REUNIÕES PORTAS ABERTAS.

As Reuniões Portas Abertas foram criadas para você conhecer mais sobre os objetivos do Grupo Mulheres do Brasil e também sobre os Comitês, nos quais poderão se engajar.

Fui nesta semana (6/02/2020 no horário das 14:30 ás 17:00 horas) na primeira reunião do ano deste grupo. Foi realizada na Casa Mulheres do Brasil: Rua Doutor Tomás Carvalhal, 681 – Paraíso – São Paulo.

Conheci vários comitês e o andamento de seus projetos, todos muito interessantes e cheio de propostas muito boas… me apaixonei por vários. Vou escolher os que mais me identifiquei pra fazer parte deles, foram eles:

Conexão Bairros e Comunidades, Expansão, Comunicação, Jurídico, Vozes, Saúde, Políticas Públicas, Meninas do Brasil, Inserção de Refugiados, Inclusão da pessoa com deficiência, 60+, Igualdade Racial, Empreendedorismo, Educação, Cultura, Combate à Violencia Contra a Mulher, 80 em 8.

Conheci também alguns expositores que estavam na casa. Seus trabalhos são executados com muito primor e uma dose extra de amor.

Um deles foi o Saberes no Pano. org (#saberesnopano.org) que fazem livrinhos de pano super criativos para as crianças. Amei!

Os Livros de pano do Movimento de Mulheres do Jardim Comercial, são reconhecidos nacional e premiado internacionalmente. Resgatam também muitas brincadeiras da nossa infância. “Nossa vida se torna mais bela quando aprendemos a conviver com as diferenças…”

Outro foram as que faziam as pequenas bonequinhas Abayomi, que tem uma linda história. Feitas pelos refogados.

Para acalentar seus filhos durante as terríveis viagens a bordo dos tumbeiros – navio de pequeno porte que realizava o transporte de escravos entre África e Brasil – as mães africanas rasgavam retalhos de suas saias e a partir deles criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção. As bonecas, símbolo de resistência, ficaram conhecidas como Abayomi, termo que significa ‘Encontro precioso’, em Iorubá, uma das maiores etnias do continente africano cuja população habita parte da Nigéria, Benin, Togo e Costa do Marfim. Sem costura alguma (apenas nós ou tranças), as bonecas não possuem demarcação de olho, nariz nem boca, isso para favorecer o reconhecimento das múltiplas etnias africanas.

O Instituto Amor em Mechas andam transformando vidas, são um grupo que fazem perucas e ajeitam lenços para a cabelo oferecendo para as mulheres. Tem como objetivo contribuir para que mais e mais mulheres em tratamento quimioterápico ou que convivem com a alopecia, continuem a receber as perucas gratuitamente, mantendo sua autoestima elevada.

#movimentodemulheres #livrinhosdepano #historiasinfantis

#portasabertas #grupomulheresdobrasil

#abayomi

#refugiados@grupomulheresdobrasil #refugiados

COMO USO O MEU WISHPLANNER PARA ME ORGANIZAR.

Sei que cada um tem sua forma de #planejar e de se #organizar. Há 2 anos estou usando #planner (eu adoro).

Nesse post vou mostrar como eu organizo as minhas #atividadesdasemana/ mensal e anual no meu planner e quem sabe, essas dicas podem te ajudar também a montar o seu.

Depois de muito pesquisar encontrei um planner que tinha tudo o que eu queria. Escolhi a dedo usar o #wishplanner, pois adorei o #metodoagora, ele me dá clareza na estrutura e na direção do meu #planejamento. A capa minimalista é incrível.

O Método AGORA conta com:

1. Autoconhecimento/ 2. Garimpo/ 3. Organização/ 4. Realização/ 5. Agradecimento.

Está sendo #essencial pra mim que busco uma vida com mais #foco e autonomia por meio de uma organização para atingir o meu #propósitodevida. Adorando fazer meu planner.

