isto, assim como eu… agora é a hora de começar. Nunca é tarde! Arregacei as mangas e me joguei.

Requer sim algumas mudanças, não é tão difícil, mas atenção e “disciplina” e o “foco” são necessários daqui pra frente. Precisaremos mudar alguns coisas e velhos hábitos… Como? Tenho planejado mais e com antecedência as coisas, estou usando meu #wishplanner que ajuda muito.

Tenho tantas coisas pra fazer ainda que vou priorizar as que mais me agradam. Pra quem quiser vir comigo vou dar algumas dicas… Vem comigo:

Simplifiquei minha vida. Quero paz e amor. Viver é ser feliz!

Cuido melhor da minha saúde. Adiei até agora, tenho que confessar, mas hoje não dá mais. Pratico atividades físicas sim. Me movimento mais e mudei velhos hábitos alimentares, isto tudo tem modificado minha vida já. Comecei então a “caminhar” mais, a fazer o Pilates e o Tai Chi Chuan. Disciplina e frequência estão sendo necessários para obter um melhor resultado. Estou firme. Minha alimentação está mais equilibrada. Pouco sal e açúcar, menos frituras… Muitas frutas, fibras, legumes e proteínas. Carboidratos só o necessário e integral para dar mais energia. Sem exageros.

Melhorei a hidratação, tento beber (1 1/2 litros) mais água por dia. O melhor é ver os exames médicos estar melhorando. Anima muito.

Participo ativamente (ideias/ projetos/ cursos/ imersões…) dos movimentos que acontecem em São Paulo sobre longevidade: #maturyjobs #trabalho60mais #maturiday #lab60+ #expolongevidade entre outros. Estou com a agenda cheia rsrsrs.

Convivo mais e melhor com meus pares. Me cerco de pessoas queridas. Marco cafés/almoços com velhas e novas amigas. Papeio, troco ideias, aprendo, troco experiências enfim coloco a conversa em dia. Mantenho minha “interação” ativada plenamente. Eu adoro participar do #café&prosa preparado mensalmente pela Rosângela da #it_avo, super indico.

Aprendo coisas novas sobre assuntos diversos que eu gosto: Artes/Fotografia/Línguas/ Dança/ Cultura/ Contos/ Escrita/ Informática/ Redes Sociais/ Caminhar pela cidade… Em 10 de fevereiro vão abrir as inscrições na USP para a terceira idade, já estou de olho sobre o que vou querer fazer este ano. Tem vários lugares também interessantes pra se aprender e ir. A maioria são de graça.

Me atualizo sobre as novas tecnologias desse mundo virtual que tanto estão fazendo parte do nosso dia a dia atualmente: como usar melhor a Internet, os smartphones e as redes sociais que são hoje uma das minhas prioridades. Tenho muito que aprender ainda.

Amo muito meu marido e minha família. São a melhor coisa que tenho na vida. Meu legado. Dou e recebo atenção. Ouço e falo. Conversamos sempre, refletimos sobre várias questões. Procuramos estar juntos sempre que podemos. Trocamos ideias. muitaaaaas conversar e risadas. Convivemos muito bem, obrigada! Colhemos o que plantamos. Eu plantei amor ❤️. Tento aparar as arestas pra arrumar a casa, sempre.

Conviver mais com a família que mora mais distante. Eu faço anualmente um planejamento grande para o primeiro e o segundo semestre, já que tenho filhos e suas famílias morando fora do Brasil. Morro de saudades deles, e quero participar de todo o desenvolvimento dos meus 3 netinhos muito queridos. Meta minha ir de 1 á 2 vezes ao ano no seu País, para estarmos mais juntos… ou virem aqui pra casa. Preferencialmente nos seus aniversários, Natal e Ano Novo. A internet ajuda na saudade. Mantemos contato quase que diário.

Viajo… viajo… Organizo as minhas viagens do Ano com bastante antecedência, faço pesquisas e compro as passagens aéreas com antecedência e divididas em vários meses, o que facilita muito. Quando começo a viagem, esta parte está paga ou quase terminando. Economizo em tudo que posso.

Sou uma vovó super coruja. Meus 3 netinhos moram longe, então passo uma temporada com eles nas férias ou quando podemos e faço com que estes momentos sejam únicos e intensos pra eles e pra mim. Rimos, nos divertimos, cantamos, dançamos, passeamos, brincamos, fazemos picnics e vamos assim construindo tantas histórias lindas em parceria que dão fôlego até os nossos próximos encontros. Registro tudo que posso: tiro fotos, faço vídeos, invento brincadeiras… o que der na veneta. Estou fazendo pra eles um álbum de memórias contando a história da minha vida. Espero que eles queiram ler quando cresceram, pra trazer doces. lembranças. A saudade mora em mim.

