A ARTE DO OTIMISMO.

“Nós não vemos as coisas como elas são… vêmo-las como nós somos”. Anais Nin.

Acredito que estar de bem com você mesma é essencial para sermos felizes na vida… Ser  positivista em relação aos desafios que a vida nos apresenta faz toda a diferença.

A sua atitude é  definida pela maneira de olhar ou viver a sua vida. Se você mudar a sua maneira de pensar… Você vai criar um mundo bem melhor ao seu redor. Este vídeo nos mostra bem isso…

Espero que gostem, beijos.

EU VOU SER VOVÓ… PELA PRIMEIRA VEZ… Á DISTÂNCIA…

LONDRES Compras-em-Londres-Inglaterra-2

“… E eu, avó de primeira viagem… inicio a caminhada por essa nova e longa etapa de minha vida. Novos sentimentos vou descobrindo… Ser avó pela primeira vez é um marco único… importante e  definitivo na nossa vida. Ser vovó á distância…  é outro desafio a se vencer”. Bia Perez.

Ser avó, para nós mulheres, é a possibilidade de criar novos rumos no viver, re-contar histórias, escrever, registrar os eventos… Este é um deles…

Parto hoje daqui  (com o coração pequenininho)… depois de um tempo (77 dias) juntinho… curtindo meu neto, filho e nora que agora passam a morar aqui… tão distantes do Brasil. Lembranças lindas e  doces… é tudo que levo comigo hoje.

Sim vou pensar em vocês a cada passo que der. Espero que a vida os trate muito bem.  E espero que tenham tudo que sonharem! Na vida temos que ter a coragem de abraçar todas as oportunidades que nos aparacem… e acreditar em nossos sonhos. Isto vocês fizeram e só tenho a abençoar e pedir a Deus que os  proteja.

bebe-avião-

Sou hoje a saudade do seus bracinhos abertos me aconchegando estendidos para te pegar do berço… do seu largo e inocente sorriso me olhando… dos seus olhinhos curiosos enxergando o mundo inteiro… (Bom dia mundo!!! Boa noite mundo!!!)… e experimentando de tudo um pouco! Sou a saudade dos seus dedinhos buscando os meus… entrelaçando-os até você adormecer juntinho da vovó, meu netinho querido…!

Sou hoje a saudade da sua risada leve… da sua emoção contando todo feliz e realizado como foi seu dia no trabalho… dos gostosos lanchinhos que fazia carinhosamente no jantar… do sorvetinho de sobremesa… e das longas noites assistindo aos seriados e filminhos… Sou a saudade dos longos passeios animados e divertidos me mostrando todas as histórias e as belezas do seu novo lugar, meu filho querido…!

Sou hoje a saudade de vê-la cuidando do seu lar e da sua família com tanto carinho e amor… Deste amor que transborda o seu ser, na entrega total ao seu filho e ao seu marido…  Sou a saudade dos nossos almoços e das pizzas que você mesma fazia… das nossas passeadas divertidas nos trens e pelo bairro com o carrinho de bebê apreciando o pôr do sol… com ou sem chuva… dos filminhos da nossa sessão da tarde… e das nossas gostosas conversas e risadas, minha norinha querida…!

LONDRES BIA PONTE 2

Ah, sim já sinto saudades!!! Fui me  despedindo cada dia um pouquinho! Vou ficar tentando lembrar de tudo que eu vivi aqui. Cada momento vivido… eternizarei dentro do meu coração.

Sou a soma de tudo isso, e infinitamente muito mais. Sou toda “coração”… amor e sentimentos! E além de tudo isso, sou eu mesma!!!

Vou carregada de todas estas lindas lembranças que me encorajam, me orgulham  e me confortam muito… me acrescentando novas experiências na minha vida… certa de que escolhem bem …

Banner Londres palacio

“Ah, claro! Fotos e vídeos… muitassssss…

Para fazer longas paradas”. São paradas para me fazer relembrar nossas histórias vividas e que deixam saudades.

Revejo tudo na minha memória e pelo álbum de retratos.

Ah, tem ainda o skype uma distância que nos aproxima. Quem diria… isso ajudará bastante para amenizar minha saudade!

Sentirei saudades , saudades de tudo!! Saudades é coisa boa!

Agradeço tudo que fizeram por mim nestes dias… muito, muito obrigada mesmo…  e um até breve. Que Deus os abençoe!

Com amor… mil beijos.

Vovô Bia.

BIA SO

CONVIVÊNCIA FAMILIAR.

