A VIDA… E SUAS PEDRAS!

Neste momento que o mundo inteiro se encontra em isolamento social por causa da pandemia… angústias e ansiedades despontam mais do que nunca, esta crônica de Mário Quintana traz uma boa reflexão… cutuca bem lá no fundo, mexe e remexe e traz uma luz sobre o que de mais importante temos na vida… a vida… agora.

Ter clareza na percepção sobre tudo o que nos cerca, saber parar… esperar… ouvir e enxergar pra onde queremos ir… com paciência, resignação e esperança faz toda a diferença. Sempre fez, mas muitas vezes não soubemos… a maturidade nos da isso.

“Depois de muitas quedas, eu descobri que, às vezes, quando tudo dá errado, acontecem coisas tão maravilhosas que jamais teriam acontecido se tudo tivesse dado certo.

Eu percebi que quando me amei de verdade pude compreender que, em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa.

Então pude relaxar… pude perceber que o sofrimento emocional é um sinal de que estou indo contra a minha verdade.

Parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.

Desisti de querer ter sempre razão e com isso errei muito menos vezes.

Desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro. Isso me mantém no presente, que é onde a vida acontece.

Descobri que na vida a gente tem mais é que se jogar, porque os tombos são inevitáveis.

Percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.

Também percebi que sem amor, sem carinho e sem verdadeiros amigos a vida é vazia e se torna amarga.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo…”

SOU O QUE QUERO SER…

“Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la doce dificuldades para fazê-la forte, tristeza para fazê-la humana e esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas, elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos.”
Sabia era Clarice Lispector… disse tudo.

SOMOS MULHERES… EMPODERADAS!!!

Eu sou assim… uma #mulher #empoderada!
Pulsante, #amorosa, #companheira, #paciente, positivista, #bem humorada, generosa, #feliz, aprendiz, #corajosa, #curiosa, #resiliente, rebelde… ufa!!! E muito mais rsrsrs
Gosto de quebrar padrões e #paradigmas… gosto de inventar e me #reinventar…. gosto #sonhar e #ousar realizar, e vou longe… se não der certo, reconstruo de outra maneira… gosto de compartilhar meus aprendizados e aprender… gosto de papear com amigos e conhecer pessoas novas de todas as idades, estou sempre aberta pra isto…. gosto de #transformar o mundo ao meu redor… com dose de humor e amor… e deixá-lo um #mundo 🌎 muito melhor.
Eu 🙋🏼‍♀️vivo de bem com a #vida💓🌸 🌹🌻💄💫🥰

Somos 🤩🤩🤩assim… mulheres empoderadas 🙋🏼‍♀️ eu e minhas irmãs 😍 Isa e 😍 Zai 💓💓💓
Feliz Dia das Mulheres 🌸🌺🌹💋

MUITO OBRIGADA: JÁ SOMOS + DE 1200 SEGUIDORES…💗💖 500 POSTS… 500.000 VISUALIZAÇÕES 🏆🥇

“Escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore”… coisas que esperamos fazer durante a vida. Este dito popular precisa de adaptações para o século XXI e repensar. Já plantei árvores, tive 2 filhos maravilhosos e em vez de livro, resolvi escrever um #blog. Missão cumprida? Será? Quem sabe experimentar um novo hobby… viajar para países exóticos, 👀tudo isso junto… mas, eu prefiro uma atividade que que me inquiete mais do que me acalme… quero continuar a escrever… escrever… postar… aprender muito sobre as redes sociais e ver o que vira á frente.

É com muita alegria que anuncio que o meu Blog o terceiro ato na WordPress atingiu mais um marco histórico. #oterceiroato

Atingimos hoje 500.000 #visualizações; com uma média 125.000 visualizações anuais. Com 13.500 visualizações só este ano, até agora.

Queria agradecer muito a todos os meus 1.200 #seguidores 🙏🏻🥂.

