10 BENEFÍCIOS INESTIMÁVEIS QUE VIAJAR PROMOVE PARA A SAÚDE E A VIDA.

viagem beneficios. 3

“Viajar é a melhor forma de se perder e de se encontrar ao mesmo tempo”. Benna Smith

Viajar promove benefícios que vão muito além do entretenimento, pois entrar em contato com o novo promove mudanças físicas e mentais. Abaixo, conheça 10 benefícios de uma viagem para a saúde e não entenda porque não deve economizar nesse auto investimento.

1- Mudança de rotina

Nós vivemos baseados em um mundo de rotinas para que as coisas aconteçam e tenham ordem. Nós temos horários que devemos cumprir, entretanto, com o tempo, essa repetição pode se tornar estressante e nos impedir de enxergar novas possibilidade. Viajar é quebrar esse ciclo de repetição e para que percebamos que podemos fazer coisas de maneira diferente.

2- Você fica menos preconceituoso (a).

Viajar permite conhecer coisas novas e ter contato com mundos e pessoas diferentes. Ao conhecê-los, em vez de temê-los e evitá-los, você perceberá que eles só têm a somar. Preconceito é fruto de ignorância e medo.

3- Maior criatividade.

Novas experiências aumentam o nosso leque de referências mentais. É tudo sobre se meter em situações novas e transformá-las em experiências surpreendentes. Isso definitivamente te deixa mais criativo. Quando você estiver em lugar diferente, posturas diferentes serão tomadas por você – mesmo que não queira.

4- Você pode redefinir a relação que você tem consigo mesmo e até com os outros.

Todo mundo precisa de um tempo sozinho, e viagens podem promover isso. A distância e algum tempo sem as companhias habituais permitem que valorizemos mais quem gostamos e tenhamos momentos mais construtivos com elas, quando as oportunidades permitem.

5- Maior confiança e autoestima.

Viajar e aprender são verbos que andam juntos. Nós temos que experienciar coisas novas, perguntar, resolver, escolher…

Se a “ocasião faz o monge”, mesmo os mais tímidos precisam aprender a se virar em locais diferentes.

Esse jogo de cintura exigido pela viajam deixa a pessoa mais confiante para enfrentar outras situações no futuro.

viagem beneficios. 2

6- Aumento da habilidade social.

Não há nada como se mudar ou viajar para fazer você perceber que, onde quer que você esteja, você desenvolverá laços afetivos e passará a se preocupar com pessoas diferentes, e, a parte boa: elas também se preocuparão com você. Em um lugar estranho tudo o que você fizer envolverá o contato com uma pessoa estranha.

7- Maior adaptação a mudanças.

Mergulhar fora de sua zona de conforto também faz você perceber que, independentemente da idade, é um novato na vida. Essa falta de controle nos torna mais maleáveis e adaptados.

8- Aumento da capacidade cognitiva.

Vocês sabiam que motoristas da táxi possuem a região do cérebro relacionada a localização espacial mais desenvolvida? Pois é, isso acontece porque eles são obrigados a aprender e memorizar caminhos o tempo todo. O mesmo pode acontecer com todas as funções que você estimular. Os exercícios de neurótica, por exemplo, consistem basicamente em fazer as mesmas coisas de maneira diferente. Fazer isso viajando pode ser uma opção melhor ainda.

viagem beneficios.1

9- Colocar o corpo em movimento.

Corpo saudável é compor que se movimenta. Pessoas que viajam costumam ser menos propensas ao sedentarismo e as sequelas disso.

10- Novas histórias.

O ser humano é feito de histórias. São as histórias de nossas vidas que dizem quem somos. Logo, criar histórias é dar mais vida a nossa vida, mais sonho aos nossos sonhos, mais esperanças aos nossos dias.

Depois desses 10 itens a pergunta que fica é, quando será sua próxima viagem? Eu já estou planejando a minha.

Fonte: Por Josie Conti do site CONTI outra.

Anúncios

MINHA EXPERIÊNCIA COM JOÃO DE DEUS – TERCEIRA VEZ.

“Para quem acredita, nenhum palavra é necessária. Para quem não acredita, nenhuma palavra é possível”. Dom Inácio de Loyola.  

Pelo menos uma vez por ano eu retorno à Abadiânia, em Goiás, na Casa de Dom Inácio de Loyola (surgiu desde 1976), onde fica o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, ou John of God, para os estrangeiros. Eu e cerca de 5.000 visitantes (semana) munidos de fé esperança visitam Abadiânia.

