QUER ENVELHECER BEM? EVITE ESTES SETE ERROS.

o-SEM-MAQUIAGEM-570

“Envelhecer ainda é a única maneira que se descobriu de viver muito tempo”. Charles Saint-Beuve

Achei interessante compartilhar este Post da Huffington, Sempre gosto de ler sobre como envelhecer bem, o que fazer e o que evitar…sempre é bom saber, não é mesmo? Este é um deles rsrsrs. Leiam:

Quando o assunto é a vida após os 50 anos, não há escapatória: há os que estão envelhecendo e os que estão envelhecendo bem. Estamos falando daqueles sortudos que, como um vinho, parecem melhores a cada ano que passa, enquanto outros vão aprendendo por tentativa e erro.

Coragem, alunos da escola da vida. Essas pessoas não estão envelhecendo melhor, mas sim de um modo mais inteligente. O segredo não está necessariamente no que elas estão fazendo: está no que deixam de fazer. Com a expectativa de vida aumentando em todo o mundo, essa é a época ideal para cuidar da nossa aparência e nosso bem-estar. Listamos algumas das coisas que essas admiráveis pessoas maduras estão evitando. Confira a lista:

1. Usar muita maquiagem. À medida que o tempo passa, você pode se sentir tentada a abusar da maquiagem para parecer mais jovial. Porém, não há nada de bonito em uma base carregada ou em cílios pesados de rímel.

A maquiagem deve realçar sua beleza natural, não escondê-la. Mireille Guiliano, autora de “Os Segredos das Mulheres Francesas”, ressalta a importância de uma maquiagem leve e natural. “Pare de tentar se vestir como sua filha ou com suas roupas de antigamente… Pegue leve na maquiagem. À medida que envelhecemos, o excesso de maquiagem nos deixa com aparência pior. Pense três vezes antes de chamar atenção para suas rugas”, recomenda a autora à Parade Magazine.

o-SALT-570

2. Não consuma tanto sal!  A pressão alta é um dos muitos problemas que podem surgir com a idade. Na verdade, cerca de dois terços dos americanos acima de 60 anos sofrem desse mal, de acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos EUA. Uma dieta rica em sódio é um gatilho. Como um envelhecimento saudável não depende apenas de fatores externos, devemos cuidar bem do nosso interior também. A hipertensão pode levar a graves consequências como ataques cardíacos, derrames e queda do funcionamento cognitivo. Portanto, não coloque sal demais nas suas refeições e passe longe de qualquer coisa com mais de 20% da dose diária recomendada de sódio.

o-NEGATIVITY-570

3. Negatividade. “Mantenho distância de pessoas, coisas e lugares negativos”.Me mantenho positiva e grata pelo que tenho”, contou a centenária Daisy McFadden à revista Forbes. Se o testemunho de Daisy parece pouco, saiba que inúmeros estudos já provaram que pessoas positivas tem menor tendência a sofrer perdas neurológicas e suas vidas são mais felizes. O Huffington Post publicou um artigo sobre uma pesquisa de 2011, que revelou que idosos felizes têm um risco de morte 35% menor do que os infelizes. Pessoas otimistas também sofrem risco menor de desenvolver problemas coronários, de acordo com uma pesquisa de Harvard. Portanto, alegre-se! Um rosto tranquilo ganha menos rugas.

o-MENOS-TELEVISO-570

4. Assistir muita TV. Passar tempo demais no sofá é um mau hábito em qualquer idade, mas isso fica mais sério quando você envelhece. Você não só desperdiça um tempo precioso como também pode abreviar sua vida. Um estudo australiano revelou que cada hora passada diante da TV após os 25 anos reduz a expectativa de vida do indivíduo em 22 minutos. Como se isso não bastasse, assistir TV deixa você vulnerável a outros perigos do envelhecimento, como sedentarismo e isolamento social.

200434248-001

5. Muita exposição ao sol. Em algum grau, não há como evitar as rugas e linhas de expressão que chegam com a idade. Porém, se você toma muito sol sem proteção, isso pode estar prejudicando seriamente sua pele. Estudos mostram que o uso de protetor solar pode evitar rugas, manchas e perda de firmeza e elasticidade. Como já sabemos, prevenir é o melhor remédio. Portanto, é melhor usar protetor solar hoje do que correr atrás de cremes anti-idade no futuro.

o-CHEGA-DE-STRESS-570

6. Stress. A vida sempre vai trazer stress, seja por causa da sua família, do trabalho ou das finanças. É algo inevitável e pode vir acompanhado de problemas como insônia, depressão e doenças cardíacas. Alguns estudos sugerem que o stress pode deixar sua aparência 10 anos mais velhas. Contudo, as pessoas que estão envelhecendo bem aprenderam a gerenciar seu stress. Seja através de meditação, exercícios ou apenas alguns minutos diários longe da tecnologia e da sua mesa de trabalho, aprender a domar seu stress é algo muito positivo para o seu interior e exterior.

o-SEM-EXAGEROS-570

7. Cometer exageros. É claro que você aproveitar a vida e enfiar o pé na jaca de vez em quando, mas ter moderação é fundamental para um envelhecimento saudável. Não importa se o seu vício é o álcool, alimentos gordurosos, doces ou refrigerantes: o consumo exagerado deles pode ter consequências ruins. Níveis aumentados de insulina e leptina (hormônios que controlam o açúcar no sangue e a armazenagem de gordura) são responsáveis por doenças graves como diabetes, obesidade e colesterol alto. Uma dieta rica em gorduras e açúcares e uma vida sedentária podem causar estragos. Uma dieta desequilibrada também aumenta a quantidade de radicais livres no seu corpo, o que pode danificar seu DNA e acelerar seu envelhecimento.