Este é o 500º #post do meu blog (que começou em 2015 na WordPress) até o presente momento, geralmente edito 2 posts novos em média por semana… e outros de repente conforme os acontecimentos vão surgindo. Com assuntos variados sobre atualidades na #longevidade, avosidade, experiências de vida, morar em Portugal, #viagens, #crônicas, #aprendizagens, #positivismo com um olhar de bem com a #vida,…

Meus posts mais visualizados são estes… caso você queira dar uma olhada 👀🤩🙏🏻:

1. Eu vou ser #avó… pela primeira vez… que #felicidade!!! (29/10/2015)

https://oterceiroato.com/2015/10/29/eu-vou-ser-avo-pela-primeira-vez-que-felicidade/

2. Meu #neto nasceu!!! Seja bem vindo João Pedro… Feliz demais!!! (01/11/2015)

https://oterceiroato.com/2015/11/01/meu-neto-nasceu-feliz-demais/

3. #Aposentei e agora? Bora para Portugal?

https://oterceiroato.com/2018/08/31/aposentei-e-agora-bora-portugal/

4. Conheça a teoria dos #setenios: de 7 em 7 anos a vida muda completamente.

https://oterceiroato.com/2019/04/27/conheca-a-teoria-dos-setenios-de-7-em-7-anos-a-sua-vida-muda-completamente/

Quero agradecer à todo mundo que perde um minutinho do seu dia por aqui. AMO receber os seus #comentários de carinho, confesso que isto me incentiva muitoooo. Assim como saber um pouco das vossas histórias… e contar um pouco das minhas.

Isto tudo é importantíssimo e valioso demais pra mim. A aceitação de vocês é o maior de todos os combustíveis que tenho, para a cada dia tentar fazer um trabalho ainda melhor!

Ter minhas #postagens #compartilhadas, para inspirar cada vez mais pessoas, é um grande e não tem preço.

Muito… muitooooo 🙏🏻😍Obrigada🙏🏻🥂

#oterceiroato #500post #1200seguidores #500.000visualizacoes #agradecer #escreverumblog #posts #envelhecerbem #moraremportugal #viagens #cronicas #setenios #debemcomavida

SAMBÓDROMO SP – CAMAROTE DA BRAHMA… VEM COMIGO!

Não tem ninguém que resista a energia da folia do carnaval! Eu também… Então se joga… que hoje é Carnaval! Venha… vamos juntos fazer da vida um grande Carnaval!

Fomos ontem (22/2) sábado pra Avenida… no Camarote da Brahma!!!! Assistir ao maravilhoso e animado Desfile das Escolas de Samba de São Paulo. Foi uma noite maravilhosa.

Que a alegria do Carnaval dure o ano inteiro! Vem comigo pra ver só o que rolou por lá…

Sábado (22/2): Desfile das Escolas de Samba em São Pauli/ Anhembi 🎭 foram és escolas:

1ª – 22h30 – Pérola Negra

2ª – 23h20 – Colorado do Brás

3ª – 0h30 – Gaviões da Fiel

4ª – 1h40 – Mocidade Alegre

5ª – 2h50 – Águia de Ouro

6ª – 4h00 – Vila Maria

7ª – 5h10 – Rosas de Ouro

Uma mais bonita e animada que a outra. Vai ser difícil escolher a melhor.

Quanto o item animação e contagiar o público, ganhou de longe a Gaviões da Fiel.

Lá no camarote da Brahma tem tudo super bem estruturado…

• Acesso ao receptivo: Cabeleireiros, Maquiadores e Customização de Camisetas do camarote… ônibus especiais levando e trazendo os foliões 👏🏻🙌🏻🎭;

• Vista privilegiada para assistir aos desfiles das escolas de samba nas áreas de deck… e vista privilegiada 🎭👀🤩;

• Arquibancada exclusiva com capacidade para 1.600 pessoas😍… e lá estávamos nós;

• Open bar com Chopp Brahma, whisky e vodka premium, refrigerantes e água… não podia ser melhor🎯🥂🍺🍻🍹🍸🥤🧃;

• Praça Gourmet com diversas opções de alimentação… de comida japonesa🥗🥙🧇🥞🍤🍱, fast food’s🍔🍟🌭, pizza 🍕 , comida saudável🥗🍎🍐🍇 e outras coisitas mais🌮🥟🍰🍫🍧;

• Atrações e entretenimento em – 2 Palcos, DJs, shows e performances… durante todo o período, principalmente nos intervalos das Escolas de Samba 🎭;

• Espaço Relax… muito útil por sinal 😉, Ambulatório e UTI móvel.