Geralmente peço por alguma coisa que esteja necessitando naquele momento ou por alguém, também agradeço por tudo que tenho recebido, usando roupas brancas… vou lá em busca de energia, amor e paz. Sempre fico maravilhada com as histórias que me contam, muitas delas relatados pelas próprias pessoas… e sobre as coisas que acontecem por lá. Algumas me arrepiam e me impressionam, como as curas milagrosas e inexplicáveis que vejo e sei que acontecem lá. Médicos e outros profissionais da saúde muitas vezes acompanham e estudam os fenômenos de Abadiânia tentando explicar o inexplicável, verificando a vericidade assim tentam entender tudo…

Já presenciei algumas Intervenções Espíritas, ou seja, as “Operações Espirituais Físicas –  com cortes” que João de Deus realiza no salão principal da Casa e na presença de todos… e podem acreditar, são maravilhosas… Ele incorpora mais de trinta entidades, pode? Ele me transmitem leveza, amor, alegria e gratidão por poder estar ali presenciando tudo aquilo pessoalmente, sinto-me então abençoada. João de Deus quando incorporados pelas entidades que lá estão trabalhando para nos ajudar, tem tanta bondade no seu olhar e uma pureza delicada emanada do seu coração que passa energia e nos deixa em paz conosco mesmo… e com a energia renovada.

Pra mim ele é um homem que fortalece a fé e a esperança daqueles que estão em tratamento médico, muitos deles com casos difíceis e terminais.A Casa Dom Inácio de Loyola, é o maior Hospital de Cura Espiritual do Mundo! “Não precisamos ver para crer”, diz ele... “o importante é ter fé, a intervenção Espiritual, não precisa ser física”.

Faz este mesmo tipo de intervenção também, mas sem cortes nas salas ao lado quando recomendadas pelo próprio médium incorporado, ou voluntárias caso você sinta vontade de fazê-la. Existem vários tratamentos na casa: Remédio passiflora com a sua energia (receitada pelo médium), água fluidificada, cama de crista, sopa entre outros.Aliás o que me impressiona também é que lá tem muito mais estrangeiros  do que brasileiros. Vem de muito longe (vindos de países como Índia, Austrália, Alemanha e Estados Unidos) a maioria! Também é interessante saber que tudo é falado em inglês e francês.

Enquanto esperamos em silêncio para estar perto de João de Deus, e pedir o que precisamos… no salão principal, os voluntários que lhe ajudam nos orientando e conversando calmamente sobre os tratamentos e como funciona a Casa… e vão orando. Enquanto isso no interior da casa os trabalhos vão acontecendo. Curioso é que lá é um lugar ecumênico, todas as religiões estão lá presentes. O espiritismo é conversado numa forma de união e respeito aos demais, rezando as orações que todos nós conhecemos de usamos “Pai Nosso” e “Ave Maria”, cantando “Mãezinhas do Céu”.

Famosos e pessoas comuns se misturam aos necessitados, que são a maioria aos que vão lá pra agradecer. “Para mim, não existe distinção entre pobre e rico. Atendo todo mundo igual”, afirma João de Deus.

Surpreendente é que podemos fazer uma intervenção espiritual, se assim for permitido pela entidade, para algum descendente/ ascendentes direto da família (pai/ mãe/ filhos/ neto), que não pôde vir e esteja necessitando naquele momento. Desta vez foi o que fiz, é maravilhoso saber que podemos ajudar quem amamos e protegemos, uma benção.

Acredito que fé é uma só… está dentro de cada um, ela nos impulsiona a seguir em frente e nos basta! Cada um com sua religião… com seu Deus, mas todas que tem fé que são direcionadas para algo maior, isto é o que realmente importa! Ter Fé! Sempre venho com o grupo de uma Guia da Casa a “Eliana Pigatto”, uma pessoa bondosa e iluminada que nos acompanha e orienta o tempo todo enquanto estivermos chegando e saindo de Abadiânia. Cuida de todos do grupo, super recomendo o trabalho dela, mensalmente está na Casa!

Isto é muito importante pra compreender melhor muitas coisas que vemos e ouvimos lá, e principalmente para fazermos o tratamento corretamente. Ela nos orienta todas as noites,após o jantar sobre o que aconteceu e irá acontecer naqueles 3 dias que esteremos em Abadiânia. Suas orientações são muito esclarecedoras e fazem toda a diferença.

Geralmente “o grupo” se ajuda e se conforta naquele momento que estamos vivenciando… dividimos juntos as dores e as alegrias, torcendo pra que tudo dê certo para cada um. Meu grupo desta vez era grande… como também cheio de energia e foi ótimo estar com todos eles.

Saio daqui hoje renovada e fortalecida. Em breve estarei retornando.

Guia Eliana Pigatto +55 (19) 99607-1082 – e-mail: elianapigatto@gmail.com

BOAS SURPRESAS QUE SOMENTE O ENVELHECIMENTO PODE NOS TRAZER.

exercise-class

“Viver é envelhecer, nada mais.’ Simone de Beauvoir 

O que este artigo de Maria da Luz Miranda, do blog Depois dos 50, de O Globo, nos mostra são as vantagens, os benefícios do avançar da idade. Sim, como tudo na vida, a velhice tem seu lado deplorável, mas tem o outro também. Estudo citado por Maria da Luz revela, por exemplo, que nossa capacidade de acumular conhecimento e de resolver problemas é refinada ao longo do tempo.