Planejo minha vida financeira. Faço um planejamento financeiro, custei a aprender isto (até hoje apanho muito ainda)… isto tem me ajudado e controlar melhor meus gastos. Tento não usar o cheque especial e controlo os gastos com o cartão de crédito mensal (usei paguei tudo).

Economizo em tudo que puder. Aprendi a comprar somente àquilo que realmente preciso e quero. O consumismo de fato deixou de acontecer muito comigo. Reflito bem sobre as minhas reais necessidades e não caio mais nas armadilhas das liquidações.

Reaproveito também tudo o que posso, e ainda ajudo o planeta. Este novo hábito tem me ajudado a descobrir muitas coisas. Uso a minha criatividade. Fim do desperdício.

Minha casa mais segura. Deixo tudo organizado e arrumado, cada coisa tem seu lugar. Faço manutenções constantes na casa e eletrodomésticos. Duas vezes ao ano verifico datas de validade dos produtos na despesa (jogo fora os vencidos) e o que não me serve mais, doo se servir para alguém. Cuidado com tapetes e fios soltos; uso corrimãos e grades que tem que estar em bons estado; arrumo os equipamentos quebrados.Assim aos poucos tudo fica bem melhor.

Doe: Duas vezes ao ano eu doo tudo que não vou usar mais e pode servir para alguém. Faço um chá com bolachas em casa convido amigos e família, escolhem o que querem ficar, passamos uma ótima tarde juntas… o resto doo para alguém que precisa. Renovo as energias da casa.

Durmo melhor minhas 8 horas diárias. Preparo antes meu ambiente tranquilo no quarto, sem TV e eletrônicos na cama. Nem mais nem menos.

Tenho muitos pensamentos positivos. Atraímos o que pensamos. Um olhar para a vida com bom humor e de superações são muito importantes para a minha vida envelhecemos com positividade na alma. Tudo é um grande aprendizado e sei que tudo passa!

Exercícios mentais tem sido mais frequentes agora. Tenho procurado manter a minha mente ativa e aberta ao novo. Leio, escrevo, aprendo línguas, faço palavras cruzadas, sudoku, joguinhos por aplicativos… Participo de redes sociais. Isto tudo me mantes bem ativa. Tenho que ter tempo de pausas também.

Digo não! Escolho não ter companhias tóxicas, fazer coisas que me aborrecem e que não condizem com meus propósitos de vida… Se sei que vai me fazer mal, hoje ou amanhã não vou e não faço.

E você como está indo no seu envelhecer, me conte… vou adorar interagir com vocês.

TEM MUITA SAUDADES MORANDO EM MIM…

Parto agora como sempre com o coração feliz, com nó na garganta e já cheia de #saudades… A #emoção é mútua!

Levo comigo tantas #histórias nossas e muitas registros de fotos e vídeos que serão capazes de preencher a ambos os lados, com doces #lembranças, até nosso próximo #reencontro aqui ou aí… onde for, então será…

Enquanto isso vamos nos falando pela internet, sabendo como estamos indo e seguimos em frente, sim da pra ir matando as saudades assim. A espera se tornará mais fácil.

Sei que criamos nossos #filhos para o #mundo, o que eu não sabia era que ele era tão grande. Nem imaginei o quão longe ele é. Imenso. Do tamanho do infinito!

Ensinei vocês a #sonharem, correrem atrás, criarem asas e #voarem… e assim é!!!!

Cada #desafio encontrado, uma #aprendizagem onde precisamos #repensar muitas vezes… em busca de novos caminhos, #acredite sempre haverá uma sai. Tudo passa! E passa rápido.

Cada #conquista uma #realização, com direito a #gratidão e um brinde. Me realizo assistindo e participando das #realizações de cada sonho por vocês #conquistado. Cada vitória de vocês é minha também… tudo tão nosso.

Nosso João está #desabrochando e descobrindo um novo mundo cheio de sons e cores. Um mundo que ele tem ansiedade e pressa pra experimentar e descobrir tudooo, por dentro e por fora. Parece correr atrás do tempo perdido… não quer esperar… não quer perder tempo. Paciência!!!