Inicialmente fiz uma carta de intenção antecedendo os meus sonhos e desejos para o meu futuro. O que eu quero pra mim em 2020? Quero reler no final do ano pra ver como me sai!

Exercitei meu Autoconhecimento, que me ajudou a construir um mural de inspiração… atrelado na minha “carta de intenção”.

Fiz a roda da vida e vi como estava o meu equilíbrio em relação a diversos áreas: saúde/ espiritual/ hobbies/ relacionamentos/ propósito e legado/ intelectual/,finanças e carreira. Um retrato da minha vida no geral. Onde preciso melhorar logo visualizei e posso trabalhar para melhorar. Muito interessante. Devo repetir durante o ano a cada 4 meses.

Cheguei onde queria os meus desejos do ano que separei como na “roda da vida”. Assim tentei contemplar todas as áreas da minha vida. Foi muito bom fazer está parte.

Em seguida tinha que descobrir minhas prioridades do ano. Num quadro separado por: baixa ou alto esforço- cruzando com alto e baixo impacto. Está construção foi mais difícil, precisei de bastante atenção para encaixar no lugar certo.

Tudo isto feito fui para o PLANO DE AÇÃO. Escolhi 3 objetivos que pretendo alcançar durante o ano. Detalhei bastante: o que, frequência, preciso de, quanto tempo levaria para concluir… o mais completo possível. Assim me ajudaria a realizar os meus propósitos do ano.

Finalmente conclui a primeira etapa do meu planner com o PLANO ANUAL, feito mensalmente só com os destaques principais do ano. Sem detalhar muito aqui. Coloco todos os aniversários da família e amidos aqui, pra não esquecer. Interessante que ainda tem uma parte no final para colocar os livros para ler e lugares pra conhecer… bem legal.

Gosto de ter uma agenda, mas em branco, assim eu posso começar quando eu quiser. Eu coloco os dia e monto cada mês. Me dá mais autonomia de começar quando eu quiser. Comecei então em 24/12/2019.

Agora vamos começar a trabalhar? Como estou fazendo e minhas dicas pra você.

Planejando as minhas rotinas semanais.

A primeira coisa que faço é preencher no planner os #compromissos e as atividades importantes que são #rotineiras na semana, usando cores diferentes para cada tipo delas. Isto me me dá um certo destaque e visualizo melhor e mais rapidamente no geral. Minha distribuição no dia a dia é: Manhã/ Tarde/ Noite.

Faço as #atividades em forma de #listagens, e vou marcando o que fiz. Logo visualizo o que deu ou não deu certo e vejo se vou passar para a próxima semana. Então incluo aquelas tarefas diferenciadas na semana que pretendo fazer.

Deixe anotado também aqueles compromissos incertos, onde escrevo à lápis. Assim evito conflitos de agenda no futuro.

Não gosto de ficar com uma agenda cheia e estressante. Faço escolhas inteligentes e possíveis.

Defino 3 metas para a semana.

No final da página eu defino 3 “metas da semana” e marco com cores diferentes a frequência semanal de como me portei nas #mudançasdehábitos que quero ter este ano. Para que a meta seja eficiente, é importante que elas sejam #objetivosclaros e #mensuráveis.

Eu específico assim: 1)Beber 2 litros de água por dia, 2) Ir3 vezes por semana à academia/ caminhar e 3)Participar 2 vezes por semana de

Movimentos da Terceira Idade, curso com Novas Aprendizagens.

Todos eles se relacionam com o #meupropósito, ou seja, trazem melhoria da minha saúde física e mental, que é um dos meus objetivos deste ano.

Depois de defini-las é a hora de encaixá-los em minha rotina semanal. Para isso, quebro os meus objetivos em atividades menores e bem definidas… e coloco no “planejamento da rotina semanal”, ou seja, do dia a dia.

Isto funciona como um #estímulo para me dar mais #motivação e força de vontade pra chegar lá!

Ao registrá-las no planner percebo que me comprometo com elas, fico mais motivada em cumpri-las. Tem me ajudado muito. E a cada semana que supero, minha confiança aumenta e posso definir futuramente outras metas cada vez mais desafiadoras.