Ora é a flacidez da pele, ora é a memória que falha, ora é a lista de médicos e doenças que só cresce, ora as perdas que são tamanhas. O rol de problemas que enfrentamos ao virar a chave dos 60 anos é tão extenso quanto a população mundial nessa faixa etária. São mais de 800 milhões no mundo, esse mesmo, obcecado pela juventude. Há gente demais, satisfação de menos. Mas, acredite, envelhecer pode ter muitos lados bons.

A ciência tem se esforçado em demonstrar que as perdas são fato, mas há lá suas compensações. Prova disso é o número de pessoas que ultrapassaram a barreira dos 100 anos: já são mais de 320 mil espalhadas pelo planeta.

Quem foca nos apsectos positivos, as pesquisas científicas reforçam, pode colher em satisfação os frutos que o tempo amadurece. Veja abaixo alguns exemplos de que a juventude pode ir embora, mas ela não é, necessariamente, a única força que nos move.

Felicidade mais frequente do que aos 30 ou aos 50

Estudos recentes revelam que a felicidade típica dos 15 aos 25 anos pode voltar décadas depois. Mais especificamente depois dos 65 anos. Ou seja, na chamada idade madura, que compreende também o período dos 30 aos 50 anos, os tempos são mais difíceis do que mais adiante. É o que atestam pesquisas de duas universidades, pelo menos, a Universidade de Chicago, nos EUA, e a Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália. A explicação está em que pessoas idosas são capazes de explorar melhor seus instintos sociais e emocionais acumulados com a experiência. Alguns cientistas chegaram a afirmar que esperamos ser mais felizes no início dos anos 80 do que nos anos 20.

Mente mais esperta

Inteligência e esperteza são atributos que podem, sim, melhorar com o tempo. Um estudo da Universidade de Illinois, nos EUA, comparou o desempenho de controladores de tráfego aéreo mais velhos com os mais jovens e constatou que a turma mais antiga foi melhor em trabalhos mentalmente difíceis e foi capaz de superar quaisquer fraquezas. Valeu a experiência, ponturam os pesquisadores. Os estereótipos negativos associados ao cérebro e à memória de quem envelhece não são, necessariamente, mais do que meros estereótipos. A pesquisa americana vai de encontro ao que outro estudo, desta vez na Universidade de Tubingen, na Alemanha, põe em xeque: a ciência compreende mal a maneira como o cérebro envelhece, e o número de neurônios nem sempre é um indicador de bom funcionamente cerebral. Para reforçar a tese, uma das pesquisas mais abrangentes já realizadas no mundo, o Estudo Longitudinal de Seattle, que avalia e acompanha as habilidades mentais de 6 mil pessoas desde 1956, comparando os dados a cada sete anos, demostra que apesar das dificuldades recorrentes, nossa capacidade de acumular conhecimento e de resolver problemas é refinada ao longo do tempo. Clique aqui para ler mais.

COMO GANHAR MASSA MUSCULAR DEPOIS DOS 50 ANOS?