Lindo poder presenciar isto tudo de perto, junto com vocês… são para poucos. Temos muito o que brindar nesta etapa da sua jornada. É longa, mas já deu a largada… e está muito veloz. Seus olhinhos espertos e vivos tem um brilho especial. Brilho cheio de #emoção.

Rápido ele aprende e observa tudo. Independente e decidido, resolve tudo que consegue ou pensa que pode. Determinado, persistente e inteligente como seus pais. Atrapalhado como muitos da nossa família, que o torna marca registrada dos nossos. Vou sentir saudades dos seus abracinhos e de ouvir ele chamando — Vem ó ó.

João tem muita sorte de ter vocês como #pais, dizem que escolhemos antes de vir, a #família vamos querer ter… ele não poderia ter escolhido melhor.

É muito bom ele poder estar com vocês num País de primeiro mundo, onde a saúde é levada a sério, e ele poderá ter todos os tratamentos mais modernos, os melhores do mundo. Tudo se encaixando!Ter vocês como pais… atenciosos, #amorosos, #dedicados, preocupados, atentos, trabalhadores, persistentes, pacientes, informados, corajosos e #resilientes… ele não poderia ter escolhido melhor. Parabéns pelo empenho de vocês, continuem assim dialogando, #companheiros de viagem… parceiros em tudo, se #amando, se #protegendo, #cuidando e se #respeitando sempre. João só terá do que se orgulhar.

Família é o bem mais preciso que temos na #vida!

Foi um previlégio poder participar de tantas coisas boas com vocês… Este foi um grande ano.

Obrigada por tudo, desculpa alguma coisa… sabe como é tanto tempo junto, as vezes dá umas estressadinhas rsrsrs.

Saiba que o tempo que estivemos juntos, foram pra mim únicos e #maravilhosos. Inesquecíveis! Nossos bons #momentos ficam para sempre na #memória do coração.

Poucas #mães tem o previlégio de poder conviver por tanto tempo com a família dos filhos depois que se casam… certamente não assim, dia e noite e por tanto tempo juntos.

Deus nos deu a #distância e a saudades, sim não podermos estar juntos sempre que quisermos ao vivo e a cores durante os meses. Mas… nos reservou algo bem melhor. Corações e mente sempre unidos pelo #pensamento e pela alma… Ele nos deu de presente, algo muito maior… de tempos em tempos temos muito mais que a maioria das pessoas tem. Nos deu momentos juntos que são vividos com tanta intensidade, cheios de ternura, cuidados e amor como nunca pensamos ter.

Tudo isso é capaz de preencher nossos corações e guardar eternas #lembranças. Descobri que há momentos em nossa vida que bem o tempo é capaz de apagar. Muitas histórias construídas.

Sinto-me #abençoado por isto é tantas outras coisas que recebemos. Gratidão!

Que Deus os abençoe e proteja. Até breve. Se cuidem. Amo vocês.

PS: Cortou meu coração ver nosso Joãozinho chorar com tanto sentimento e pureza. Espero que ele compreenda que em breve estaremos juntos novamente. ❤️😍

CONSELHOS PARA UM FILHO (A).

Filho (a) se eu pudesse te dar alguns conselhos… eu te falaria:

Aprenda! Sorria, brinque, chore, beije, morra de amor… sinta, sonhe, grite e acima de tudo, viva… mas viva com intensidade e responsabilidade.
Se cair não desanime… levante-se e procure enxergar algo de bom em tudo… o que tiver que aprender. Aprenda! Siga em frente, mais forte e corajoso do que nunca, acreditando que tudo podemos mudar e melhorar.
Seja paciente e perseverante.
Acredite quem tem uma #família “tem tudo”, por isso deve cuidar muito bem dela e protege-la sempre.
Seja responsável e benevolente. Saiba que o “fim” nem sempre é o final. Pode ser um grande inicio para novos desafios… novos caminhos, algumas pontes e poderá ser muito melhor com coisas mais adequadas para nossa vida. Cada momento são únicos. A vida nem sempre é o real, o aqui e o agora. O “passado” nem sempre passou. O “presente” nem sempre ficou e o “hoje” nem sempre é o agora. Construímos nossas histórias a cada passo. Aprenda a ser sua melhor companhia, assim nunca se sentirá sozinho… e será muito feliz. Tudo o que vai… volta. Tudo o que fazemos tem uma consequência, por isso seja você o responsável por suas escolhas, sempre! Seja o protagonista da sua vida… não delegue isso para ninguém. Se cuide…. cuide das pessoas que você ama. Sempre! Com muito amor e carinho. Converse… Escute… Dialogue… reflita sobre os acontecimentos. Mude se precisar. Não se desespere… Tudo passa!!! Portanto encontre novos caminhos, e acredite sempre terá alguma solução para cada tipo de desafio que encontrar pelo seu caminho. E sempre haverá acertos e erros, temos 50% de chances para cada decisão. A vida é um grande aprendizado. Aí está o sabor dela. Pintamos nosso mundo com as cores que queremos. Dê vida para cada momento. Ouça a voz do coração. Seja observador, atencioso, companheiro e amoroso. Porque tudo o que fazemos hoje tem que ser feito sempre com muito amor, mas muito amor mesmo e uma boa reflexão. Aí sim tudo valerá a pena!