Uma dica para que fique ainda mais fácil de concluir a meta, faça como eu, é colar um post it num lugar que passo com frequência e isto me ajuda a lembrar delas e fazer.

Abaixo incluo meus #agradecimentos desta semana, isto é muito importante para se ter uma visão geral das coisas boas que vivi durante a semana. Sou muito positivista e acredito que traz boas energias pra nós mesmas.

Revejo minhas atividades incompletas, e…

Após a semana terminar, revejo todas as atividades se marquei como concluídas (eu uso um traço).

Da lista de atividades que não finalizei, separo quais delas são importantes ou urgentes e inclua na lista de atividades para a próxima semana. Nesse caso, reveja se elas são realmente #importantes. Analiso se vale a pena adiar ou concluir esta atividade e sua importância assim: me faço as seguintes perguntas:

• Será prejudicial pra mim se eu não fizer isso (ou alguém)?

• Quais os benefícios que vou obter ao finalizar esta atividade?

• Existe uma outra maneira mais simples e fácil de alcançar o mesmo objetivo?

• Dependo de algo ou alguém para finalizar a atividade? 

• Quais alternativas que tenho para depender menos dessa pessoa (aqui tudo: inclua família, tempo, amigos etc) e ter mais autonomia ou flexibilidade para terminar a atividade?

Mantenho minhas anotações por perto.

Para não perder minhas anotações e o planejamento da minha vista é importante que eu deixe o planner num local que passo maior parte do seu tempo, escolhi na sala de TV. Mantenho sempre aberto na página da semana atual consulto-o várias vezes ao longo do dia. Apesar de simples, esse simples detalhe faz toda a diferença na minha rotina. Sigo com disciplina.

Anotações, destaques e prazos importantes.

Procure uma forma de destacar no #wishplanner, todas as anotações de eventos, prazos ou lembretes importantes. Faça marcações com canetas coloridas, marca textos, adesivos, colagens, adesivos, carimbos, etc. assim certifico-me que as anotações mais importantes ficarão bem visíveis,evitando que elas se percam no meio da sua lista de atividades. Me ajuda muito pra lembrar.

Estou transformando o meu planejamento pessoal, do Wishplanner em uma jornada incrível! 

Alguns exemplos de atividades e anotações para você escrever no seu planner:

1. Viagens, consultas medicas, voluntariado, participação de movimentos e encontros, compromissos em geral;

2. Cursos, provas e aulas fora do horário normal;

3. Relatórios, processos ou trabalhos para serem entregues no dia x: Blog/ Instagram/Facebook posts novos/responder comentários/ enviar e-mail;

4. Aniversários, datas comemorativas, apresentações de filhos/amigos;

5. Coisas que não pode esquecer: presentes, telefonema, banco, correio etc;

6. Afazeres para aquele dia: limpar casa, Farmacia, mercado, organizar armários;

7. Pequenas listas, como lembretes;

8. Filmes ou livros: divido paginas para ler durante a semana o que é bem interessante.

9. Coisas alegres e positivas ou anotações como “comecei a tomar vitaminas”, “iniciei academia”. 

10. Gastos do dia… estou aprendendo ainda rsrsrs.

Eu geralmente anoto tudo de manhã no planejamento semanal. Estou mais descansada e posso visualizar melhor como foi o dia anterior.

Espero que tenha gostado das minhas dicas. Não esquece de me seguir O TERCEIRO ATO – meu BLOG – oterceiroato.com.

No Instagram do terceiro ato é:

@oterceiroato ou

https://instagram.com/oterceiroato?igshid=9xqvni2k7ew9

No Facebook é “O terceiro ato” mesmo… ou @oterceiroato

https://m.facebook.com/profile.php?id=940378169355306&ref=content_filter

Espero que tenha gostado e tenha te ajudado. Beijos

Para saber mais:

https://www.wishplanner.com.br/blog/metodo_agora/

VIVER COM OTIMISMO!