massa-muscular-depois-dos-50-viva_50-580x435
“É melhor prevenir do que remediar.” 
Passei a vida toda enrolando nesta questão… não dá pra adiar mais! Fui….
Todas nós mulheres 50+++ sabemos que com a idade começamos a perder massa muscular. Ficamos um pouco mais preguiçosas também, não é mesmo? Tenho recebido muitos comentários querendo saber mais sobre o que fazer para ganhar massa muscular após os 50.
A tarefa não é nada fácil, pois é uma combinação de exercícios com alimentos certos nas horas certas. E sem muitas interrupções porque é difícil de ganhar e facílimo de perder… Mas o resultado é bem legal, cada vez mais temos visto mulheres 50+ super em forma e o mais importante: com saúde! Pois, com boa musculatura e exercitando-se, teremos uma vida mais independente quando formos mais velhas, não dependeremos de ninguém nas nossas tarefas diárias, em casa, supermercados, caminhadas, passeios e ainda reduz risco de quedas na velhice.
É vida longa com saúde!
Vamos começar com os exercícios.
Se você nunca levantou peso, é melhor começar a considerar esta opção. Comece procurando uma academia fácil de você ir para não dar preguiça e com um ambiente legal. Peça orientação de um profissional para orientá-la a pegar o peso adequado e a fazer os exercícios certos para você, cuidando para fortalecer os principais grupos musculares para nosso bem estar e não para ficarmos com corpo de fisioculturista.
 Comece devagar, com pouco peso, pelo menos 2 vezes por semana. Não espere resultado muito rápido. A qualidade do seu treino é muito importante, concentre-se em seus exercícios, sinta que está trabalhando seus músculos. Ioga, Pilates, Tai Chi e natação também são ótimos exercícios para ganharmos massa muscular.
levantar-peso
Agora vamos falar de nutrição: Proteína
Ela é super importante para uma vida saudável. Comer proteínas na quantidade certa e na hora certa é essencial para o ganho de massa muscular. Procure distribuir durante o dia sua porção diária de proteínas.
A proteína pode ser encontrada numa grande variedade de alimentos. A proteína animal é encontrada em frutos do mar, laticínios, carnes, aves e ovos. A proteína vegetariana pode ser encontrada em legumes, soja, legumes e grãos. Procure as proteínas menos calóricas, como por exemplo cortes de carne magra, frutos do mar, aves sem pele. Leite desnatado,iogurte desnatado e queijos com baixo teor de gordura também são ótimas opções.
Comer um alimento ou uma bebida rica em proteína cerca de 20 minutos antes do seu treino e logo após, vai ajudar a construir sua massa muscular e lhe dar mais força. A mesma coisa se for fazer algum exercício aeróbico, comer uma proteína (de baixa caloria para não engordar) 20 minutos antes e logo após. Mas lembre-se de que a quantidade não precisa ser demasiada, um copo de leite, um iogurte, uma maçã, uma banana… É melhor comermos poucas porções ao longo do dia do que muito de uma vez só.
A Whey Protein está sendo muito usada também. O produto é a proteína do soro do leite extraída durante o processo de transformação do leite em queijo.
Maior valor biológico (VB 100)
Para se ter uma ideia, o valor biológico do frango está em 79, do peixe 83, carne vermelha 80, ovos de 88 a 100 e laticínios (como o leite e queijo) chegam a 80. Esses alimentos são outras fontes de proteínas indicas para consumo.
E não se esqueça de beber água, porque você também precisa ter certeza de se hidratar adequadamente! Por isso, o chá também é um grande aliado da nossa luta para ganhar massa muscular. Um novo estudo mostrou que o chá melhora a forca muscular. Compostos saudáveis do chá, chamados “polifenóis”, são benéficos para nossa saúde. E nos hidratam!
Bom, meninas, eu estou bebendo chá todos os dias, fazendo yoga vigorosa pelo menos 2 a 3 vezes por semana, indo pra academia 2 vezes por semana, andando muito para manter a forma (pelo menos 10.000 passos no meu pedômetro é a minha média diária), comendo uma abundância de iogurte e procurando receitas variadas com proteínas, verduras, legumes e grãos. Tudo isso para ajudar a manter os músculos e ossos fortes, e meu corpo em forma.
E o mais importante: vida saudável e independente quando a idade chegar!
Fonte: Viva 50

12 LEIS DA GRATIDÃO QUE VÃO MUDAR SUA VIDA..

gratidao-2

“Nas nossas vidas diárias, devemos ver que não é a felicidade que nos faz agradecidos, mas a gratidão é que nos faz felizes.” Albert Clarke

Começando um novo ano é uma boa hora para refletirmos sobre tudo na nossa vida e ter gratidão. A gratidão pode literalmente transformar o que você tem em mais do que suficiente! Reconhecer as coisas boas que já temos na vida, isso é essencial. Acredito que o que você apreciar e dar graças, vai crescer mais forte em sua vida e dentro de você. Então aqui vai uma boa reciclagem, para não nos esquecermos de agradecer:

  1. Quanto mais você está em um estado de gratidão, mais vai atrair coisas pelas quais ser grato.
  2. Ser feliz nem sempre vai te fazer grato, mas ser grato sempre vai te fazer feliz.
  3. Gratidão fomenta o verdadeiro perdão, que é quando você pode sinceramente dizer: “Obrigado por essa experiência.”
  4. Você nunca precisa mais do que tem em um dado momento.
  5. A gratidão inclui tudo.
  6. O que você tem para ser grato no presente, muda a cada dia.
  7. A mente grata nunca toma coisas como garantidas.
  8. Enquanto você expressa sua gratidão, não deve esquecer que a maior valorização não é simplesmente proferir palavras, mas vivê-las diariamente.
  9. Gratidão inclui retribuição.
  10. A maior homenagem às pessoas e circunstâncias que você perdeu não é tristeza, mas a gratidão.
  11. Para ser verdadeiramente grato, você deve estar realmente presente.
  12. Abandonar o controle multiplica o potencial de gratidão.

sou-um-punhado-de-excessos

Ouça o Silêncio. Ouça a voz Interior.

http://resilienciahumana.tumblr.com/post/142873270131/gratid%C3%B5es-1-quanto-mais-voc%C3%AA-est%C3%A1-em-um-estado

CONFIRA SETE DICAS PARA EVITAR O AVC.

quebra-cabeca

“A maior riqueza é a saúde”. Ralph Waldo Emerson

Sempe é bom cuidar da saúde… a medida que vamos envelhecemos é uma prioridade! Estas são as dicas valiosas publicadas pelo Estadão para evitar essa doença cada vez mais comum, principalmente em pessoas com mais de 50 anos. Leia:

A prevenção é a chave para se evitar a maioria das doenças. Entre elas está o AVC, acidente vascular celebral ou derrame, que acontece quando os vasos saguínios celebrais se rompem ou entopem.

