COMO TRAZER SEU CÃO PARA O REINO UNIDO NA CABINE PARTE 3 – TRANSPORTE TERRESTRE – DO AEROPORTO DE PARIS ATÉ LONDRES.

Bella passaporte-cachorros-gatos

DURANTE / DEPOIS

 “A compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana”. Charles Darwin

Post dividido em 3 partes para facilitar a leitura, Enjoy!              Fonte – Leia – https://perdidosemlondres.wordpress.com/2015/04/29/como-trazer-seu-cao-para-o-reino-unido-na-cabine-parte-3/

O TREM DO AEROPORTO DE PARIS ATÉ CALLAIS VILLE (lado Francês do Canal da Mancha)

Bella Paris

  • Comprou as passagens de trem pela empresa SNCF. Além de você comprar as suas passagens por essa empresa, você também deve comprar a do seu animal. Na França, o cachorro paga um valor em torno de 5 libras (convertendo).
  • Cliqueaqui para ler as informações necessárias para andar de trem na França com o seu animal e para comprar a passagem dele junto com a sua.
  • Provavelmente você vai pegar o TGV do CDG para Lille Europe, e o TER de Lille Flandres para Callais Ville. Quando sair de Lille Europe, você vai andar uns 10 min (na rua mesmo, atravessando semáforos, etc.) até chegar na estação de Lille Flandres. Tanto no CDG, quanto em Lille Flandres, você deve colocar o seu ticket e do seu animal (e de todas as outras pessoas que estiverem com você), em umas máquinas amarelas de verificação de tickets na estação, geralmente localizadas um pouco antes da entrada da plataforma. Além disto, vai passar um guarda durante a viagem para conferir as passagens e essa leitura.
  • O que ele fez : A viagem até Lille Europe, ele colocou a bolsa da Bella no seu colo e ela veio dormindo (todos nós!). Já na viagem de Lille Flandres até Callais Ville, não se achou espaço para guardar as malas, foi usado o espaço da segunda pessoa para colocar a bolsa. Eles adoram cachorros e pessoas transportam animais o tempo todo, então eles não ligaram.

O TAXI PARA ATRAVESSAR O EUROTUNNEL (DE CALLAIS VILLE ATÉ FOLKSTONE)

bELLA _london_d

  • Depois de uma conhecida minha recomendar os serviços da empresa Folkestone Taxi Co. Ltd. entrei em contato com eles por e-mail, e fui acertando os horários com o taxista. A melhor parte de dormir em Roissy-en-France, foi não ter a preocupação com o horário que o avião iria chegar do Brasil, além de que meu cachorro pode fazer necessidades e jantar tranquilo (ele não ficou sem comer, beber água, etc.).
  • A empresa de taxi cobra um preço fixo, e compra a passagem do eurotunnel do seu animal, e a ida e volta do motorista (que vem do UK sozinho e volta para o UK com você). Ele pagou 200 Libras por este serviço.
  • Passei o horário da chegada do trem para a empresa, e o taxista (que vem do lado inglês) já estava na porta de saída da estação esperando assim que o trem chegou em Callais Ville.
  • Ele está super acostumado com esse trajeto, visto que várias pessoas que querem ir para o Reino Unido e não querem deixar seus animais nos bagageiros, são obrigados a passar pela Ferry (é uma balsa, que demora bem mais pra atravessar, e que seu cachorro fica sozinho dentro do carro, em uma parte não acessível para passageiros), ou peloEurotunnel (que transporta carros, etc.).
  • O que ele fez: Tudo foi feito conforme estas orientações e deu super certo. Enfim chegamos na terra da rainha. Ufa!

O TREM DE FOLKSTONE CENTRAL (lado Inglês do Canal da Mancha) até WATERLOO (estação dentro de Londres)

Bella London-Euston

  • Southeastern Train corta toda a parte sudeste do Reino Unido, e sai das estações de Folkstone em direção a Waterloo em um tempo de 1h40min (mais ou menos).
  • Nesse trem você não precisa colocar o ticket na entrada não foi encontrado), mas vai passar um guarda e pedir. Na verdade ele só viu os tickets junto com o cartão two together em cima da mesa e nem falou nada.
  • Nessa hora coloquei meu cachorro embaixo da mesa, e logo ele começou a chorar. Coloquei então ele em cima do banco, peguei o pote de água e coloquei perto da bolsa pra ele tomar. Pense numa draga! Tomou muita água tadinho! Eu acho que a viagem toda o fez ficar muito agoniado e ele sentiu muita mais sede que o normal. Além disto, aqueles biscoitinhos que ele ama, eu sempre dei de tempo em tempo para que ele não ficasse faminto. Mas com meu filho foi tranquilo.
  • Outra coisa é importante lembrar: mais um motivo para amarmos o UK é que aqui dentro animais andam livremente de ônibus, trem, e metrô, sem pagar NADA.