Concordo com tudo isso e você?

Anúncios

APRENDA A NADAR AOS 70 ANOS. É POSSÍVEL E COMPENSADOR.

“… Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou… ” Veronica Shoffstall

Até hoje tenho muito medo de água, mergulhar então é impossível rsrsrs… Não saber nadar é uma das minhas frustrações! Sei que sempre é tempo de aprender… e podemos superar nossos medos.

Natação é um dos esportes mais completos e não ter impacto (portanto não afetam as articulações) o que é importante nesta idade, o que é sem dúvida excelente e muito indicado. É um esporte que pode ser apreendido em qualquer idade. Nadar traz muitos benefícios. Preciso superar este meu medo! Sim eu tenho vontade de aprender a nadar. Quem sabe 2018 será o ano de mudar isso rsrsrs. Leia este artigo de Débora Miranda, do Uol, bastante animador:

Não tem impacto: é um esporte que não afeta as articulações, promove o relaxamento dos músculos e ajuda a aliviar a tensão muscular.

Proporciona equilíbrio muscular: a natação é uma das modalidades mais completas. … Melhora a postura: aumenta a flexibilidade da coluna e remove a dor.

Medo de água, falta de coordenação motora, dificuldade para respirar. Nada disso foi impedimento para que as aposentadas Ilza Marlene Kuae Fukuda, 70 anos, e Yone Maria Domingues, 77 anos, decidissem aprender a nadar. Apesar de não se conhecerem, as histórias de vida de ambas são semelhantes, e a determinação também.

“Comecei a nadar há pouco tempo, acho que há uns três anos. Eu me aposentei, meus filhos já estavam independentes e casados. Aí meu marido faleceu, e eu fiquei muito perdida na vida. Muito perdida mesmo. Não sabia por onde recomeçar e como continuar a viver sem ele”, conta Ilza, que, decidiu, então, procurar uma atividade física.

img_3295

“Quando você é jovem, nunca acha que vai envelhecer. Eu tive que começar a pensar na minha qualidade de vida. E a atividade física, além de trazer esse ganho, ajuda muito na saúde mental. É muito bom fazer novos amigos”, diz ela, que hoje vai à academia todos os dias e se reveza entre natação, hidroginástica, musculação, pilates e aulas de alongamento.

Yone comemora sua evolução com o professor Rafael de Miranda”. Yone conta que também decidiu praticar exercícios depois da morte do marido. “Quando o perdi, fiquei meio desorientada e fui morar com a minha irmã. Foi meu cunhado que me incentivou muito a fazer uma atividade física. Comecei com a hidro, mas levei um tombo na piscina e isso me assustou. Decidi, então, que precisava aprender a nadar. E não estou nem um pouco arrependida. Tenho um professor ótimo, que entende as minhas limitações”, destaca.img_2979

Yone brinca que seu treino é em “slow motion” (velocidade lenta), mas garante que a prática está ajudando seu corpo, sua saúde e sua mente. “Quando a gente atinge essa idade, acha que tem todos os reflexos em dia, mas evidentemente que não. E eu só tive essa consciência quando parti para a natação. Estou muito feliz de ter começado uma atividade aos 76 anos. É uma nova fase da minha vida. Claro que, às vezes, bate aquela tristeza, penso que meu marido não está vendo nada disso. Mas tenho minha conversa diária com ele e, se tem que chorar, eu choro. E choro muito. Mas estou levando. Não deixo deprê nenhuma me dominar. Estou vivendo.”

Clique aqui para ler mais.

 

CAMINHO DE SANTIAGO PRA QUEM TEM MAIS DE 50 ANOS!

“Nossa ligação foi traçada à nascença, mas nós escolhemos prolongá-la pela vida.” Feliz Dia do Irmão!

Hoje para homenagear meus irmãos no “Dia dos Irmãos”, vou compartilhar com vocês um desejo conjunto… Começou com minha irmã caçula, contaminou os outros  dois e encontrou um pouco de resistência minha rsrsrsr… Deste desejo de fazermos juntos o Caminho de Santiago de Compostela, que surgiu assim de repente e com a vida nos colocando a prova constantemente comecei a me questionar… pensei então em aceitar e começar a me preparar para tal…

“Foi um dos únicos momentos da minha vida que conheci o que deve ser “felicidade plena”. 