Dados do Ministério da Saúde mostram que 62 mil pessoas abaixo dos 45 anos morreram no Brasil entre 2000 e 2010 em decorrência de episódios de AVC – entre as principais causas estão a hipertensão, a obesidade e o sedentarismo.

Por isso, manter-se saudável já é meio caminho andado na hora de prevenir o AVC. Veja 7 dicas de como fazer isso no dia a dia:

medir-pressao-1

  1. Fumar:  Fumar duplica os riscos de um AVC, porque aumenta as chances de arterioscleorse e da formação de coágulos sanguíneos, ambos fatores que podem levar a um acidente vascular cerebral.
  2. Evite o estresse: Pode parecer impossível conseguir não se estressar levando uma vida corrida e cheia de afazeres, mas ter tranquilidade e evitar o nervosismo ajuda na saúde como um todo e, especialmente, na prevenção de problemas cardiovasculares.
  3. Meça sempre a sua pressão: A pressão alta força os vasos sanguíneos em geral, entre eles as artérias. Fique de olho e, em caso de picos de pressão constantes, procure a orientação de um médico.
  4. Pegue leve na bebida:  Quando em exagero, o álcool pode aumentar a pressão sanguínea, expondo o paciente a uma maior chance de sofrer um AVC.
  5. Pratique atividade física: Fazer exercício regularmente é algo positivo para a saúde como um todo, e previne o AVC porque ajuda a manter a pressão sanguinea equilibrada, além de ajudar na manutenção de níve is saudáveis de colesterol.
  6. Controle familiar; Se alguém na sua família já teve um AVC, é importante que você informe isso ao seu médico. Ele vai ajudá-lo a fazer um controle cuidadoso de sua saúde, diminuindo ao máximo os ris cos de que você também venha a sofrer um episódio parecido.
  7. Coma certo: Fique de olho na alimentação, e evite comidas gordurosas, frituras, muito sal ou açúcar. Uma dieta balanceada é a chave para se evitar dezenas de problemas de saúde.

bigstock_Senior_healthy_fitness_couple__

http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,confira-sete-dicas-para-evitar-o-avc,10000087523

 

15 COISAS SOBRE LONGEVIDADE QUE VOCÊ DEVE SABER…

bigstock_Senior_healthy_fitness_couple__

“Até o momento, não existe uma fórmula mágica para as pessoas chegarem aos 100 anos cheias de saúde e energia, porém, seguindo algumas regras simples é possível envelhecer com saúde e felicidade por muitos anos…”

Alimentação balanceada, exercícios regulares, álcool sob controle, cigarro à distância, muitas horas de sono. Se tudo isso já faz parte da sua rotina, parabéns: você cumpre alguns dos pré-requisitos para viver mais. Acontece que há muitos outros: bons hábitos e fatores externos que são fundamentais para se chegar a uma “melhor idade” digna do nome.

Conheça essas e outras lições nas próximas páginas. Afinal, o negócio não é só chegar a 100: é chegar bem.

1- Nunca, nunca se aposente.

Pesquisas que comparam trabalhadores e aposentados da mesma idade mostram: quem parou está pior. Claro, vai depender da sua rotina. Mas como sabemos que a poltrona é tentadora, fique esperto. Não precisa trabalhar muito, nem todo dia – ache um hobby, um curso, um a fazer regular. E, não, assistir TV não conta como hobby.

  1. Passar fio dental faz bem para o coração

O que uma coisa tem a ver com a outra? Acompanhe o raciocínio: se você não passar fio dental, vai acumular placa bacteriana, que vai causar gengivite, que vai provocar a liberação de substâncias conhecidas como químicos da inflamação, que são os vilões por trás de várias doenças cardíacas. Mas se isso não for argumento suficiente pra você… poxa, gengiva inflamada, dentes em falta e mau hálito não ajudam ninguém na terceira idade.

  1. Otimismo faz mal à saúde

Enxergar apenas o lado bom das coisas tem seu lado ruim. Pois é: pessoas otimistas tendem a subestimar riscos – um traço de personalidade que pode levar de ultrapassagens ousadas a longas ausências no médico. Além disso, otimismo além da conta deixa você frustrado demais com as dificuldades da vida. Ou seja: com um pé atrás, você vai mais longe.

  1. Socializar é a fonte da juventude

Quanto mais velhos, menos saímos de casa. Lute contra isso: a ciência garante que conviver com outros é o gatilho de benefícios físicos e mentais que prolongam a vida.