Gostaram?

#carnavalsp #zecapagodinho #camarotedabrahma #carnaval2020

#desfilesdasescolasdesambasp

DE INVISÍVEIS Á PROTAGONISTAS: OS ACIMA DE 50 ANOS!

“Jovens” com mais de 50 anos: de invisíveis a protagonistas…

A sociedade envelhece rapidamente — isso quer dizer que cada companhia vai ter uma parcela maior de profissionais e de clientes maduros. Sua empresa já percebeu isso?

MADUROS TAMBÉM:

O que é, o que é: está em toda parte, mas ainda é invisível; possui enorme poder de consumo, mas é ignorado pela publicidade; tem conhecimento, inteligência emocional, comprometimento e experiência, mas não é  valorizado no mercado de trabalho? Estou me referindo aos “jovens” com 50 anos ou mais — jovens porque muitos ainda vão viver até os 100 anos.

Apesar do recente estudo “Oldiversity” do Grupo Croma comprovar que as empresas genuinamente envolvidas com o tema longevidade obtêm relevante impacto positivo na preferência do cliente, as marcas ainda engatinham: a tese de Doutorado da professora de publicidade Christiane Machado, da Universidade Positivo, concluiu que os idosos aparecem em menos de 3% das propagandas e, em muitos desses casos, de maneira estereotipada. Outro trabalho, realizado pelo blog Beleza na Melhor Idade, que consultou mulheres com 60 anos ou mais, constatou que 60% delas não se sentem representadas pela mídia.

São exemplos que ilustram o enorme vácuo da Economia da Longevidade (expressão difundida pela ONG multinacional AARP, que luta pelo envelhecimento com qualidade de vida). Há carência de uma comunicação inclusiva que contemple desde um posicionamento institucional pertinente até a indispensável empatia para cativar esses consumidores. E, igualmente, faltam estratégias específicas que englobem uma atrativa jornada de compras e o oferecimento de produtos e serviços voltados às crescentes e peculiares demandas desse grupo.

Aqueles que já detectaram oportunidades vêm colecionando êxitos e multiplicando usuários, como as startups ISGame, Euvô e Gero360. Começam a surgir novidades, como marketplaces exclusivos, roteiros de viagens inclusivas, serviços de biografias que eternizam o legado e espaços arquitetônicos idealizados especificamente para este segmento. Mas a maioria dos empreendedores e grandes empresas ainda age como se ignorasse o potencial estimado da “Revolução prateada”.

Há iniciativas a respeito em grandes empresas de tecnologia da informação, como Alphabet, Amazon, Apple, Facebook e Microsoft; e também entre as startups apelidadas de “agetechs” (atuantes na interseção da longevidade com a tecnologia). De acordo com o investidor Dominic Endicott, da Nauta Capital, um dos principais especialistas na área, esse grupo trabalha em quatro frentes: 1) os serviços adquiridos diretamente pelo público maduro; 2) os pagos por terceiros, mas dirigidos aos mais velhos; 3) os negociados de forma intergeracional; e 4) os que buscam a extensão da vida com qualidade.

Os defensores do “Aging in Place”, por exemplo, acreditam que a expectativa de vida é maior quando o idoso continua em sua própria residência, em um ambiente familiar e com autonomia, em vez de ficar com os filhos ou numa instituição. Empresas em diferentes países estudam como digitalizar residências por meio de sensores, I.A. e uso de drones, para avaliar o risco de quedas acidentais de idosos, prevenir esses acidentes e, caso aconteçam, oferecer socorro rapidamente.

