SAUDADES DOS VELHOS TEMPOS.

“Sinto saudade de tudo que marcou a minha vida. Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, eu sinto saudade. Sinto saudades de tantas coisas”.
De Clarice Lispector

Sinto saudades de tudo quando vejo nas fotos antigas… e me lembro das histórias que vivi… revivo e saboreio cada detalhe… o gosto no tempo delas… revivo com detalhes… com tanta doçura e intensidade que me emociono. Estão bem guardadas dentro do meu coração. Posso sentir sempre que quiser. Sinto saudades das doces lembranças do que vivi.

Hoje vivo mais devagar e com alegria porque eu já tive pressa. Quero aproveitar tudoooo ao seu tempo.

Agora neste tempo de #quarentena, #isolamento social mundial como maneira de evitar um maior contágio do covid-19, e medida de proteção aos mais velhos que são os mais vulneráveis a doença que está para do o mundo… é preciso ter calma, paciência e equilíbrio emocional. As lembranças são algo precioso pra aliviar as saudades e nos deixar mais felizes e com otimismo. Vai passar, hora de nos cuidarmos melhor agora. Fiquem bem 🏠🙋🏼‍♀️😘🙏🏻

PARA MULHERES MADURAS CONSELHOS DE UM MÉDICO.

Aconselhamento de um médico para mulheres em 2020… Achei muito interessante. Um médico decidiu compartilhar algumas palavras de aconselhamento para as mulheres via WhatsApp. O conselho é simples e direto. Compartilhe com todas as mulheres por aí para que elas possam ficar mais saudáveis e melhores em 2020. Agora com a #quarentena do #coronavírus, ficar em casa se tornou a nossa melhor e única opção, quanto menos stress, melhor será pra nós, principalmente neste período de confinamento. Portanto relaxe… e aproveite pra se autoconhecendo melhor. Seja sua melhor companhia.

  1. Neste tempo atual, onde estamos confinados em casa, afetados pelo coronavírus… a “higienização das mãos” tornam-se essenciais e uma norma para a nossa segurança e de seus familiares. Use Álcool gel na impossibilidade de usar água e sabão. Desinfete com água sanitária tudo que usar fora de casa. Se proteja bem.
  2. Só saia de casa só por devida necessidade, e faça sempre toda a higienização conforme as orientações. Higienize tudo… sapatos, roupas, celulares, chaves… que voltou com você para casa, e separe. Evite aglomerações. Mantenha uma distância de 2 m da outra pessoa. Respeite você e as outras pessoas.
  3. Você não pode terminar todas as tarefas da casa em um dia. Crie “rotinas leves” e bem distribuídas pelos dias da semana pro seu dia a dia ficar melhores. Aqueles que o fizeram muita coisa junta ao mesmo tempo, estão estressadamente doentes e alguns já estão enterrados. Tenha um tempo pequeno pra cada atividade, variando na semana e nos períodos…
  4. Por favor, crie um “tempo para descansar” e relaxar… não é pecado sentar, colocar as pernas em cima da mesa e pegar pipoca enquanto assiste TV. Não fique assistindo notícias o tempo todo, isto pode causar stress, escolha um horário só pra se atualizar do que está acontecendo. A ociosidade faz bem a todos. Relaxe!
  5. Por favor, durma bem pelo menos 7 horas ou o necessário, para que a dor de cabeça vá. Crie um ambiente gostoso e prazeroso pra relaxar. Crie ritual e tire de perto tudo que pode atrapalhar. Aqueles que se recusam a parar um pouco… a tirar férias, pra sair da sua rotina, ou a descansar com suas famílias algumas vezes por ano… sentirão falta deste tempo no futuro.. Permita-se parar um pouco.
  6. Pare de tomar sedativos para dormir, você está destruindo seu cérebro e órgãos. Em um ponto, você começará a esquecer as coisas. Relaxe o cérebro, se preocupe menos, pense menos, ria mais, sorria mais… aprenda a meditar, respirar calmamente e melhor. Tudo vai passar com o tempo.
  7. Às vezes, sente-se do lado de fora da casa, no jardim, no terraço… ou olhe na janela em silêncio por conta própria, não diga nada, apenas admire a obra de Deus, respire ar fresco com calma. Aprecie a beleza do céu e da natureza ao seu redor. Não se apresse.
  8. Mantenha seu sorriso no espelho para si mesmo… ria, dance e cante, que ativa a memória positiva ao seu redor para que você possa brilhar. Se ame, antes de depender do amor de outros.
  9. Compre um lanche ou dois, faça uma comida diferente e beba um bom suco de uva ou uma taça de vinho. Se cuidem melhor com uma alimentação saudável e saborosa.
  10. Obtenha os aparelhos domésticos e use as tecnologias necessários para facilitar o seu trabalho e a sua vida, a fim de evitar o estresse e o cansaço desnecessário. O estresse é o maior assassino silencioso de mulheres.
  11. Se você não está se sentindo bem, diga algo, faça algo a respeito, vá ao centro de saúde, hospital ou chame uma enfermeira próxima, não fique esperando o marido comprar remédios. Ele pode voltar tarde, sua vida importa. Mas só vá ao PS se realmente necessitar.
  12. Verifique ocasionalmente a sua pressão arterial e o nível de açúcar, se você está doente ou não. Faça um checkup regularmente com seu médico e siga as orientações com presteza e atenção conforme solicitado… todo cuidado é importante. Isto já salvou muitas mulheres no passado. Confie em mim nisso.
  13. Leia livros e revistas, assistam a filmes e série… TV a cabo Netflix estão aí pra nos ajudar. Use e abuse da internet, das Redes Sociais e das interações com WattsApp… Faça pipoca, tome um chá ou um café… A distração é muito importante.
  14. Abuse dos delivery’s compre comida, roupas, artigos de beleza, bijuterias, farmácias, gêneros de limpeza e alimentação. Elas vieram pra facilitar nossas vidas.
  15. Aprenda com a internet, tem muitos cursos gratuitos de diferentes assuntos dando a possibilidade de aprendermos sobre muita coisa interessante. Busque algo que você goste e mais a abra.