  1. Deus ajuda quem vai à igreja

Fato: quem comparece à missa, culto, centro espírita, sinagoga, terreiro etc. em geral vive mais. Dilema: religiosos vivem mais porque rezam ou rezam porque vivem mais? Os dados não permitem concluir se a saúde dos anciãos é beneficiada pela experiência ou se, na verdade, quem tem disposição para ritos religiosos são justamente os mais saudáveis. Moral da história: na dúvida, tenha fé em alguma coisa – nem que seja em Richard Dawkins.

Close-up of hands toasting wineglasses in front of lit fireplace

Close-up of hands toasting wineglasses in front of lit fireplace

  1. Beba. E não precisa ser tacinha de vinho

Quando o assunto é álcool e longevidade, só se fala em vinho tinto. Preconceito: vinho branco, cerveja, uísque e outros fermentados e destilados também podem fazer bem. Há um índice menor de doenças cardiovasculares relacionado ao consumo diário de até duas doses – e de apenas uma para mulheres, ponto para os homens! Mas a ALFA e o Ministério da Saúde advertem: beba com moderação. Passou de duas doses, já vira problema.

  1. Palavras cruzadas salvam vidas

Atividades que exercitam seu cérebro mantêm sua inteligência e prolongam sua lucidez. Opções não faltam: palavras cruzadas, xadrez, videogame, sudoku, qual-é-a-música. Detalhe: assim que estiver craque, troque de treino – seus neurônios só mantêm o frescor enfrentando novos desafios.

  1. Mulher: o negócio é imitar

Elas vão mais ao médico, comem melhor, fumam menos, envolvem-se em menos acidentes e, assim, vivem mais. Então, deixe de frescura: seja mais feminino.

  1. Não fique viúvo. Você não sabe se cuidar sozinho

Não bastasse haver cinco viúvas para cada viúvo no Brasil, elas ainda vivem muito mais depois de perder seus maridos do que nós após perdermos a esposa. A verdade é que, sozinhos, tendemos ao caos – o que aos 30 anos tem seu charme, mas em uma idade avançada é fatal. Então, não fique solteiro: sua saúde agradece.

  1. Pare de se incomodar com bobagem

Mágoa, rancor, ressentimento: se ao ler essa lista você já recorda de vários exemplos pessoais, calma. Não é por aí. Se cultivados, esses sentimentos descambam na produção de cortisol, um hormônio que ataca seu coração, metabolismo e sistema imunológico. Diversos estudos relacionam uma alta taxa de cortisol a uma morte precoce. Portanto, aprenda a perdoar, relevar, deixar pra lá. Como dizia o guru indiano Meher Baba: Don’t worry, be happy – pois é, também achava que vinha daquela música.

idosos na internet 5

  1. Não confie nos seus genes

“Meu avô viveu 90 anos, não preciso me preocupar.” Precisa. Uma nova pesquisa concluiu que apenas 25% da duração da nossa vida podem ser atribuídos à herança genética; os outros 75% dependem de você. Se quiser chegar aos 90 como o seu avô, descubra como ele fez para chegar lá.

  1. Não tenha amigos legais. Tenha amigos saudáveis

OK, eles não são excludentes. Mas o ponto é: da mesma maneira que, para ganhar dinheiro, é melhor se cercar de ricos, e para emagrecer convém conviver com magros, para se ter saúde a receita é arranjar uma turma saudável – você melhora sem querer querendo.

  1. Tenha filhos – ou algo parecido, como cachorros

Caso tenha se ofendido, por favor, volte ao item 10. Pronto. É o seguinte: possuir uma conexão com alguém mais jovem que você (filho, enteado, sobrinho, neto) é algo que te mantém interessado pelo mundo à sua volta – e mais a fim de continuar vivendo nele. E, sim, cachorro e gato também contam: além de manter você conectado, curtir um animal de estimação libera ocitocina, o hormônio benéfico liberado na convivência pais e filhos.

feliz-terceira-idade

  1. Seja bom no que você faz. Ao menos tente
    Quanto menos trabalho, melhor. Esse conselho, que parece vindo do personagem Macunaíma, de Mário de Andrade, foi durante muito tempo adotado pelos especialistas em longevidade. Acreditava-se que uma vida sem esforço seria uma vida longa. Mas os médicos observaram que parece haver uma relação entre longevidade e empenho profissional. Por incrível e justo que pareça, passar décadas se dedicando e evoluindo em algo que você valoriza, ou seja, ralando muito, pode lhe valer vários anos a mais. Ao menos, garantem os especialistas, em comparação com quem passar o mesmo bocado de tempo trabalhando no que não gosta – essa sim é uma receita garantida para viver menos e pior.
  2. Ser um pouco hipocondríaco vale a pena
    Você vai continuar sendo considerado chato pela maioria dos amigos, mas pesquisas apontam que quem desconfia mais da própria saúde vive mais. No caso, é melhor prevenir e se remediar.

Concluo que tudo o que for possível deve ser feito para minimizar as situações de estresse… desta forma, quando a sua genética não for favorável, resta apenas tentar manter os hábitos mais saudáveis, pois só assim terá chance de viver mais e melhor.