Ainda na linha da prevenção, a britânica Medicalchain começa a usar o blockchain num serviço para que o usuário tenha seu prontuário de saúde sempre atualizado. Já a PillPack envia para o usuário os remédios que precisa tomar, devidamente separados em saquinhos com o dia e a hora em que devem ser ingeridos, tudo de forma segura, on-line e automatizada.

O supermercado alemão Kaiser’s inaugurou o “Generation Market”, em Berlim, uma loja personalizada para atender às necessidades da população 60+. Nela, os corredores são mais amplos, existem botões de ajuda instalados nas gôndolas, trilhos antiderrapantes no chão, óculos que ampliam o preço dos produtos e até carrinhos com espaço para descanso.

A Pantene optou pelo caminho do empoderamento e criou a campanha #PowerofGrey, que incentiva homens e mulheres a celebrarem seus cabelos grisalhos naturais, rechaçando crenças e preconceitos. Um estudo encomendado pela empresa revelou que 80% dos britânicos têm cabelos grisalhos, mas dois em cada cinco deles pintam porque se sentem menos confiantes. As percepções diferem entre os sexos, com 35% dos entrevistados concordando que “a sociedade aceita mais homens grisalhos do que mulheres”.

Fonte: Mauro Wainstock (mauro@hub40mais.com.br) é CEO do HUB 40+, comunidade que oferece aos “jovens acima de 40 anos” capacitação para a empregabilidade e o empreendedorismo. Pra saber mais:

https://epocanegocios.globo.com/amp/Mercado/noticia/2019/09/jovens-com-mais-de-50-anos-de-invisiveis-protagonistas.html

COMO USO O MEU WISHPLANNER PARA ME ORGANIZAR.

Sei que cada um tem sua forma de #planejar e de se #organizar. Há 2 anos estou usando #planner (eu adoro).

Nesse post vou mostrar como eu organizo as minhas #atividadesdasemana/ mensal e anual no meu planner e quem sabe, essas dicas podem te ajudar também a montar o seu.

Depois de muito pesquisar encontrei um planner que tinha tudo o que eu queria. Escolhi a dedo usar o #wishplanner, pois adorei o #metodoagora, ele me dá clareza na estrutura e na direção do meu #planejamento. A capa minimalista é incrível.

O Método AGORA conta com:

1. Autoconhecimento/ 2. Garimpo/ 3. Organização/ 4. Realização/ 5. Agradecimento.

Está sendo #essencial pra mim que busco uma vida com mais #foco e autonomia por meio de uma organização para atingir o meu #propósitodevida. Adorando fazer meu planner.

Inicialmente fiz uma carta de intenção antecedendo os meus sonhos e desejos para o meu futuro. O que eu quero pra mim em 2020? Quero reler no final do ano pra ver como me sai!

Exercitei meu Autoconhecimento, que me ajudou a construir um mural de inspiração… atrelado na minha “carta de intenção”.

Fiz a roda da vida e vi como estava o meu equilíbrio em relação a diversos áreas: saúde/ espiritual/ hobbies/ relacionamentos/ propósito e legado/ intelectual/,finanças e carreira. Um retrato da minha vida no geral. Onde preciso melhorar logo visualizei e posso trabalhar para melhorar. Muito interessante. Devo repetir durante o ano a cada 4 meses.

Cheguei onde queria os meus desejos do ano que separei como na “roda da vida”. Assim tentei contemplar todas as áreas da minha vida. Foi muito bom fazer está parte.

Em seguida tinha que descobrir minhas prioridades do ano. Num quadro separado por: baixa ou alto esforço- cruzando com alto e baixo impacto. Está construção foi mais difícil, precisei de bastante atenção para encaixar no lugar certo.

Tudo isto feito fui para o PLANO DE AÇÃO. Escolhi 3 objetivos que pretendo alcançar durante o ano. Detalhei bastante: o que, frequência, preciso de, quanto tempo levaria para concluir… o mais completo possível. Assim me ajudaria a realizar os meus propósitos do ano.