Já contei isso aqui outro dia que tenho 3 irmãos que há algum tempo comentam que desejam fazer o Caminho de Santiago, mas só com nós 4 (coisa de irmãos)… isto me inclui é claro.  Um desafio com 4 irmãos, pode? Confesso que adoro desafios e bem lá no fundo também desejava fazer este caminho… Sempre sonho em conhecer lugares incríveis…  e em fazer essa caminhada peregrina, tinha curiosidade e também fazia parte disso. Penso que deve ser uma experiência única e muito especial… algo marcante para dentro nós mesmos… um autoconhecimento profundo. Quando?… algum dia, pensava? Deixava pra lá… Nunca determinei… até fugia, mas agora…

O problema é que eu sempre fui meia (inteira rsrsr) sedentária fisicamente e na minha idade (coisa que não sinto)… pensava, isso não vai rolar! Eles vieram, propuseram, mexeram daqui me cutucaram dali… com isso minha vontade anda acendendo… aquela chama apagadinha… é, realmente confesso, tem mexido comigo!

Vamos amadurecendo, vão acontecendo tantas coisas em nossa vida… questões mil e de repente você para e pensa… nos intriga e faz refletir sobre a vida como ela é… Qual o meu propósito nesta vida? O que ainda temos que aprender? Onde preciso melhorar? O que fazer então? Xiiii não dá pra fugir mais. Chegou o momento! Muitas acontecimentos me fizeram repensar e reconsiderar este desejo sim.

Fazer esta rota de peregrinação (que existe há doze séculos) chegando via Espanha ou Portugal (a mais curta), até a cidade de Santiago de Compostela, está começando a ser planejada por mim (o preparo físico é urgente agora). Mais do que uma viagem será um projeto de vida. Nossas vida!

Começo a me preparar para este grande desafio. Afinal como irmã mais velha da turma não posso fazer feio não acham? E não pode demorar muito né? Daqui a dois anos acredito que esta bom. Com minha demora alguns irmãos já melhor preparados, devem fazer antes esta peregrinação… com sua famílias, mas quem sabe ainda iremos juntos algum dia. Nada impedi isso!

Vamos lá, ando pesquisando sobre o assunto e me animei com o que Daniel Agrela nos conta a história e dicas de Elker, um simpático senhor de 65 anos que já percorreu o caminho por cinco vezes neste artigo. Dá um bom começo pra animar muita gente… é sempre bom conhecer experiências de pessoas desta idade… Incentiva. Leiam:

Lembro com detalhes o meu primeiro dia no Caminho de Santiago. Com 25 anos recém completados, cheguei à pequena cidade de Saint Jean Pied Port, no sul da França, tarde da noite. Naquele momento, bares e restaurantes estavam fechando e minha preocupação era encontrar um albergue para passar a noite. Estava muito ansioso para iniciar o trajeto no dia seguinte.

Fui à oficina de peregrinos e lá recebi todas as recomendações necessárias, incluindo um mapa topográfico de cerca de 30 etapas até Santiago de Compostela. Peguei os materiais e fui em direção ao albergue. Lembro que no quarto havia cerca de oito pessoas, todas interagindo umas com as outras. O clima era de animação.

Logo percebi que era o mais jovem do grupo. Recostei na cama e passei a ver o mapa referente ao primeiro dia de caminhada. Fiquei em pânico. Como não tinha me preparado muito bem para a viagem, não sabia ao certo todos os detalhes, tanto de quilometragem quanto de altitude. Foi então que me dei conta que na manhã seguinte teria de percorrer cerca de 26 quilômetros partindo de uma altitude de 200 metros (nível do mar) para 1.400 metros (nível do mar).  Minha aparência calma tinha desaparecido. Percebendo isso, um viajante alemão veio até mim e matou a charada.  – Assustado com o percurso. – Assustado é pouco. Desesperado! Acho que não vou conseguir, disse.

– Pois não fique. Olhe para mim (nesse momento ele apontou para seu rosto e mãos, marcados pelo tempo). Meu nome é Elker, tenho 65 anos e esta é a minha quinta vez no Caminho de Santiago.

Fiquei incrédulo. Para mim, até então, esse trajeto só poderia ser feito por jovens devido à sua dificuldade. Afinal, são 800 quilômetros a serem percorridos a pé. – E por que recorre ao Caminho tantas vezes, perguntei. – Desde que me aposentei, tracei como meta de vida percorrer o Caminho de Santiago todos os anos. Até agora tenho mantido essa minha promessa, e, você não vai acreditar, mas com o passar dos anos parece que o trajeto se torna mais fácil para mim. – E os anos não pesam? – Minha primeira vez aqui foi difícil. Mas logo percebi que não é o físico que te leva a Santiago e sim o espiritual, o que você tem em mente, explicou.