Fonte: Escrito por Emiliano Urbim, da Revista Alfa.

ENVELHECER SEM VERGONHA…

“Envelhecer ainda é a única maneira que se descobriu de viver muito tempo”. Charles Saint- Beuve

“Envelhecer Sem Vergonha” é uma campanha da Pfizer Brasil que visa promover a reflexão sobre o envelhecimento.
A campanha tem o objetivo de trabalhar, de maneira positiva e bem humorada, a vergonha e o medo de envelhecer. Visa estimular uma visão mais positiva e otimista sobre o tema, provocando uma mudança de atitude e incentivando o público de todas as idades a ter uma vida saudável, plena, feliz e sem qualquer tipo de vergonha. Reflexões importantes acontecem conosco… vejam este vídeo:

FONTE: http://www.envelhecersemvergonha.com.br/

CINCO FATORES QUE MELHORAM NA VIDA DA MULHER AO ENVELHECER.

A1 EU

“Se o tempo envelhecer o seu corpo mas não envelhecer a sua emoção, você será sempre feliz”. Augusto Cury

Estar de bem com a vida faz toda a diferença, em qualquer tempo. Mas parece que depois que entramos nos “enta” é mais fácil perceber isso. Acredito que é porque nos conhecemos melhor e passamos a dar importância ao que realmente vale a pena.

Para Verônica Mambrini, (iG SP) talvez o mais difícil seja superar a fase de negação do Envelher. Mas o processo de amadurecimento traz vantagens inegáveis para a mulher que se prepara para ele. Especialistas são unânimes em afirmar que, embora haja perdas, uma atitude positiva é capaz de levar a mulher a uma fase rica de experiências novas e qualidade de vida. O segredo é se preparar para essa fase.

meditando 3

Veja cinco pontos em que o amadurecimento pode favorecer a mulher:

  1. Solução para os desconfortos
    Ela pode lançar mão de recursos que minimizam ou eliminam a grande maioria dos sintomas da menopausa e pode, também, dar adeus às mazelas femininas típicas da fase anterior, como TPM, por exemplo. Para Pompei, novas terapias e tecnologias, como a reposição hormonal, não apenas melhoram a qualidade de vida, mas representam uma possibilidade real de controlar a maior parte dos desconfortos associados a essa fase da vida. “É possível diminuir ou eliminar esses sintomas da menopausa”, reforça. “Sabemos prevenir e tratar as doenças da velhice.” O resultado é uma geração de mais de 60 anos ativa, produtiva profissionalmente, com forte envolvimento em atividades sociais, culturais e familiares. “Na média, as que enfrentam melhor o envelhecimento também praticam mais atividades físicas e tomam cuidado para não ganhar peso em excesso”, afirma o ginecologista.
  2. Foco na própria vida
    Com a família criada e sem filhos demandando atenção constante, essa é a fase em que a mulher pode experimentar uma nova liberdade em relação ao tempo. “Ela foca seu desejo, prazeres e decisões nela mesma e não nos desejos e vontades de outros. A mulher passa a ter como centro o que realmente deseja para ela, e não o que os outros pensam”, afirma a antropóloga Miriam Goldenberg, que acaba de lançar o livro “Corpo, envelhecimento e felicidade”, em que discute sua tese de que a vida a partir dos 50 anos é a melhor fase da vida da mulher. . “Há uma linha de estudiosos que afirma que esse é o momento em que a mulher consegue realmente exercitar seu poder, pela sua sabedoria, experiência de vida e autorrealização.
  3. Corpo em paz
    As tensões da guerra que as mulheres travam com o próprio corpo se atenuam com os anos. A importância da batalha contra as primeiras rugas, o abdômen que parece acumular todas as sobremesas a mais ou os fios brancos é relativizada. “O corpo se torna muito mais um objeto de prazer, cuidado, bem estar e qualidade de vida do que um laboratório de experimentos em busca da juventude eterna, da magreza e da perfeição”, afirma Mirian.
  4. Hora de se divertir
    Nessa fase da vida, as relações sociais e a importância de ter tempo de boa qualidade emerge com força total. “Muitas mulheres redescobrem como brincar e se divertir mais, se levar menos a sério. Aprendem a dar mais risada e ter mais diversão na vida”, afirma Miriam, que lançou o movimento das “Coroas Poderosas”, com propostas libertadoras, sobretudo com relação ao corpo. “É uma fase em que, se tiver saúde e algum dinheiro, ela pode se divertir e brincar muito mais”, afirma a antropóloga. Amigos se tornam cada vez mais importantes. “Nessa idade, a pessoa dá muito mais valor aos amigos do que pessoas mais jovens. Ela tem mais tempo disponível para cultivar as amizades e são amizades maravilhosas. As pessoas se divertem, cada almoço e festa é um acontecimento”, afirma Célia. “Os aprendizados são muito valorizados também. A aluna dessa idade assimila conteúdos e consegue aplicar imediatamente, coisa que o jovem tem mais dificuldade de fazer”, acredita.
  5. Transcendência
    Nessa fase, é possível haver uma mudança de valores que foca muito mais em ganhos subjetivos. A experiência e vivência permitem que a mulher que exercita uma perspectiva otimista do amadurecimento colha os frutos da própria vida. “Aquelas que olham para detalhes como a celulite, a barriga flácida e o peito caído, sofrem com o processo de envelhecimento. Mas quem olha o todo e enxerga ganhos em termos de segurança, confiança e repertório se sente muito satisfeita com o envelhecimento”, afirma Mirian.  “Para muitas mulheres, é a melhor fase da vida”, conclui. Contudo, Célia alerta: nem todas vão conseguir fazer esse movimento de transcender limites e usufruir dessa nova etapa da vida. “Pessimistas não transcendem. Apenas quem está de bem com a vida e tem flexibilidade suficiente consegue tolerar situações difíceis ou desafios e extrair delas o melhor partido”, afirma.