“A família não nasce pronta; constrói-se aos poucos e é o melhor laboratório do amor. Em casa, entre pais e filhos, pode-se aprender a amar, ter respeito, fé solidariedade, companheirismo e outros sentimentos”. Luis Fernando Verissimo

familia-reunida-e-feliz

Amar… Compartilhar… Compreender…

Quem não sabe tolerar… não aprende a amar.

Os teus familiares são as tuas lições imediatas.

Sem paciência… o menor problema adquire proporções imensas.

Aprende a ceder em favor da felicidade alheia.

Necessário… muitas vezes.

Não agridas verbalmente aqueles que convivem contigo.

Respeite os limites de cada um.

Ouça com o coração acima de tudo.

A gentileza abre portas a muito tempo cerradas.

Não transforme o teu lar em lugar de aflições.

Repense… Paz e amor!

Aprenda a conviver com o outro.

Crie um ambiente de harmonia.

Torne mais aconchegante o teu ninho doméstico.

Seleciona os assuntos de teus diálogos familiares.

Incentive seu filho a conviver com todos da família.

Soluções surgem com um bom diálogo e respeito mútuo.

A família é o teu primeiro compromisso na vida.

A diversidade é inerente à família

a49cdb808f4067e04c2f32d97f3971e4

 

QUANDO OS FILHOS VOAM… POR RUBEM ALVES.

auto estima

“… Amar é ter um pássaro pousado no dedo! Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar…” Rubem Alves.

Encontrar a sabedoria do amor que nos ensina a deixar voar e não a engaiolar… é uma benção! Pra variar este texto vivo e cheio de afeto de Rubem Alves me surpreende! Dia a dia, com dor e amor, alegria e nostalgia, eu tenho aprendido sobre as asas e raízes que se revelam nos relacionamentos entre pais e filhos.

Estou sim aprendendo e muito especialmente na maturidade a “transformar nascer, crescer e morrer num processo menos monótono e sem sobressaltos”… amando e dando asas aos filhos… Cada vez eles vão mais longe e ficam por mais tempo… nós vamos acompanhando ás vezes de perto, outras de longe … Nos encontrando e nos espelhando em seus sonhos e vitórias… melhor assim, né. Leia:

BIA SO

Sei que é inevitável e bom que os filhos deixem de ser crianças e abandonem a proteção do ninho. Eu mesmo sempre os empurrei para fora. Sei que é inevitável que eles voem em todas as direções como andorinhas adoidadas.

Sei que é inevitável que eles construam seus próprios ninhos e eu fique como o ninho abandonado no alto da palmeira…

abraçar mae 4.jpg

Mas, o que eu queria, mesmo, era poder fazê-los de novo dormir no meu colo…

Existem muitos jeitos de voar. Até mesmo o vôo dos filhos ocorre por etapas: O desmame, os primeiros passos, o primeiro dia na escola, a primeira dormida fora de casa, a primeira viagem…

Desde o nascimento de nossos filhos temos a oportunidade de aprender sobre esse estranho movimento de ir e vir, segurar e soltar, acolher e libertar. Nem sempre percebemos que esses momentos tão singelos são pequenos ensinamentos sobre o exercício da liberdade.

Borboletas livre

Mas chega um momento em que a realidade bate à porta e escancara novas verdades difíceis de encarar. É o grito da independência, a força da vida em movimento, o poder do tempo que tudo transforma.

É quando nos damos conta de que nossos filhos cresceram e apesar de insistirmos em ocupar o lugar de destaque, eles sentem urgência de conquistar o mundo longe de nós.

É chegado então o tempo de recolher nossas asas. Aprender a abraçar à distância, comemorar vitórias das quais não participamos diretamente, apoiar decisões que caminham para longe. Isso é amor.

desapego em movimento.gif

Muitas vezes, confundimos amor com dependência. Sentimos erroneamente que se nossos filhos voarem livres não nos amarão mais. Criamos situações desnecessárias para mostrar o quanto somos imprescindíveis. Fazemos questão de apontar alguma situação que demande um conselho ou uma orientação nossa, porque no fundo o que precisamos é sentir que ainda somos amados.

Muitas vezes confundimos amor com segurança. Por excesso de zelo ou proteção cortamos as asas de nossos filhos. Impedimos que eles busquem respostas próprias e vivam seus sonhos em vez dos nossos. Temos tanta certeza de que sabemos mais do que eles, que o porto seguro vira uma âncora que os impede de navegar nas ondas de seu próprio destino.

Muitas vezes confundimos amor com apego. Ansiamos por congelar o tempo que tudo transforma. Ficamos grudados no medo de perder, evitando assim o fluxo natural da vida. Respiramos menos, pois não cabem em nosso corpo os ventos da mudança.

abraçar mães-

Aprendo que o amor nada tem a ver com apego, segurança ou dependência, embora tantas vezes eu me confunda. Não adianta querer que seja diferente: o amor é alado.