A paz

O #pensamento tem poder infinito.

Ele mexe com o destino, acompanha a sua vontade. Ao esperar o melhor, você cria uma expectativa positiva que detona o processo de vitória. Ser otimista é ser #perseverante, é ter uma fé inabalável e uma certeza sem limites de que tudo vai dar certo. Ao nascer o sentimento de entusiasmo, o universo aplaude tal iniciativa e conspira a seu favor, colocando-o a serviço da humanidade. Você é quem escreve a história de sua vida – ao optar pelas atitudes construtivas – você cresce como ser humano e filho dileto de DEUS.

Positivo atrai positivo.

Alegria chama #alegria.

Ao exalar esse estado #otimista, nossa consciência desperta energias vitais que vão trabalhar na direção de suas metas. Seja incansavelmente otimista. Faz bem para o corpo, para a mente e para a alma. É humano e natural viver aflições, só não é inteligente conviver com elas por muito tempo. Seja mais paciente consigo mesmo, saiba entender suas limitações.
Sem esforço não existe vitória. Ao escolher com sabedoria viver sua vida com otimismo, seu coração sorri, seus olhos brilham e a humanidade agradece por você existir. (Autor Desconhecido)

LÁPIDE!

A paz

Com certeza #JoséSaramago sempre me surpreende, também às vezes fico indignada com tantas questões… coisas que nunca melhoram… nunca mudam… vida que segue. Poderia muito bem estar escrito assim na minha lápide…. leia:

“Quando eu morrer… se pusessem uma lápide no lugar onde ficarei, poderia ser algo assim: “Aqui jaz, indignado, fulano de tal”. Indignado, claro, por duas razões: a primeira, por já não estar vivo, o que é um motivo bastante forte para indignar-se; e a segunda, mais séria, indignado por ter entrado num mundo injusto e ter saído de um mundo injusto. Mas temos de continuar, de continuar andando, temos de continuar”

E você como faria ?

VAI FICA TUDO BEM! ACREDITE…

motivação 3

Queria te dizer que vai ficar tudo bem. Esta dor que você está sentindo agora, vai passar. Em breve você vai olhar para este momento e será apenas um momento. Uma lição, uma experiência, uma pedra no seu caminho que você ultrapassou.
Não será fácil, pode ser que demore muito. E mesmo depois que a dor passar, a cicatriz ficará para lembrá-lo de que somos humanos, choramos, sofremos, mas superamos.
Queria abraçá-lo e retirar toda a dor de seu coração. Com este gesto, faria seu mundo ficar bem novamente, curaria seus machucados.
Porém, não posso fazê-lo. Essa dor é sua, é necessária para que você aprenda, cresça e se torne alguém ainda mais especial. Essa dor é o combustível que o fará ser ainda mais incrível.
Portanto, aguente. Respire. Vai dar tudo certo. Como no antigo provérbio mexicano: “tentaram nos enterrar, mas não sabiam que éramos semente.”
Você pode estar sentindo tudo escuro ao seu redor. Não tenha medo, você foi enterrado, mas não irá morrer. Pelo contrário, irá tornar-se uma grande árvore, com raízes ainda mais fortes e galhos resistentes que balançam, mas não caem.
Essa dor é a semente de um novo você.
Contudo, você não está sozinho, não terá que enfrentar as intempéries da vida sozinho. Eu estou aqui.
Pode ser que você queira ficar sozinho, e está tudo bem, eu estou aqui, à distância, velando para que você nunca se esqueça da força que tem.
Quando a dor começar a passar, você verá um raio de sol. E então outro, e mais outro, até que o sol não será apenas uma ideia, e sim uma realidade. Sua nova realidade, iluminada e cheia de vida.
E eu estarei aqui, de longe ou de perto, como você preferir, torcendo, e te envolvendo em luz, pronta para lhe estender a mão e dizer que a vida não é fácil, outras dores virão, mas você vai superar, Como sempre faz. Vai passar, sempre passa. Acredite, confie e espere. O melhor da sua vida ainda está por vir.