Conversamos por algum tempo mais e, mentalmente, fui anotando todas as dicas daquele peregrino que, em tom professoral, me ensinava como encarar o Caminho de Santiago. Na manhã seguinte, perdi a hora e fui o último a deixar o albergue. Chovia e o frio castigava. Com as dicas do simpático Elker assimiladas, tomei coragem e parti rumo ao meu caminho. E não é que ele estava certo? Veja aqui as dicas dele:

1 – Não encare o Caminho de Santiago como uma corrida. Se sentir que seu corpo não vai aguentar, pare, descanse e recomece no dia seguinte;

2 – Ser jovem pode ajudar, mas não é essencial para fazer esta viagem. Às vezes, um bom motivo para caminhar vale mais do que alguns anos a menos;

3 – Caminhe sempre  com um cajado para auxiliar na subida, para dar impulso, e na descida, para proteger os joelhos;  4 – Use um chapéu para se proteger do sol;

5 – Consulte sempre os mapas das etapas, mas não se prenda a eles. Aprecie a paisagem que está a sua volta e caminhe para dentro de si;

6 – Beba bastante água, mesmo que não esteja com sede;

7 – Se puder, leve consigo sempre algo simples para comer. Nem todos os lugares do Caminho oferecem infraestrutura de bares e restaurantes;

8 – Leve fotos da família. Elas são importantes para os momentos de saudade;

9 – Não sobrecarregue as costas com uma mochila excessivamente pesada. Escolha itens essenciais para acompanhá-lo no trajeto;

10 – Quando os pés estiverem cansados, não se dê por vencido. Caminhe com o coração.

Daniel-AgrelaDaniel Agrela, da primeira vez em que percorreu o Caminho

Gostaram? Se animaram?

Alguém aí tem mais dicas? Me contem… Beijos.

*Daniel Agrela é jornalista e autor do livro: “O Guia do Viajante do Caminho de Santiago, uma vida em 30 dias”.

 

O QUE É ENVELHECER PARA VOCÊ?

“Quando se passa dos sessenta, são poucas as coisas que nos parecem absurdas.” Alberto Camus. 

Este texto me chamou a atenção, ele ficou em quinto lugar em um concurso organizado por um site com o tema “O que é envelhecer para você?”. No caso desse que você vai ler agora, o que chama a atenção é que a autora deste texto, Ada Pedreira Silva, de Salvador – Bahia, tem apenas 34 anos de vida. Sensacional isso!

Para ela, “começamos a envelhecer quando percebemos que o tempo não espera, que os anos passam depressa e os dias passam como passavam as horas quando éramos crianças!”… Ah! se eu tivesse esta visão dimensionada sobre envelhecer na idade dela, na idade dela, teria aproveitado melhor algumas poucas coisas… rsrsrs. Não que não tenha feito muitas coisas, pelo contrário, sou da turma dos que não querem chegar no momento final e dizer “se eu tivesse mais tempo…”.

O meu tempo é hoje aqui e agora. Desperdiçar isso seria luxo ou idiotice minha! Temos que viver plenamente, mas com responsabilidade… estar sempre em paz, de espírito leve… e de bem conosco mesmo … com a vida mesmo. Mas, teria visto mais amanheceres (já que sou dorminhoca) e apreciado mais entardeceres… com lindo pôr de sol em montanhas, nas alturas… Leiam:

Sou fisioterapeuta e uma vez estava no trabalho atendendo um adolescente e fiz uma pergunta rotineira acerca de traumas anteriores, indagando se ele já havia fraturado alguma parte do corpo ou feito algum tipo de cirurgia. O adolescente me respondeu que sim, mas tinha “muuuuuuuito tempo! Uns oito meses, doutora…”

A partir daquela resposta, percebi que aos 25 anos já estava envelhecendo! Isto, pois o tempo não passava para mim como passava para aquela criança-adolescente, para mim oito meses era um tempo recente, assim como um ou dois anos passados. E, a partir daí, modifiquei a pergunta na consulta para: “Tem muito ou pouco tempo que já realizou cirurgias ou teve alguma fratura?”

Com as respostas que obtive, percebi que a forma de sentir o tempo é um marco referencial, pois quanto mais idade a pessoa tem mais longo é o tempo chamado presente e vice-versa! Assim, envelhecer é um estado natural de qualquer ser, mas para nós seres humanos, seres racionais e emocionais, o processo fisiológico de envelhecimento só é percebido quando nos damos conta do tempo!

Começamos a envelhecer quando percebemos que o tempo não espera, que os anos passam depressa e os dias passam como passavam as horas quando éramos crianças!

Começamos a envelhecer quando, pelos dias passarem tão depressa, não conseguimos fazer tudo o que queremos no mês, no ano, muitas vezes numa década ou por toda a vida…

Começamos a envelhecer quando percebemos que existe um tempo para trás, e que nele ficam coisas, e pessoas, importantes e que não vêm com a gente para o tempo presente e futuro.

Começamos a envelhecer quando percebemos que o tempo passou tão depressa que não sentimos as estações mudarem, as crianças crescerem, os amigos amadurecerem e até irem embora…

Começamos a envelhecer na primeira perda de um ente querido e ao sentirmos saudades do que nunca vivemos. Crianças e jovens não têm sentimento de perda, de saudosismo, de frustração. São plenas. E a certeza do envelhecimento acontece quando o tempo do pensamento se torna diferente do tempo dos comandos do corpo. Queremos caminhar mais pelas ruas ou numa viagem, dançar mais rápido ou por mais tempo, mas o corpo não permite… Envelhecemos então.

Hoje, quase dez anos depois de minha constatação, luto para prolongar o começar a envelhecer: me movimento mais, me alimento melhor, respiro melhor e, principalmente, não perco o meu valioso TEMPO com o que não vale a pena.