IDENTIFICAÇÃO DO ANIMAL

Eu fiz para o meu pequeno uma coleirinha com um pingente na petshop. Nesse pingente estava escrito o nome dele de um lado, e dois números de telefone com DDD do Brasil. Além disto, eu fiz outro pingente com o nome dele, e o número do meu celular aqui de Londres. Foi o que ele também fez.

CUIDADOS DURANTE O PROCESSO DA VIAGEM

  1. Não deixe seu cão com vontade de fazer necessidades.
  2. Tome cuidado para não deixar seu animal morrendo de fome, mas não dê comida demais! Ele pode ficar enjoado pelas turbulências do avião, do trem, ou do taxi.
  3. NÃO SE ESQUEÇA DE DAR ÁGUA DE TEMPO EM TEMPO! O ar condicionado do avião pode piorar o animal que já está desidratado.
  4. Mantenha a calma e sempre faça carinho, mostre que está tudo bem.

COMO FOI QUE ACONTECEU? VEJA AQUI COM MAIS DETALHES….

Bella

  • Foi feito o check-out e ficou aguardando o ônibus rosa para retornar ao aeroporto. Seguiu-se em direção ao terminal do TGV (trem) que ia para Lille Europe.
  • Saindo de Lille Europe, andou-se 10 min a pé até Lille Flandres, onde pegou-se o TER, que levou para Callais Ville.
  • Em Callais Ville o Taxi já estava esperando! Segundo relatos, o motorista Patrick, foi um gentleman! Super querido e educado, conversou bastante e deixou meu cachorro à vontade para ficar no banco do carro. Mesmo assim foi mantido ele dentro da casinha, pois não sabia se ele ficaria enjoado.
  • Patrick levou para o terminal de verificação da documentação da empresa EUROTUNNEL. Daí meus queridos, que você observa a diferença dos nossos queridos ingleses! Pela primeira vez alguém pediu o CZI, mandou passar o leitor para verificar o chip do meu cachorro, e conferiu LINHA POR LINHA do CZI. Carimbaram e menos de 5 min depois meu cachorro já estava livre! Meu cachorro tinha recebido o aval pra entrar no UK.
  • Voltou-se para o taxi em direção do eurotunnel, passou-se pela polícia francesa (que não estava nem aí) e pela polícia inglesa (que pediu para abrir a porta, perguntou o motivo da viagem, qual foi o trajeto todo do meu cachorro desde que saiu do Brasil, etc.).
  • 20 minutos embaixo do Canal da Mancha, sem sentir absolutamente nada (segundo relatos), chegou-se no Reino Unido!!
  • Patrick deixou todos na estação de Folkstone Central, onde pegou-se as passagens na bilheteria, e seguiu-se para esperar o Southeastern Trains para London Waterloo.
  • Em Waterloo, ainda tiveram que pegar outro trem e ônibus para chegar em casa, mas dai depende de onde você vai morar.
  • Pode parecer loucura, pode parecer muita coisa, mas são apenas passos que se você seguir com organização vai ficar muito tranquilo.
  • Como foi com ele: A diferença é que ele preferiu dormir uma noite num hotel próximo ao aeroporto GDV para visitar sua irmã que mora em Paris e descansarem um pouco da viagem (B&B Hôtel Paris Roissy CDG Aéroportque também, obviamente, aceita cachorros por uma taxa). Acordou bem cedo para prosseguirem a viagem rumo ao Reino Unido, conforme você
  • Tirando a ansiedade geral para chegar em Londres, ocorreu tudo tranquilamente durante toda a viagem com meu filho e seu cão – Bella. Saber de todos os prazos e processos… (muitas informações em mãos) sobre vários detalhes de como tinha que proceder até chegar á terra da Rainha contribuiu muito para o sucesso da viagem. Estão lá muito bem obrigada…

Uma dica FUNDAMENTAL – poucas malas… traga só o essencial para você! O objetivo é não ter mil malas pra carregar, além da bolsa do seu cachorro nada mais é aconselhado. Pense que você vai caminhar, subir e descer de trem, talvez subir escadas, etc.