A 1

Lembra também que, a partir da aposentadoria, a mulher pode se dedicar a atividades criativas sem necessidade de atender a demandas do mercado. “Na escala de valores da nossa sociedade, o maior valor é o trabalho e o dinheiro”, afirma. A mulher aposentada pode considerar essa parte da dívida social cumprida e aproveitar a oportunidade que se abre de realocar esses objetivos, valorizando atividades criativas, buscando fazer o que lhe dá prazer, mergulhando na busca do conhecimento ou oferecendo sua sabedoria para ajudar os outros – viver o que for valioso para ela.

Cinco fatores que melhoram na vida da mulher ao envelhecer

PROCURA-SE COMPANHIA… PARA SAIR DE VEZ EM QUANDO!

Filme Elsa_e_Fred_

“Viver é enfrentar desafios! Ousar é enfrentar: Esse é o caminho.”. Bia Perez.

Esta crônica de Déa Januzzi soa como um grito de liberdade de todas nós, mulheres modernas. Aprecio o seu espírito livre e revolucionário. Foi publicada originalmente pelo jornal Estado de Minas, com o título de “Correio Sentimental… Leiam:

Mulheres sem paciência para relacionamentos sérios e longos procuram uma companhia para sair de vez em quando, que goste de comida japonesa, incluindo os shashimis, que tome vinho e se embriague numa taça de cristal, dessas enormes, com profundidade suficiente para mergulhar os pensamentos. Ou que queira experimentar um suco verde da culinária viva de vez em quando, para desintoxicar os lugares mais secretos. Nem vegetariano radical nem carnívoro em excesso.

Close-up of hands toasting wineglasses in front of lit fireplace

Procura-se uma companhia que tome vinho e se embriague numa taça de cristal

Procura-se um homem que goste de acupuntura e de massagem. E não tenha preconceito contra a meditação com todos os nomes de Deus.

Um companheiro que continue a morar na própria casa e ela também na dela.

Procura-se um homem que goste de flores, mas também se esqueça de que elas existem por dias até que elas chamem a sua atenção porque precisam de seus cuidados para não murchar de vez.

idoso 7

Não precisa ser bem-sucedido financeiramente nem profissionalmente, mas que saiba rir e não precise ficar mostrando que está em forma, que clareou os dentes, que frequenta uma academia e que vai à podóloga.

Um companheiro normal, com seus defeitos para compartilhar com os dela. E os vícios também, porque ela tem muitos. E ele sempre se lembre que provedor hoje é o da internet.

Procura-se um homem que saiba expressar emoção, que declare sentimentos, faça poesia, ou seja, até um poeta suicida, desses que dão murros na parede até sangrar e sair uma rima perfeita.

danca idosos

Pode ser um artista sem palco, um músico sem instrumento, mas que saiba tocar a alma e não se esqueça nunca de que foi jovem um dia. Um companheiro que não fique o tempo todo vestido com a armadura enferrujada do herói ultrapassado.

Um companheiro que goste de música, de cinema e também de não fazer nada, de ficar em casa quando todo mundo vai para a rua. Alguém capaz de entender o significado da palavra simplicidade, que goste de andar descalço e de vento nos cabelos, mesmo que já embranquecidos, que não precise de plásticas no corpo nem no espírito, que saiba envelhecer e goste de cada nova etapa da vida.Collage of an elderly couple sharing good moments together on a

No meu correio sentimental só cabem homens que saibam ser pais afetivos e não apenas biológicos, que adotem os filhos mesmo que sejam deles mesmos.

Homens que voem mesmo que não tenham asas e que não precisem mostrar a força, mas enxerguem o tênue fio que pode se partir a qualquer momento, mas que deixe uma luz pelo caminho.

Gostaram?

http://www.50emais.com.br/cultura/procura-se-companhia-para-sair-de-vez-em-quando/