O tempo é o meu bem mais precioso que nenhum dinheiro pode comprar. Valorizo o tempo com minha família, meus amigos, meu trabalho, meu lazer, meu descanso. Busco distribuí-los de maneira sábia, pois temos que ser tudo ao mesmo tempo. Como já disse um grande poeta: “O tempo não pára!”. E o tempo não vai esperar eu ser este mês esposa, mês que vem profissional e ano que vem mãe, ou daqui a dois anos amiga. Somos tudo ao mesmo t-e-m-p-o!

Como já disse, o envelhecer é um estado natural do ser humano, mas como administramos o nosso tempo na nossa trajetória de vida nos torna mais cedo ou um pouco mais tarde velhos.

Já existem velhos de 30 anos como existem jovens de 70 anos! Ser velho com 30 ou jovem com 70 é escolha de vida. E, tudo bem se alguém questionar que o de 70 também é velho, principalmente fisicamente, mas a vital diferença é que este é um velho pleno. Aprendeu, assim como uma criança, a não brigar com o tempo, e sim a vivê-lo! Bom sobre os quatro primeiros lugares ficaram com homens e mulheres que já passaram dos 55 anos. Ou seja, escreveram com base em sua experiência pessoal. O que também são bem interessantes.

Gostaram? E vocês o que pensam sobre isso?

Me diga… O que é envelhecer pra você?

60 CONSELHOS DAS MULHERES DE 60 PARA AS JOVENS DE 30.

ENVELHECER 2.jpg

“Não se preocupe com o envelhecimento. Preocupe-se com o tédio.” Margaret Manning

Um dia Margaret Manning decidiu deixar o emprego e criar Sixty e me, uma comunidade para mulheres com mais de 60 anos.

Sua proposta abriu as mentes de muitas mulheres, fazendo-as questionar o propósito e o significado de suas vidas. Em particular, ela percebeu que as dúvidas se apresentavam de forma habitual nas mulheres que estavam em torno de 30 anos.

Então, Margaret convidou cada um dos membros de sua crescente comunidade para compartilhar uma dica com as mulheres que tinham metade de sua idade. Com conselhos honestos e profundos, que pudessem refletir o que elas passaram três décadas atrás, quando elas começaram a levantar voo.

Percebi que tenho muito á aprender com este lista rsrsrs… Nunca é tarde!

Aqui divulgamos suas sessenta sábias dicas:

Conselhos das mulheres de 60

1- Lembre-se de que você tem apenas uma vida; e esta não é um ensaio geral.

2- Tente ser positiva e olhar para o lado bom de cada experiência de vida.

3- Pense sobre o aqui e agora.

4- Viva cada dia de sua vida ao máximo, porque você nunca sabe o que te espera ao virar a esquina.

5- Lembre-se de que a sua vida pode mudar em um instante.

6- Ame todas as fases da sua vida e não tema passar por nenhuma delas, porque todas são mágicas.

7- Aprenda a viver o momento. Se você puder fazer isto enquanto você é jovem, vai ajudar muito quando você tiver 60.

8- A vida é muito curta para se preocupar com algo que vai acontecer no futuro. Viva o hoje.

9- Saia e desfrute da natureza!

10- Encontre um hobby ou um trabalho que faça você experimentar as diferentes sensações de cada fase de sua vida.

11- Seja você mesma. Envelheça com dignidade.

12- Foque no envelhecimento de uma forma positiva; não tente evitá-lo.

13- Aceite as mudanças em seu corpo e na sua mente enquanto você amadurece.

14- Seja sempre honesta com você mesma. A vida é um processo lento de aprendizagem, mas que vale a pena.

15- Preserve suas memórias, mas não seja demasiadamente dura consigo mesma.

16- Virginia Woolf estava certa; uma mulher precisa de espaço para si mesma e US$ 500.

17- Esqueça os estereótipos que a sociedade tem sobre o envelhecimento.

18- Não se preocupe com o envelhecimento. Preocupe-se com o tédio.

19- A idade é apenas um número, ela não define quem você é.

20- O tempo vai passar, goste você disso ou não, portanto comece a viver!

21- Não deixe de inspirar-se.

22- Viva de uma maneira simples e segura. Exercite-se, cultive, leia e viaje.

23- Um visual clássico sempre está na moda.

24- Não desperdice dinheiro em sapatos; os homens não olham para os seus pés.

25- Não encha a sua vida com coisas e pessoas inúteis!

26- Seja você mesma; brilhe. Mostre-se real, esteja consciente e viva em todos os momentos.

27- Não se torne obsessivas com as rugas. Quando elas começarem a 29. Esteja no presente; não se preocupe com o envelhecimento. O melhor ainda está por vir.

28- Viva com paixão e amor, com os olhos e o coração abertos. Basta ser feliz.

29- Esteja no presente; não se preocupe com o envelhecimento. O melhor ainda está por vir.

GRATIDAOFOTO02

30- Aprecie os pequenos prazeres da vida; não a complique ainda mais.

31- Respeite o seu parceiro e seus filhos da mesma forma que você quer que eles te amem e te respeitem.

32- Distribua o seu amor de forma livre e incondicional.

33- Tenha filhos quando quiser tê-los: não há um momento específico para isto.