JÁ NÃO TENHO PACIÊNCIA PARA…


Assim como #JoséMicardTeixeira diz… eu me sinto leve hoje e daqui pra frente. #Sessentar traz destas coisas… simplesmente não quero mais perder meu precioso #tempo!com aquilo que não me traz alegrias ou aprendizados. Meu tempo é precioso demais pra certas besteiras e futilidades da vida. #Cansei daquilo. Já não tenho…

“Já não tenho #paciência para algumas coisas, não porque me tenha tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece #perdermaistempo com aquilo que me desagrada ou fere. Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem quer retirar-me o sorriso. Já não dedico um minuto que seja a quem mente ou quer manipular. Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos. Já não consigo tolerar eruditismo seletivo e altivez acadêmica. Não compactuo mais com bairrismo ou coscuvilhice. Não suporto #conflitos e comparações. Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de caráter rígido e inflexível. Na #amizade desagrada-me a falta de lealdade e a traição. Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar. Os exageros aborrecem-me e tenho dificuldade em aceitar quem não gosta de animais. E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência”.

Meu tempo é precioso demais pra gastar ele com coisas que não me acrescentam. Escolho simplesmente #viver é #serfeliz!
E você, escolheu o quê?

PARTIDAS E CHEGADAS…

Quando viu a mala vermelha, aquela que havia tanto brincado naqueles dias… chegando á porta de saída e a porta se abrindo, com o táxi me esperando, ouviu:

⁃ Vamos nos despedir da vovó, agora.

Tudo se confirmou. João parou, imóvel na porta se encolheu todo por dentro… paralisado, me olhou com os olhos mareados… brotaram lágrimas num choro silencioso, foi como um grito surdo… uma dor sem fim.

Viu e entendeu pela primeira vez que as pessoas vão embora, como assim?Sentiu-se fragilizado… impotente, assim como todos nós, chorou: pai, mãe e avó.

João não podia fazer nada, era uma mistura de sentimentos de partida… de saudades. Chorou inconsolavelmente por 40’… A saudades já mora em mim, faz tempo.

Não há palavras para certas coisas João, você tem razão.

Me fez pensar durante o caminho para o aeroporto, como a distância e a saudades podem ser mais cruéis para as crianças, pois ainda não tem a real dimensão da partida e da chegada… nem da distância ou da saudades.

Não era eu que gostaria de te ensinar ou te fazer perceber isto… não eu, meu João. Isto me quebra toda por dentro.

Quero que saiba que assim como cheguei, fiquei… brincamos e rimos muito… fui embora, sim… por um tempo mas, eu voltarei.

Nos falaremos agora pela internet muitas vezes. E ele sempre me repete: – Vem ó ó… com o sinalzinho do avião em suas mãozinhas. Sim, eu voltarei, em breve!

Todos os dias, quando o seu pai vai buscá-lo na escola… João quer fazer o mesmo caminho em que me encontrou no meio da calçada, com a mala vermelha. E repete… repete… repete… todas as semanas, na esperança de me reencontrar no meio do caminho de volta para casa, assim como eu cheguei um dia.

Nos encontraremos sim. Não hoje, nem agora… mas vamos em breve estar juntos novamente… na mesma calçada. Pode me esperar. Eu voltarei!

Da mesma maneira que te fiz perceber a “partida”… e a “saudades”… também quero te ensinar que “voltamos”… chegamos de volta ao “ponto de partida”. Vais ver!