Aprendo que a vida é feita de constantes mortes cotidianas, lambuzadas de sabor doce e amargo. Cada fim venta um começo. Cada ponto final abre espaço para uma nova frase.

Aprendo que tudo passa menos o movimento. É nele que podemos pousar nosso descanso e nossa fé, porque ele é eterno.

Aprendo que existe uma criança em mim que ao ver meus filhos crescidos, se assustam por não saber o que fazer. Mas é muito melhor ser livre do que imprescindível.

viajes-alrededor-del-mundo

Aprendo que é preciso ter coragem para voar e deixar voar.

E não há estrada mais bela do que essa.

Fonte: https://osegredo.com.br/2015/12/quando-os-filhos-voam-por-rubem-alves/#.V2WQUmc7msR.facebook

COMO VIVER EM PORTUGAL DEPOIS DE APOSENTAR… COM ATUALIZAÇÕES

“A ninguém que atravesse um túnel de experiências tão intensas é possível sair do outro lado com o mesmo formato”. Carlos Eduardo Novaes.

A Portugal 3

Sim. Pode residir em Portugal como reformado/aposentado ou viver de rendimentos próprios (bens móveis ou imóveis, da propriedade intelectual ou de aplicações financeiras). Portugal tem uma lei para receber cidadãos aposentados do mundo inteiro que desejam viver aqui, desde que provem rendimentos suficientes. Inclusive tem benefícios fiscais de isenção de impostos! Algumas dicas da euro dicas para você… entenda como funciona o processo para que os aposentados brasileiros possam morar em Portugal e saiba todas as vantagens de ser estrangeiro aposentado em Portugal, além da qualidade de vida, claro.

Como morar em Portugal sendo estrangeiro aposentado?

A Portugal

O aposentado deve solicitar um visto de Residência (via internet) para reformados ou titulares de rendimentos junto ao Consulado de Portugal de seu País. Veja como pedir o visto de residência de Portugal para aposentados:

1 – Comprovativo dos meios de subsistência: Comprovante de rendimentos que possibilitem a residência em território nacional, assegurados por período não inferior a 12 meses, cuja prova deve ser feita pelos seguintes meios:

  • No caso de “aposentados”, através do comprovante/ documento comprovativo da aposentadoria, bem como a garantia do seu recebimento ou comprovar outros rendimentos em Portugal.
  • No caso de “cidadãos” que vivem de rendimentos de bens móveis ou imóveis, da propriedade intelectual ou de aplicações financeiras, através de documento comprovante da existência e montante dos rendimentos, comprovando os bens móveis ou imóveis que possui, bem como da disponibilidade desses recursos em Portugal;

2 – Outros documentos necessários: Confira atualizações em 2017:  http://consuladoportugalsp.org.br/visto-de-residencia-para-aposentados-ou-titulares-de-rendimentos/

  • Formulário de Pedido de Visto: para obtê-lo, clique aqui. Preencha-o integralmente e submeta o pedido. Receba o formulário preenchido e, então, o imprima e cole uma fotografia sua.  Atenção:no item 25 (duração da estadia), preencha 90 (noventa) dias. O prazo será alterado após a entrevista (do contrário gerará um erro).
  • Declaração do próprio: Declaração assinada pelo requerente, especificando o motivo do pedido de visto, o período que pretende permanecer em Portugal, o local de alojamento e indicação de referências em Portugal (nome, endereço e telefone de familiares e/ou amigos), se for o caso; Carta justificativa da pretensão de residir em Portugal;

3 – Comprovante de Alojamento em PortugalO alojamento pode ser comprovado através da apresentação de um dos seguintes itens:
a) Comprovativo de aquisição ou arrendamento de habitação em Portugal;
b) Carta convite feita por um cidadão que resida legalmente em Portugal, dizendo que irá hospedá-lo. Nesse caso, a declaração deverá vir acompanhada de fotocópia da identidade da pessoa que convida;
c) Comprovativo de reserva em hotel por um período mínimo de uma semana;

4 – Seguro médico internacional de viagem: Seguro médico internacional de viagem, válido pelo período que vai permanecer em Portugal. A apólice de seguro deve incluir a cobertura de repatriação por motivos médicos, necessidade urgente de atenção médica e tratamento hospitalar de emergência. O seguro de saúde privado pode ser substituído pelo PB4, caso o requerente seja beneficiário do INSS;

Saiba mais sobre:  PB4 em https://oterceiroato.com/?s=PB4 , e sobre Documentos – https://oterceiroato.com/2017/09/22/documentos-para-morar-em-portugal/