Finalmente conclui a primeira etapa do meu planner com o PLANO ANUAL, feito mensalmente só com os destaques principais do ano. Sem detalhar muito aqui. Coloco todos os aniversários da família e amidos aqui, pra não esquecer. Interessante que ainda tem uma parte no final para colocar os livros para ler e lugares pra conhecer… bem legal.

Gosto de ter uma agenda, mas em branco, assim eu posso começar quando eu quiser. Eu coloco os dia e monto cada mês. Me dá mais autonomia de começar quando eu quiser. Comecei então em 24/12/2019.

Agora vamos começar a trabalhar? Como estou fazendo e minhas dicas pra você.

Planejando as minhas rotinas semanais.

A primeira coisa que faço é preencher no planner os #compromissos e as atividades importantes que são #rotineiras na semana, usando cores diferentes para cada tipo delas. Isto me me dá um certo destaque e visualizo melhor e mais rapidamente no geral. Minha distribuição no dia a dia é: Manhã/ Tarde/ Noite.

Faço as #atividades em forma de #listagens, e vou marcando o que fiz. Logo visualizo o que deu ou não deu certo e vejo se vou passar para a próxima semana. Então incluo aquelas tarefas diferenciadas na semana que pretendo fazer.

Deixe anotado também aqueles compromissos incertos, onde escrevo à lápis. Assim evito conflitos de agenda no futuro.

Não gosto de ficar com uma agenda cheia e estressante. Faço escolhas inteligentes e possíveis.

Defino 3 metas para a semana.

No final da página eu defino 3 “metas da semana” e marco com cores diferentes a frequência semanal de como me portei nas #mudançasdehábitos que quero ter este ano. Para que a meta seja eficiente, é importante que elas sejam #objetivosclaros e #mensuráveis.

Eu específico assim: 1)Beber 2 litros de água por dia, 2) Ir3 vezes por semana à academia/ caminhar e 3)Participar 2 vezes por semana de

Movimentos da Terceira Idade, curso com Novas Aprendizagens.

Todos eles se relacionam com o #meupropósito, ou seja, trazem melhoria da minha saúde física e mental, que é um dos meus objetivos deste ano.

Depois de defini-las é a hora de encaixá-los em minha rotina semanal. Para isso, quebro os meus objetivos em atividades menores e bem definidas… e coloco no “planejamento da rotina semanal”, ou seja, do dia a dia.

Isto funciona como um #estímulo para me dar mais #motivação e força de vontade pra chegar lá!

Ao registrá-las no planner percebo que me comprometo com elas, fico mais motivada em cumpri-las. Tem me ajudado muito. E a cada semana que supero, minha confiança aumenta e posso definir futuramente outras metas cada vez mais desafiadoras.

Uma dica para que fique ainda mais fácil de concluir a meta, faça como eu, é colar um post it num lugar que passo com frequência e isto me ajuda a lembrar delas e fazer.

Abaixo incluo meus #agradecimentos desta semana, isto é muito importante para se ter uma visão geral das coisas boas que vivi durante a semana. Sou muito positivista e acredito que traz boas energias pra nós mesmas.

Revejo minhas atividades incompletas, e…

Após a semana terminar, revejo todas as atividades se marquei como concluídas (eu uso um traço).

Da lista de atividades que não finalizei, separo quais delas são importantes ou urgentes e inclua na lista de atividades para a próxima semana. Nesse caso, reveja se elas são realmente #importantes. Analiso se vale a pena adiar ou concluir esta atividade e sua importância assim: me faço as seguintes perguntas:

• Será prejudicial pra mim se eu não fizer isso (ou alguém)?

• Quais os benefícios que vou obter ao finalizar esta atividade?

• Existe uma outra maneira mais simples e fácil de alcançar o mesmo objetivo?

• Dependo de algo ou alguém para finalizar a atividade? 