34- Mostre empatia com você mesma e com aqueles que estão ao seu redor.

35- Tire um monte de fotos, você vai ficar feliz em tê-las quando seus entes queridos não estiverem mais presentes.

36- Aprenda a perdoar desde a juventude.aparecer em seu rosto, pense que elas são um mapa de sua vida.

37- Esqueça a sua raiva, e deixe a gratidão e a alegria serem a sua lei na vida.

38- Tenha um círculo íntimo de amigos. Isso é fundamental!

39- Valorize sua família. Eles vão estar com você quando os outros se afastarem. Irão apoiá-la durante todo o percurso de sua vida.

40- Nunca vá para a cama com raiva de si mesma ou de outra pessoa.

41- Diga ao seu parceiro, aos seus amigos e a sua família que você os ama todos os dias.

42- Aos 30 anos você se torna mulher. Aprecie sua beleza.

43- Não perca tempo se preocupando com coisas que não pode mudar; mude as que puder.

44- Termine um relacionamento ruim o mais cedo possível, você não pode mudar a outra pessoa.

45- Cuide de sua pele! E sorria com frequência.

46- Confie em seus instintos e nunca fale mal de si mesma.

47- Seja gentil com você mesma. Você não deve considerar o que não está sob seu controle. Se alguma coisa faz você se sentir mal, tire-a de sua vida.

48- Aprenda a rir de si mesma. Não seja tão séria!

49- Dedique algum tempo a si mesma todos os dias; ria e sorria o tempo todo.

50- Basta ser você mesma. Não pretenda ser perfeita.

51- Se você tem filhos, ame-os, mas não tente ser uma mãe perfeita.

52- Deixe o seu filho ser o seu próprio mestre.

53- Seja um guerreiro; aprenda a gerar os seus próprios recursos e a ser autossuficiente.

54- Não se guie pelo medo.

55- Não pare de aprender e a exercitar a sua mente, o seu físico e o seu espírito.

56- Mostre-se grato todos os dias, mesmo quando estiver tendo um dia ruim. Há sempre uma lição a aprender.

57- Aceite os aspectos positivos do envelhecimento, como ter menos responsabilidades e mais liberdade.

58- Muitas batalhas são simplificadas com a idade.

59- Não deixe que ninguém lhe diga que você está velho demais para fazer alguma coisa! Ou muito jovem.

60- Não tenha medo. Quando você ficar velha, você vai se sentir bem. A vida e a natureza preparam você para cada fase de sua vida.

Espero que gostem!

http://www.asomadetodosafetos.com/2017/02/60-conselhos-das-mulheres-de-60-para-as-jovens-de-30.html

CAMINHAR É UM EXCELENTE EXERCÍCIO, MAS TAMBÉM MERECE CUIDADOS…

envelhecimento correr

“Os benefícios dependem da disciplina e do objetivo de cada pessoa”. Fernando Melo

Apesar de ser uma atividade de fácil execução, é preciso buscar orientação profissional para saber se você está apto e sobre a intensidade do treino.

“Caminhar” é atividade física mais democrática que existe. Desde que não haja alguma restrição, qualquer pessoa de qualquer idade pode fazer uma caminhada. Para isso, basta usar uma roupa e um calçado confortável de preferência um par de tênis, que seja adequado ao seu tipo de pisada  e ir para rua ou esteira.

CAMINHAR 1.png

Além dos benefícios para a saúde que contribuem para a longevidade, pesquisas mostram que essa atividade física combate inclusive a depressão. Apesar de ser uma atividade que parece ser de baixo impacto, é necessário adotar algumas precauções.

A imagens caminhar

separaçào 7

OS MELHORES HORÁRIOS PARA TREINAR EM LOCAIS EXTERNOS: A decisão de começar a uma atividade física (caminhar/correr…) já foi tomada. Os tênis, a roupa e os aplicativos já foram escolhidos. Mas eis que surge a dúvida: qual é o turno mais adequado para nosso corpo sair caminhando/ correndo por aí?

CAMINHAR 2

  • Na parte da manhã 7 horas e 9 horas.
  • Fim da tarde: 17 horas e 19 horas.
  • Horários em que o sol “castiga” menos.

Fonte: http://www.saudedica.com.br/as-20-dicas-para-quem-vai-comecar- a correr/

 

MINHA EXPERIÊNCIA COM O TREINAMENTO LOTUS 1 – INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

A rodrigo_

“Segunda-feira é mais difícil porque é sempre a tentativa do começo de vida nova. Façamos cada domingo de noite um réveillon modesto, pois se meia-noite de domingo não é começo de Ano Novo é começo de semana nova, o que significa fazer planos e fabricar sonhos.” — Clarice Lispector

Minha intuição e curiosidade me levaram a passar por mais uma experiência única e fantástica em 2015. Tudo começou quando assisti á uma entrevista de Zilú (ex de Zezé de Camargo) na TV  (Fonte:Tv  http://www.sbie.com.br/portfolio/programamulheres) onde relatava como se sentia a pior pessoa do mundo e de como após o treinamento encontrou-se, livrou-se dos seus medos e inseguranças… relatava sobre a sua profunda transformação…  então fiquei muito entusiasmada e querendo conhecer.