Mais tarde, quem sabe um dia… quando você crescer mais… eu possa lhe mostrar também que quando não enxergarmos mais o caminho de volta para o ponto de partida… é porque tudo mudou. E muda… as coisas mudam com o tempo, algumas vezes… e nós mudamos também com a vida. Não tenha medo. Construímos pontes, damos outra volta, viramos a página… e vamos chegar no lugar que queremos… num novo lugar… no nosso lugar… e construímos novas histórias…

Tudo ficará bem, pois tudo passa… acredite eu sei do que estou falando. Acredite sempre em você, na sua família e no amor. Isto é o mais importante que temos na vida. Nossas raizes… nosso alicerce.

BENDITOS SEJAM…

nao-leve-a-vida-tao-a-serioTem pessoas que entram em nossas vida, de repente… quase sem pedir licença e de mansinho (ou não)  vão ficando… puxam a cadeira, puxam conversa… sentam pertinho e escutam… viajam conosco… as vezes só um pouquinho, outras vezes pela vida inteira… Estão lá, quando a vida decide nos fazer encontrar ou  no  reencontrar…  Benditos sejam todos eles…  Gostei muito deste texto, de Edna Frigato…

“Benditos sejam os que chegam em nossa vida em silêncio, com passos leves para não acordar nossas dores, não despertar nossos fantasmas, não ressuscitar nossos medos.

Benditos sejam os que se dirigem a nós com leveza, com gentileza, falando o idioma da paz pra não assustar nossa alma.

Benditos sejam os que tocam nosso coração com carinho, nos olham com respeito e nos aceitam inteiros com todos os erros e imperfeições.

Benditos sejam os que podendo ser qualquer coisa em nossa vida, escolhem ser doação.

Benditos sejam esses seres iluminados que nos chegam como anjo, como flor ou passarinho, que dão asas aos nossos sonhos e tendo a liberdade de ir escolhem ficar e ser ninho.

Bendito sejam estes nossos Amigos…

Benditos sejam todos eles!!

BENDITOS SEJAM!!!

SOMOS MULHERES… EMPODERADAS!!!

Eu sou assim… uma #mulher #empoderada!
Pulsante, #amorosa, #companheira, #paciente, positivista, #bem humorada, generosa, #feliz, aprendiz, #corajosa, #curiosa, #resiliente, rebelde… ufa!!! E muito mais rsrsrs
Gosto de quebrar padrões e #paradigmas… gosto de inventar e me #reinventar…. gosto #sonhar e #ousar realizar, e vou longe… se não der certo, reconstruo de outra maneira… gosto de compartilhar meus aprendizados e aprender… gosto de papear com amigos e conhecer pessoas novas de todas as idades, estou sempre aberta pra isto…. gosto de #transformar o mundo ao meu redor… com dose de humor e amor… e deixá-lo um #mundo 🌎 muito melhor.
Eu 🙋🏼‍♀️vivo de bem com a #vida💓🌸 🌹🌻💄💫🥰

Somos 🤩🤩🤩assim… mulheres empoderadas 🙋🏼‍♀️ eu e minhas irmãs 😍 Isa e 😍 Zai 💓💓💓
Feliz Dia das Mulheres 🌸🌺🌹💋

QUE MULHER EU SOU…

Como diz Martha Medeiros faço parte de uma nova geração de mulheres, sempre fortes e guerreiras… Gosto desta crônica dela:

Sempre que chega próximo ao “Dia Internacional da Mulher”, procuro fugir do discurso de vitimização que a data invoca. Não que estejamos com a vida ganha, mas creio que as mulheres já mostraram a que vieram e as dificuldades pelas quais passamos não são privilégios nossos: injustiça e violência são para todos.

Prefiro aproveitar a data, esse ano, para fazer um brinde à nossa importância não para a sociedade e a família, mas umas para outras. Assistindo ao delicado filme “Caramelo”, tive a sensação boa de confirmar que o tempo passa, os filhos crescem, os corações se partem, mas amigas ficam.

Como todos os filmes que abordam a amizade e a solidão intrínseca de toda mulher, Caramelho nos consola valorizando o que temos de melhor: a nossa paixão, a nossa bravura e o bom humor permanente, mesmo diante de tristezas profundas.

Precisamos de mulheres à nossa volta. Amigas, filhas, avós, netas, irmãs, cunhadas, tias, primas. Somos mais chatas do que os homens, porém, entre uma chatice e outra, somos extremamente solidárias e companheiras de farras e roubadas. Competitivas?! Talvez, mas isso não corrompe em nada a nossa predispoisção para o afeto, o nosso abraço na hora da dor.

Aprendemos a compartilha nossas virtudes e pecados e temos uma capacidade infinita para o perdão. Somos meigas e enérgicas ao mesmo tempo, o que perturba e fascina os que nos rodeiam.

Brigamos muito, é verdade: temos unhas compridas não por acaso.

Em compensação, nascemos com o dom de detecção do sagrado nas pequenas coisas, e é por isso que uma amizade iniciada na escola pode completar bodas de ouro e uma empatia inesperadapode estimular confidências nunca feitas. Amamos os homens, mas casadas, mesmo, somos umas com as outras.