• Quais alternativas que tenho para depender menos dessa pessoa (aqui tudo: inclua família, tempo, amigos etc) e ter mais autonomia ou flexibilidade para terminar a atividade?

Mantenho minhas anotações por perto.

Para não perder minhas anotações e o planejamento da minha vista é importante que eu deixe o planner num local que passo maior parte do seu tempo, escolhi na sala de TV. Mantenho sempre aberto na página da semana atual consulto-o várias vezes ao longo do dia. Apesar de simples, esse simples detalhe faz toda a diferença na minha rotina. Sigo com disciplina.

Anotações, destaques e prazos importantes.

Procure uma forma de destacar no #wishplanner, todas as anotações de eventos, prazos ou lembretes importantes. Faça marcações com canetas coloridas, marca textos, adesivos, colagens, adesivos, carimbos, etc. assim certifico-me que as anotações mais importantes ficarão bem visíveis,evitando que elas se percam no meio da sua lista de atividades. Me ajuda muito pra lembrar.

Estou transformando o meu planejamento pessoal, do Wishplanner em uma jornada incrível! 

Alguns exemplos de atividades e anotações para você escrever no seu planner:

1. Viagens, consultas medicas, voluntariado, participação de movimentos e encontros, compromissos em geral;

2. Cursos, provas e aulas fora do horário normal;

3. Relatórios, processos ou trabalhos para serem entregues no dia x: Blog/ Instagram/Facebook posts novos/responder comentários/ enviar e-mail;

4. Aniversários, datas comemorativas, apresentações de filhos/amigos;

5. Coisas que não pode esquecer: presentes, telefonema, banco, correio etc;

6. Afazeres para aquele dia: limpar casa, Farmacia, mercado, organizar armários;

7. Pequenas listas, como lembretes;

8. Filmes ou livros: divido paginas para ler durante a semana o que é bem interessante.

9. Coisas alegres e positivas ou anotações como “comecei a tomar vitaminas”, “iniciei academia”. 

10. Gastos do dia… estou aprendendo ainda rsrsrs.

Eu geralmente anoto tudo de manhã no planejamento semanal. Estou mais descansada e posso visualizar melhor como foi o dia anterior.

Espero que tenha gostado das minhas dicas. Não esquece de me seguir O TERCEIRO ATO – meu BLOG – oterceiroato.com.

No Instagram do terceiro ato é:

@oterceiroato ou

https://instagram.com/oterceiroato?igshid=9xqvni2k7ew9

No Facebook é “O terceiro ato” mesmo… ou @oterceiroato

https://m.facebook.com/profile.php?id=940378169355306&ref=content_filter

Espero que tenha gostado e tenha te ajudado. Beijos

Para saber mais:

https://www.wishplanner.com.br/blog/metodo_agora/

FAMÍLIA É…

Família é tudo de bom na nossa vida… cheia de imperfeições e contradições, sempre nos trazem grandes reflexões e aprendizagens. Dão alegrias e tristezas… estão sempre em movimento e tem muita ação. Cresce…. cresce… parece que não para de crescer nunca. Vida e morte se conversam.. Risos e choros se confrontam… E seguem misturando amor, ódio… amor, amor….e mais amor. Eu gosto muito deste trecho do livro… (#FranciscoAzevedo) “O Arroz de Palma”, que fala sobre #família… “Família é prato difícil de preparar.

São muitos ingredientes.

Reunir todos é um problema…

Não é para qualquer um.

Os truques, os segredos, o imprevisível.

Às vezes, dá até vontade de desistir…

Família é prato que emociona.

E a gente chora mesmo.

De alegria, de raiva ou de tristeza.

O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita.

Bobagem!

Tudo ilusão!

Família é afinidade, é à Moda da Casa.

E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.

Há famílias doces.

Outras, meio amargas.

Outras apimentadíssimas.

Há também as que não têm gosto de nada, seria assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha.

Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo.

Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.

Enfim, receita de família não se copia, se inventa.

A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia.