Logo procurei pela internet que facilita muito na nossa vida, como fazer para participar. Este treinamento é realizado pela Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBie) desde 1999, que tem como objetivo levar a prática da Inteligência Emocional em todas as esferas da vida. (Fonte:  http://www.sbie.com.br/  e  http://www.sbie.com.br/blog). Esta foi uma experiência intensa e transformadora na minha vida… nestes 3 dias que imersão que tivemos eu e mais 60 pessoas e que nos leva a uma reflexão profunda sobre o comportamento humano mostrando como você pode altera- lá a seu favor.

A Rodrigo InteligenciaEmocional-

Já que vivemos uma época que se caracteriza por inúmeras exigências e desafios… Onde as mudanças no ser humano se confrontam com nossos valores e princípios e tem nos confundido muito e angustiado, vamos cada vez mais em busca de encontrar respostas.

A Rodrigo 1-Resiliencia-

Percebi que precisamos urgente aprender a lidar com os nossas “emoções”, onde nunca fomos ensinados…  para assim poder usá-la, de fato, em todo o potencial de informações que já geramos e lá aprendemos… a compreender, respeitar e conviver com o outro e com o mundo de uma forma mais harmoniosa.

SBie propõe trazer um estilo de vida e uma nova forma de viver. Uma experiência única que alia ao profundo autoconhecimento, descobertas, amor, gratidão, conexão e contribuição. Desenvolvendo novas técnicas e maneiras de ajudar o ser humano a direcionar melhor cada uma das suas emoções, desde o medo, a tristeza, a raiva, e até mesmo a alegria, que hoje sem percebermos são cada vez mais canalizadas apenas para gerar conflitos, problemas e doenças físicas e mentais…e que tanto nos prejudicam.

A Rodrigo vistaparcial2

Tudo organizado parti ansiosa em uma Van da sede aqui de SP rumo ao Hotel Fazenda Pintado na Brasa, em Guararema… em busca de alguns sentidos mais plenos na minha vida! Chegando lá por volta dás 17:00 hs de uma sexta- feira de agosto. Tive tempo de conhecer o local e me ajeitar… jantei uma comidinha deliciosa e caseira calmamente… e depois conheci as minhas duas companheiras de quarto.

O treinamento se iniciou precisamente ás 19:59 hs. Alguns padrinhos de diversos participantes nos recepcionaram, prestigiaram e se despediram de todos nós neste momento inicial e partiram… me senti um pouco só e percebi que um “padrinho” acalmaria minhas tensões… só então tudo começou!

Lembro-me dos participantes ansiosos e ouvindo atentamente o que Rodrigo Fonseca dizia… (treinando á 16 anos). Seguiu explicando uma parte de como tudo ia acontecer. Éramos livres para sair a hora que quiséssemos do Hotel… confesso que este comentário me amedrontou um pouquinho, então era sinal que tudo seria muito profundo! Soubemos depois que alguns pensaram numa rota de fuga neste momento. Mas quem ali permanecesse sugeria que mergulhássemos de corpo e alma em todos os exercícios que tinha no treinamento Lotus 1… mesmo que não tivesse significado algum para nós…  Mas, em tudo aquilo havia um propósito maior que poderíamos comprrender no final. … Tudo era uma preparação rumo a nossa transformação final… Será pensei? Iríamos trabalhar profundamente todas as emoções do ser humano… em todas as suas dimensões.

A Rodrigo etrovisor-

Os treinamentos tinham o objetivo de nos provocar o tempo todo…  De mexer com toda a nossas emoções. Decidi sim “mergulhar intensamente” em cada uma delas e assim aproveitar tudo o que me era oferecido nestes momentos. Acreditei e me entreguei verdadeiramente em tudo… foi a minha sorte! Era tudo realmente muito intenso e muito profundo… único, inovador e interessante! As emoções afloravam e transbordavam… Uma mistura de tudo… Senti fortes emoções! Extraordinário, diria Rodrigo.

Lá seus sentimentos vão acontecendo conforme o tempo vai passando e você vai descobrindo um novo olhar sobre muitas coisas… Vamos mudando a nossa maneira de enxergar a vida… vamos sentindo aos poucos algumas transformações profunda em nós mesmos… Cada dia um novo encantamento… foi tudo maravilhoso!

alegrias 3

Em cada momento uma surpresa nova…  não sei como era ser cada vez melhor e mais intenso. Mas é! Vivenciamos cada emoção na sua totalidade. Um presente novo que recebemos a cada etapa vencida. Fragilidade e força se encontram e torna- nos pessoas melhores… Evoluindo. Muito mais compreensivas e pacientes… Amorosas! Descobrimos a grandiosidade da”simplicidade” no viver e como é tão simples vivermos de bem com a vida.

