COMO VIVER BEM NA TERCEIRA IDADE.#hashtag

Avião idoso feliz 8

“A maturidade me permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranquilidade, querer com mais doçura’. Lya Luft. 

Existem boas expectativas que vêm junto com a velhice: o contentamento e a satisfação aumentam com a idade. Estudos demonstram que pessoas com 80 anos sentem-se mais felizes do que as com 70 anos. Porém, antes de começar a celebrar, é preciso que façamos por onde chegar lá.

Estou sempre indo em busca de dicas para melhorar minha qualidade de vida, e vou dividindo com vocês tudo que aprendo. Acredito que nunca é tarde para fazer algumas mudanças e mesmo que ainda tenha negligenciado alguns hábitos saudáveis na sua juventude… ainda é tempo de fazer algumas modificações no seu estilo de vida.

Assim você pode reduzir os riscos de doenças cardíacas, câncer e fraturas ósseas apenas alimentando-se corretamente e fazendo alguns exercícios. Mas ainda podemos melhorar e muito. Para ter uma melhor qualidade de vida é indispensável algumas mudanças! Vejam :

Use a tecnologia para registrar seus hábitos

seniors nos celulares        isdosos na internet

Quando você começa a fazer mudanças, é muito útil ter uma ideia geral sobre a sua saúde e o registro dos seus progressos ajudam você a manter-se focado nos seus objetivos. Você pode monitorar seus exercícios com monitores e pedômetros. Pode também registrar seus exercícios e consumo de alimentos com aplicativos de smartphones ou monitorar sua pressão sanguínea com aparelhos para uso doméstico.

Use protetor solar e evite rugas desnecessárias

O uso de protetor solar diariamente previne rugas e protege a pele contra o envelhecimento. Isso, sem falar no câncer de pele. Os benefícios deste hábito não são obtidos apenas se começarmos jovens, embora isso ajude bastante. Você pode começar na meia-idade. Use um produto com fator de proteção solar (FPS) 30, pelo menos.

Redescubra a atividade sexual

envelhecimento-saudavel-mundo-positivo

Só porque você está envelhecendo não significa que tenha que abandonar o sexo. É importante como exercício e também para deixar você mais contente. Com a idade, atividades sexuais podem ser diferentes e melhores: você tem mais tempo, menos interrupções e você já sabe o que lhe agrada.

Cuidado com o sal

A pressão arterial tende a elevar-se ao longo da vida, e o sódio é o vilão porque ele causa aumento de pressão sanguínea. Muitas vezes, o sal está escondido em alguns alimentos, tais como comidas processadas e industrializadas, embutidos, enlatados e alguns tipos de pães. Se você quiser combater o sódio de maneira natural, coma uma banana.  O alto teor de potássio existente nessa fruta ajuda a manter sua pressão baixa e reduz o efeito do sódio na sua dieta.

Seja mais seletivo com seus alimentos

idosos comendo

O nosso metabolismo fica mais lento à medida que envelhecemos… o que faz com que nossa dieta deva ser menos calórica. Isto significa que você deve ser mais seletivo na sua escolha de alimentos e dar preferência àqueles com mais nutrientes. Boas opções são saladas, verduras, frutas, e alimentos enriquecidos com vitaminas, como cereais e leite. É aconselhável também reduzir bastante o consumo de doces, guloseimas e refrigerantes açucarados, pois eles contêm calorias vazias. Entretanto, uma pequena porção de chocolate amargo ou meio amargo não precisa ficar de fora dos seus hábitos alimentares.

Inclua gorduras saudáveis em sua dieta

Embora seja público e notório que gorduras saturadas são um perigo para suas artérias e veias, muita gente desconhece que elas também danificam sua memória e concentração. Ainda que seja boa ideia reduzir o consumo de gorduras saturadas (p. ex.: carnes vermelhas gordas e manteiga), é igualmente importante acrescentar gorduras boas à sua alimentação. Exemplos desses alimentos são peixes como salmão, sardinha, atum, anchova e robalo. Essas gorduras são importantes para o cérebro e coração.

Exercícios para reduzir os riscos do Mal de Alzheimer

_1 IDOSOS FELIZES GRANDE 2          ginastica tomando aguabigstock_Senior_healthy_fitness_couple__

Exercícios podem estimular o fluxo sanguíneo para o cérebro e facilitar o crescimento de novas células nervosas. Pesquisas indicam que exercícios regulares na meia-idade podem reduzir os riscos de degenerações cognitivas e de memória em até 39%. Não é preciso participar de maratonas: 30 minutos de caminhada, bicicleta ou jardinagem cinco vezes por semana são suficientes para melhorar a sua circulação sanguínea.

Faça exercícios para ficar forte

Uma pesquisa recente descobriu que exercícios para fortalecer músculos praticados com frequência regular são muito benéficos para retardar e até reverter o envelhecimento muscular nas pessoas mais velhas. Certifique-se de praticar exercícios aeróbicos e musculação em sua rotina de vida.

Inclua exercícios de equilíbrio em sua vida

thai chi 19

Ao escolher uma forma de exercício, considere Tai Chi ou outro tipo de prática focada nos movimentos e no equilíbrio do corpo. Isto pode ajudar você a prevenir futuras quedas e contusões. A prática do Tai Chi pode ajudar a reduzir as chances de quedas pela metade, pois exercita os seus movimentos e a sua capacidade de equilibrar-se.

Socialize e faça trabalhos voluntários

idosos alegria

Já foi amplamente demonstrado que as pessoas que interagem socialmente com seus familiares e amigos correm riscos mais baixos de perda de memória e, geralmente, possuem uma mente afiada. Da mesma forma, a prática de trabalhos voluntários já foi associada à longevidade e baixas taxas de problemas cardíacos. Quanto antes você começar, melhores serão os seus benefícios.

Aprenda sempre

Intercambio viajando A busca de novas experiências mantém a mente jovem e saudável porque criam novos caminhos no cérebro. Aprenda a falar uma nova língua, a tocar um instrumento musical ou dedique-se a um passatempo interessante. Isso pode levar você a fazer novas amizades, e expandir suas opções de divertimento que enriquecerão sua vida.

Adote um animal de estimação

Animais de estimação podem ajudar a preencher o vazio deixado pelos filhos que cresceram e foram cuidar de sua vida ou de entes queridos que não mais estão conosco. Pesquisas indicam que pessoas que têm bichos de estimação têm índices de colesterol mais baixos, sofrem menos de problemas cardíacos e não precisam consultar médicos com tanta frequência. Ter um cão também lhe dá um motivo para sair e caminhar diariamente, o que é uma ótima forma de exercício.

Fonte: http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=2119

 

Anúncios

2 comentários sobre “COMO VIVER BEM NA TERCEIRA IDADE.#hashtag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s