Muita coisa se perde na lembrança.

Aproveite ao máximo.

Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete!

Família:

Feliz quem tem e sabe curtir, aproveitar e valorizar…”

Família é projeto de Deus!

Então…

Amem-se,

Perdoem -se,

Aceitem-se,

Tolerem-se

e vivam como se hoje fosse o último dia que vocês vão estar com a sua família.

Gostou?

A LONGEVIDADE E A MUDANÇA CRUCIAL DE CONSUMO.

Eu como #sexagenária tenho visto muita coisa boa pra nossa nova geração. Tenho participado de muitos movimentos que acontecem em São Paulo, onde promovem uma convivência interessante e aprendemos muitas coisas novas e compartilhamos experiências. Estou me atualizando principalmente nas questões das inovações tecnologias. Quem quer vai ter uma agenda cheia… Vou falar um pouco sobre algumas delas, da qual tenho participado de muitos de seus eventos e adianto que são super interessantes e enriquecedores.

Assim como a infância foi inventada no século XVIII e a adolescência no pós-guerra, me parece que agora estamos pela primeira vez transformando a forma de #envelhecer. A #longevidade e as perspectivas de futuro para o que se intitula como “new old generation” foi um dos temas mais discutidos em todos os eventos de inovação e comportamento deste ano de 2019.

Os números são claros: até 2030 a população do planeta com mais de 60 anos será de aproximadamente 650 milhões de pessoas segundo dados da #Euromonitor. Pela primeira vez na história da humanidade, a pirâmide etária vai ganhar uma nova configuração, onde pessoas com mais idade passarão a ser a maioria, impactando diretamente os drivers de consumo.

Nos últimos anos começaram a surgir diversos conteúdos – seja por áudio, vídeo ou texto – sobre esses novos conceitos de #envelhecimento, para fazer com que entendamos as perspectivas e campos de inovação a fim de criarmos um mundo melhor e mais apto para #envelhecer.

Daí surgem iniciativas como a de aplicativos de relacionamento focados neste público, tecnologias adaptáveis à limitação visual e sonora ou a indústria dos cosméticos que vem decretando o fim do “#anti-aging” para a era do “beauty ageless”.

Sabemos que a expectativa de vida em 2016 aumentou subindo para 75,8 anos. Uma #novageração está sendo (re) inventada, já não são como os velhos de antigamente.

Além de buscar aumento em sua rede de convivência, se relacionarem mais, querem também continuar ativos no mercado. Eles continuam consumindo de forma cada vez mais ativa ¼ dos brasileiros com mais de #60anos já estão conectados, segundo dados do IBGE. Na Black Friday de 2018 os consumidores com mais de cinquenta e cinco anos compraram 1,4 vezes mais celulares que a faixa entre 18 e 54 anos juntas. Este ano aumentou.

Muitas coisas interessantes estão acontecendo e provocam que quer e precisa sair do sofá. Um #novovelho está aparecendo.

A #MaturiJobs é uma plataforma pioneira no Brasil, que reúne oportunidades de trabalho, desenvolvimento pessoal, capacitação profissional, empreendedorismo e networking, com o objetivo de conectar pessoas maduras e experientes em busca de atividade e ocupação entre si e com empresas. https://www.maturijobs.com/

O grupo de #Trabalho60mais, reúne diferentes competências e experiências para elaboração e execução de projetos com métodos colaborativos que fortaleçam a união, gerando prosperidade, acolhendo, desenvolvendo e apoiando o protagonismo sênior (promovem eventos em São Paulo). O grupo se reúne semanalmente no Núcleo Integrado de Saberes, na rua Capitão Cavalcanti, na Vila Mariana e outros locais da cidade.