A Rodrigo -meditacao-

Nessa mistura de exercícios marcantes… Impactantes e carnais… vamos nos libertando de tantos traumas… algumas coisas pequenas e futilidades… outras bem maiores… Tantas mágoas profundas deixam de existir… Tudo acontece lá … Vi tanta coisa linda, assisti ao meu próprio renascimento, ajudei alguns amigos e presenciei outros acontecendo ao mesmo tempo…

Digo hoje que tive 3 momentos master na minha vida…  o parto do meu primeiro filho e da minha filha, e agora ao meu próprio parto… meu terceiro grande momento. Acredito que esta é a melhor maneira de descrever o que me aconteceu lá…

A Rodrigo parto

Você cresce muito internamente… e amadurece! Entende melhor suas próprias emoções… tornando-as tão vivas e intensas! Simplesmente você parece “renascer”… E o melhor de tudo, você se livra de muitos sentimentos negativos: ódio, culpa e depressão são exterminados…  e sente-se bem fortalecido… Perdoando-nos e vamos perdoando a quem de alguma maneira nos fez algum mal intencional ou não, isto não importa tanto aqui. …  Rir e chorar… Amar e perdoar… Culpa e culpados são enfim perdoados!

Abraçar 1

Um dos momentos mais marcante foi quando damos um abraço muito forte, sincero, apertado e amoroso em nossos pais… cada um deles são entendidos e perdoados com profundidade. Difícil explicar tudo que acontece nestes três dias de confinamento… sobre as próprias nossas experiências ….. Mas algo lindo, magico e maravilhoso nos acontece e nos transforma … Nossa maneira de ver o mundo é reavaliada e muda para melhor. Cresci muito internamente! Mudamos muito em tão pouco tempo e melhor que isso, ainda vamos transformando para melhorar o nosso mundo ao redor.

abraço 3

Quando acabei o treinamento me senti muito cansada e mais leve… “renascida” e era como se tivesse participado do meu próprio parto! Renascia agora uma nova mulher! Acolher, doar, conversar, ouvir mais as pessoas com o coração… Aprendi a abraçar gostoso, mas sinto que ainda tenho que treinar um pouco mais…  Aprendi a aceitar as pessoas como elas são, respeitar a diversidade… ser mais paciente ainda e a amar incondicionalmente! Visivelmente você percebe tudo isso ir acontecendo com você.

abraçar pai 1

Também ganhei muitos amigos novos formando uma Família nova, muito querida… A Minha Família Lotus…. Esta foi à primeira fase do Treinamento Lotus 1, que amei ter participado…  Para março de 2016 parto para o segundo Treinamento Lotus 2  – Gaivotas (Desperte seus talentos).

A Rodrigo familia

Obrigada Rodrigo Fonseca pelo primoroso trabalho que você faz neste treinamento… Assim como parabenizo todos os membros da equipe que nos assessora o tempo todo… incentivando e cuidando carinhosamente de cada um de nós.  Grande trabalho, eu super – recomendo!

A Rodrigo lotus2

Vale a pena aqui agora você parar e tentar responde algumas dúvidas que temos no mundo de hoje:

  • Quantas coisas em sua vida pessoal e profissional você gostaria de MUDAR, sabe o que fazer, mas que continua REPETINDO as mesmas experiências?
  • Quanto conhecimento existe dentro de você e que gostaria de usa-la para melhorar a sua vida e de pessoas que ama, mas que por algum motivo, continua com ele trancado em algum lugar e sem nenhuma utilidade?
  • O que vem te impedindo de MUDAR o que você REALMENTE quer na sua vida?

Acredito que a propósito da SBia é que as emoções precisam ser trabalhadas na sua totalidade, levando-se em consideração a sua afetividade, suas percepções, suas expressões, sua crítica e sua criatividade, para que o mesmo possa ampliar seus referenciais de mundo, controlar os seus impulsos e explorar todos os talentos inerentes a cada ser humano.

A 2

Promovem no “Treinamento Lotus 1″ com suporte de uma equipe muito comprometida, a consciência de “Programas Emocionais” que disparam sentimentos e comportamentos indesejados, e principalmente, o conhecimento de como podemos reprogramá-lo para gerar mudanças efetivas e espontâneas em nossas visa pessoais e profissionais. Tudo isso irá gerar mudanças profundas no individuo através de técnicas e ferramentas aplicadas sob forte impacto emocional… o que pude confirmar nesta experiência. Próximo treinamento será em 29 – 30 e 31/01/2016. Informações pelo telefone: 011 –  2985 – 5949.

Abraçar

Tem também um Projeto chamado CENTRO EMOCIONAL – onde acontece encontros semanais gratuítos, todas as  quartas – feiras,  ás 19: 59 hs, no Hotel Mercure Central Towers , sito á Rua Maestro Gardim, 407, no Bairro do Paraíso em São Paulo capital, Brasil… Uma oportunidade inédita onde as pessoas poderão treinar suas emoções e trazer mais equilíbrio para o seu dia-a-dia.

desapego vida-mais-leve-e-feliz-650x350

Para você se aprofundar sugiro alguns livros:

— “21 Chaves para a Realização Pessoal” — “E-moções – a Inteligência Emocional na prática” — Rodrigo Fonseca, Fundador da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional;

— “Inteligência Emocional” — Daniel Goleman.

Sugiro conhecer as “Técnicas de relaxamento para diminuir a ansiedade”. (Fonte: http://www.sbie.com.br/tecnicas-de-relaxamento-para-diminuir-a-ansiedade)