perdoar

Fonte: Carolina Cavalcanti Pedrosa

A INCRÍVEL ARTE DE COZINHAR MAL… MESMO QUE VOCÊ TENTA ACERTAR!

cozinhar ogo

Outro dia li uma crônica de Ruth Manus no Estadão que me fez rir muito e ver que não estou sozinha… leiam:

Falam muito sobre cozinhar bem. Há milhares livros, programas de televisão, canais de youtube, sites, aplicativos. Ao redor do mundo, cozinheiros e chefs são observados, imitados e idolatrados por sua capacidade ou dom de cozinhar bem. Acho ótimo- e minha barriga também agradece aos seus talentos. Mas ninguém fala sobre a incrível arte de cozinhar mal.

Acho que no mundo existem quatro tipos de pessoas: as que gostam de cozinhar e cozinham bem, as que não gostam de cozinhar e simplesmente não cozinham, as que não gostam de cozinhar, mas precisam, e cozinham qualquer gororoba só pra sobreviver e, por fim, as que gostam de cozinhar e cozinham verdadeiramente mal, não se sabe bem o porquê.

É curioso. Juntar ingredientes deliciosos como cebola refogada, vinho branco, arroz carnarolli, queijo parmesão e presunto de parma e ficar uma delícia é fácil. Difícil é juntar cebola refogada, vinho branco, arroz carnaroli, queijo parmesão e presunto de parma e conseguir que fique uma merda. Ou seja, a arte de cozinhar mal às vezes pode ser muito mais complexa do que a arte de cozinhar bem- e sobre isso ninguém fala. É preciso ser quase um mago para conseguir alcançar certas proezas.

Morango, leite condensado, manteiga, chocolate em pó: conseguimos estragar? Conseguimos. Maionese, atum em lata e cebolinha: conseguimos errar? Conseguimos. Spaghetti, manjericão, azeite e sal. Também. Bolo de caneca. Também. Cuscuz marroquino. Também. Salada com tomate cereja e mozzarella. Também. É um talento raro, uma vocação ímpar, muito mais improvável do que a capacidade de preparar maravilhas com serenidade.

Fingimos que está tudo bem. Fingimos não criar expectativas de dar certo. Mas a realidade é que a gente sempre tenta acertar: segue receita, compra bons ingredientes, prepara com cuidado. Impossível dar errado. Mas dá. Não sabemos explicar, deve ser alguma influência do cosmo ou a posição de Júpiter no momento do nosso nascimento. Não há outra explicação para o fenômeno.

cozino mal

Não dá para negar uma certa tristezinha que nos invade a cada vez que a certeza se confirma: ficou uma porcaria. A gente já sabia que seria assim. Sempre sabemos. Mas “vai que”. Vai que é dessa vez. Vai que é hoje. Vai que dá certo. Mas não, voltamos para nossa posição e fama tradicionais: damos risada, dizemos que não sabemos o que houve, avisamos o pessoal que não é preciso comer. Os amigos tentam ser simpáticos, dizem que não está assim tão mau. Está.

Aguardamos o dia em que lancem o Master Chef Erro Atrás de Erro. No qual pessoas como nós poderão mostrar ao mundo como é possível pegar chocolate ao leite de boa qualidade, tentar derreter e transformá-lo em pequenos pedregulhos de açúcar marrom com cheiro de fumaça. Como seguir uma receita de bolo à risca e, ao abrir o forno, encontrar uma gigantesca sola de havaiana. Como grudar omelete em frigideira de tefal com meio litro de azeite. Como errar no chá. Acho bizarro que os canais de televisão nunca tenham pensado em investir nesse mistério. É arte, é dom, é um talento nato para transformar deliciosas iguarias em terríveis pesadelos.

Fonte: https://emais.estadao.com.br/blogs/ruth-manus/a-incrivel-arte-de-cozinhar-muito-mal