Tem como propósito a prática da empatia e colaboração, proporcionando a inserção produtiva do sênior no mercado, por meio da auto-suficiência financeira, da qualidade física, mental e emocional. https://m.facebook.com/notes/trabalho-60/trabalho-60/2022688341388628/

O #Lab60 é um movimento para redefinir a #Longevidade. Querem ressignificar a forma como encaremos a #Longevidade hoje, despertar um olhar propositivo, colaborativo e positivo para o desafios que encontramos quando falamos da presença dos seniores na sociedade. Acreditam que a Longevidade é um ativo e temos muitas oportunidades para criar juntos:


Mudar os paradigmas de como as pessoas lidam com a longevidade em todos os momentos da vida.
Ressignificar a participação dos seniores na sociedade contemporânea. Conectar pessoas e organizações para potencializar resultados do trabalho intergeracional. https://www.lab60.me/

Surgiu as #avósdarazão, onde tiveram a ideia de fazer um programa em forma de bate papo, abordando esses temas”. O canal, que já está no YouTube há mais de um ano conta com mais de sete mil subscribers, nasceu assim, sem querer ser levado muito a sério, de forma despretensiosa, leve e bem-humorada.

Da esquerda para a direita: Helena, 91, Sônia, 81 e Gilda, 77 do canal Avós da Razão.

A Sônia diz que “o objetivo do programa é dar voz ao velho, fazer com que ele se aceite e seja aceito pelas pessoas, que ele tenha bom humor e que encare a velhice não como um peso, mas como uma libertação”. Gilda ainda acrescenta que “um dos objetivos é tirar as pessoas da zona de conforto, a gente quer que as pessoas queiram coisas, olhem pra frente com otimismo. Eu tenho amigas que com o passar dos anos seguiram os conselhos dos filhos e pararam de dirigir, aí começam a ficar dependentes dos outros e nós não achamos isso correto”. A Helena me fez uma colocação muito importante: “velho hoje é politicamente incorreto, o velho não escuta direito, você fala uma coisa e responde outra, é essa ideia que queremos acabar com o #Avós da Razão, velho não é bobo” e termina com bom humor “agora, quem é burro é burro a vida inteira”.

Sobre qual é o ponto positivo de envelhecer e a Sônia me fala que “você fica muito mais liberada para fazer o que quer, até para dizer o que quer, a sua vida fica muito mais descompromissada, se você tiver bom humor, logicamente”. Segundo a Gilda “o ponto positivo de envelhecer é envelhecer, porque a outra opção não dá né?! E a gente quer tá vivo”. Vale a pena conhecê-las. https://youtu.be/XGKrMc1yPe8

Temos outras pessoas despontando como “#influenciadoresdigitais” na #maturidade. Começaram de uma maneira informal, se expressarem de forma única e despojada e estão fazendo sucesso ja. São elas: #DomingoAçucarado – #it_avo – #patidamauad – #romacielestilo – #oterceiroato.

Sobre produtos e serviços…

O conceito de #ageism (não são a reprodução de um padrão social de beleza e estética vividos até agora) combate esse tipo de ideia. É claro que existem uma série de inovações voltadas ao público maduro com o objetivo de incluí-los cada vez mais na sociedade contemporânea tecnológica, mas existe uma linha tênue do que é inclusão e do que é opressão.

A indústria da “moda” vem buscando muitas alternativas para falar com esse público, como a inserção de roupas para quem tem artrite ou algum tipo de limitação motora, por exemplo. A “#startupPapa” conecta jovens a idosos que precisam de pessoas para ajudar em algumas tarefas domésticas, preparar refeições, acompanhá-los ao banco. Já “#Room2Care” criou uma rede de casas de cuidadores particulares.

O #envelhecimento da população e o aumento da expectativa de vida mudará toda a cadeia de consumo. Existirão “novas formas de habitação – mais coletivas e compartilhadas” -, outras maneiras de se “relacionar” – mais leve e sem tabus -, diferentes formas de existir – com condições sexuais diferentes –, onde o crivo de consumo passa a ser maior em prol do principal item de sua faixa etária: o tempo. Novos tempos… novos velhos…

Quer saber mais leia https://www.updateordie.com/2019/12/02/a-longevidade-e-a-mudanca-crucial-na-cadeia-de-consumo/