Beijos mamy.

A VOZ DA AVÓ… E NADA MAIS!

Bia Barco Bus Paris 2015-06-09 19.42.13

Como sou uma vovó bem coruja, e tenho meu neto caçula Noah fazendo um aninho hoje…. gosto de pensar que no futuro vai lembrar de mim assim…

A voz da avó. Coisa poderosa. Não importa qual é o timbre, se é estridente, rouca ou tremida. Não importa se é mansa ou gritada. Não importa se é ou não capaz de entoar canções de ninar.
A voz da avó pode dizer tudo o que quiser sem que soe como exigência, afronta ou desaforo. A voz da avó tem carta branca e livre trânsito, não nos acua e mesmo quando pergunta o que não deve, não provoca qualquer sentimento de reprovação.
A voz da avó soa sempre como cuidado, como demonstração genuína de afeto, ainda que, às vezes, por vias tortas.
A mesma frase, na voz da mãe e na voz da avó soa completamente diferente.
“Você não comeu?”
Na voz da mãe é cobrança, na voz da avó é oferta. Na voz da mãe é preocupação, na voz da avó é cuidado. Na voz da mãe é ordem, na voz da avó é doce.
“Você está sem casaco?”
Na voz da mãe, vem bronca, na voz da avó, vem lã. Na voz da mãe é gripe, na voz da avó é chocolate quente. Na voz da mãe é “eu canso de falar pra você se agasalhar”, na voz da avó nunca tem cansaço, mesmo com as cordas vocais já tão gastas.
Longe de ser uma acusação às mães. Muito pelo contrário. Mães são o que tem que ser: educação, firmeza, base. Já avós, podem se dar o luxo de ser o que querem ser: delícia, leveza, afago.
Nem sempre elas dirão coisas boas. Às vezes vão dar seus gritos, seus resmungos, suas reclamadas. Porque são humanas. Aliás, são deliciosamente humanas.
Feche os olhos, ouça a voz de sua avó.

avo-neto-brincando
Faça uma gravação imaginária. Guarde na sua melhor gaveta. Ouça de novo. Garanta que não esquece. As avós não duram para sempre. Mas a voz delas sim. A voz delas marca e fica. Ouça enquanto pode e guarde naquela sua gaveta. Na melhor gaveta de todas que é a do coração, já que não podemos simplesmente atracá-las ao peito.”

avos e maos

(Autor desconhecido)

 

RETRATO DE MÃE!

Three generations

Uma simples mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus;
E pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo;

Que, sendo moça, pensa como uma anciã e, sendo velha, age com as forças todas da juventude;

Quando ignorante, melhor que qualquer sábio desvenda os segredos da vida, e, quando sábia, assume a simplicidade das crianças;
Pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que ama, e, rica, empobrece-se para que seu coração não sangre ferido pelos ingratos;
Forte, entretanto estremece ao choro de uma criancinha, e, fraca, entretanto se alteia com a bravura dos leões;

Viva, não lhe sabemos dar valor porque á sua sombra todas as dores se apagam, e, morta, tudo o que somos e tudo o que temos daríamos para vê-la de novo, e dela receber um aperto de seus braços, uma palavra de seus lábios.

Não exijam de mim que diga o nome dessa mulher, se não quiserem que ensope de lágrimas este álbum porque eu a vi passar no meu caminho.

Quando crescerem seus filhos leiam para eles esta página: eles lhe cobrirão de beijos a fronte; e dirão que um pobre viandante, em troca de suntuosa hospedagem recebida, aqui deixou para todos o retrato de sua própria mãe…

Mãos

Perfeito! Feliz Dia das Mães!

Fonte: Dom Ramon Angel Yara – bispo de La Serena, Chile- Tradução de Guilherme de Almeida