Uma dica ESSENCIAL – a bolsa que eu recomendei tem um ganchinho pra prender na coleira do seu animal. Eu pedi pra deixar o meu preso o tempo todo, principalmente dentro do avião, trem, etc. Era a garantia que eu tinha que onde a bolsa estivesse, ele estaria. TODAVIA, ele girava muito durante a noite e durante o dia, e às vezes (não sei como) ficava entre as patinhas, por isso sempre fique olhando. Foi preso essa trava na coleira de identificação que mandei fazer colocando o nome dele e os números de telefones aqui do UK, assim ele não ficou com aquela coleira de passear lhe prendendo o tempo todo.

MAIS REFERÊNCIA DE QUEM JÁ VIAJOU COM SEUS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO TAMBÉM…

Bella dúvidas

Pesquisando aqui e acolá, achei um monte posts bem detalhadas de um pessoal que já viajou com seus bichinhos – gatos e cachorros – e que me deram informações importantíssimas na hora de me organizar (e que eu divido aqui para ver se te ajuda também!). Alguns já foram indicados nos posts anteriores.

É uma galera que tanto levou seus bichos para fora do Brasil ou que trouxe para o país, bem como depoimentos de quem viaja com eles de avião por terras brazucas também. Só vale lembrar que cada um dos blogueiros aqui relatou sua própria experiência na hora de levar seus bichanos – e que as regras mudam de país para país, e idem para algumas companhias aéreas. Então, vale a pena conferir com eles como foi o processo, mas não se esqueça de se informar os requisitos para você levar o seu bichinho!

  • Blog Colagem, da Luciana Misura: ela viajou de avião com o gatinho dela na cabine do avião, num voo interno dentro dos Estados Unidos. Ótima referência para felinos que já estão lá na terra de Obama.
  • Ducs Amsterdam, de Daniel Duclos: ele também tem dois bichanos que levou do Brasil para Amsterdam, e conta o passo a passo de como foi levar os gatinhos. Ótimo post.
  • Café com Broa:Também levou dois gatinhos para a Irlanda, que não faz parte do Reino Unido, mas cujas regras são muito parecidas para transporte de animais.
  • Uma Malla pelo Mundo, da Lucia Malla: esse é para donos de gatos nível “advanced”. J Ela levou o Catupiry, o gatinho diabético dela, da Coréia do Sul para o Brasil. Uma tensão que deu certo no final!

E você? Já levou ou está no processo de levar seu bichinho para algum outro país? Conta aqui como está sendo o processo –  e se os requisitos forem diferentes, melhor ainda: é bom para a gente trocar experiências com outros donos de animais!

Enfim, espero ter ajudado!

Fonte: https://perdidosemlondres.wordpress.com/2015/04/29/como-trazer-seu-cao-para-o-reino-unido-na-cabine-parte-3/

 

Anúncios

5 comentários sobre “COMO TRAZER SEU CÃO PARA O REINO UNIDO NA CABINE PARTE 3 – TRANSPORTE TERRESTRE – DO AEROPORTO DE PARIS ATÉ LONDRES.

  1. Passei muitos anos da minha vida morando fora do Brasil.Sempre fomos felizes, em todos os momentos ,carregando nossos fillhotes de grande porte,Raça Pastor Alemão .Nos acompanhavam por toda parte.Voavam Swissair,especialistas em transporte de animais.Sem dúvida ,sp foi muito trabalhoso e nossos corações aceleravam….tentamos até trazer prenha uma femea e deu certo…Foi uma longa jornada da Ásia até o BR,com escala na Suiça.Muita história para contar……Jamais partiria deixando um membro querido e fiel pertencente á família….
    ..

    Curtir

    • Cecília, realmente fazemos de tudo para trazer nosso filhote conosco. Deve ter muitas histórias pra nos contar… Muita burocracia, mas fazendo tudo com atenção e cuidado tudo dá certo. Obrigada pela visita volte sempre. bjs.

      Curtir

  2. Estou maravilhada com a qualidade do relato. Tudo nos mínimos detalhes. Eu tenho 1 cachorrinho maltes e 2 gatinhas. Sao meus 3 filhos. Estou planejando ir pra fora pro ano q vem. Eu poderia já iniciar e fazer a 1a parte desse protocolo todo? Chipar os 3 animais, vacinar e fazer a sorologia e guardar. E fazer o resto no outro ano ?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s