5 – Atestado de antecedentes criminais: O atestado de antecedentes criminais brasileiro a ser apresentado é o emitido pelo site da Polícia Federal do Brasil.  Deve ser com menos de 90 dias, emitidas pela Polícia Federal e pela Polícia Civil, com a assinatura reconhecida em Cartório;Para obtê-lo, clique aqui;

6 – Fotografias: Duas fotografias 3×4 a cores e fundo liso, atualizada e com boas condições de identificação;

7 – Passaporte Original: com validade superior a 3 meses;

  • Cópia simples do passaporte (somente páginas de identificação e das folhas usadas);
  • O passaporte deve ter validade superior a 3 (três) meses, finda a validade do visto.
  • Não envie ainda o passaporte original. Entregue-o ao funcionário somente quando for convocado para a entrevista;

8 –  Autorização SEF: Autorização destinada ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para consulta ao registo criminal português do requerente, exceto para menores de 16 anos (clique aqui para obter o modelo);

9 – Declaração: Declaração de ciência do fato de não dever viajar a Portugal sem o devido visto (clique aqui para obter o modelo);

10 – Cópia simples da carteira de identidade:(RG para brasileiros e RNE para estrangeiro. Neste caso a validade tem que ser superior ao término do pedido do visto em 90 dias);

11 – Cópia do boleto bancário pago. Se casado(a), deve enviar cópia autenticada da certidão de casamento. Se tiver filhos, deve enviar cópias autenticadas das certidões de nascimento. Quando reunir todos os documentos acima (e somente nesse caso), deve acessar:

Atenção: Somente pague o boleto se tiver todos os documentos solicitados e se realmente for da entrada no pedido neste Consulado Geral. Depois de se dar entrada no pedido não há possibilidade de reembolso de qualquer valor, seja por indeferimento, seja por desistência do requerente.

Atenção: Se já reuniu todos os documentos necessários à instrução do seu pedido de visto, conheça as instruções de envio e os preços clicando aqui. 

Confira sempre Atualizações : http://consuladoportugalsp.org.br/visto-de-residencia-para-aposentados-ou-titulares-de-rendimentos/

Quanto preciso ter de renda para viver aposentado em Portugal?
Para que seu visto de residência como aposentado em Portugal seja aprovado, é preciso satisfazer alguns fatores mínimos, e um deles é o valor da aposentadoria por mês. O valor mínimo varia de acordo com a quantidade de pessoas no agregado familiar que vai se candidatar para morar em Portugal.

A Portugal 1

Os valores de aposentadoria para viver em Portugal:

  • 1º adulto – 100% do salário mínimo vigente
  • 2º adulto – 50% do salário mínimo vigente
  • Cada criança – 30% do salário mínimo vigente

Em 2018 o Salário Mínimo em Portugal é de € 580.   

Observação: Hoje (Fevereiro/ 2018) para um casal seria uma média de (ao mês) 870, mas eu sugiro que  seria bom ter uma folga, ou seja, sugiro entre 1200 á 1500 por mês, para viver bem confortavelmente em Portugal.

Um casal de aposentado com uma criança menor de idade precisaria ter um rendimento mínimo de 180% do salário mínimo vigente no ano.

A obtenção do visto não é automática, e quanto mais recursos financeiros você tiver, maior a probabilidade de sucesso. Para você saber se consegue viver bem Portugal com a sua aposentadoria.

Leia também: https://oterceiroato.com/2017/12/01/aposentado-em-portugal/

Isenção de IRS na aposentadoria de estrangeiros e vantagens
Em 2013, Portugal criou o status de “residente não habitual”, que permite ao aposentado estrangeiro ter isenção de impostos durante dez anos. Para fazer parte desse programa é preciso residir pelo menos 6 meses por ano em Portugal sem exercer atividade lucrativa, alugar apartamento em Portugal (imóvel em geral) ou comprar e não ter sido residente fiscal em Portugal nos cinco anos anteriores. Sem dúvida não pagar impostos por 10 anos é um grande atrativo para ser um estrangeiro aposentado em Portugal. Á partir de janeiro 2016 com novos incentivos aos aposentados esta se tornando ainda cada vez mais interessante morar em Portugal para os brasileiros.

Atualizando em… 20/03/2018

Depois de várias contribuições aqui mesmo em nossos comentários (o que tenho muito á agradecer) e mais pesquisas… estamos “atualizando” e informando que sim, o governo brasileiro taxa em 25% a aposentadoria remetida para fora do território brasileiro. Portanto todo brasileiro “residente não habitual” (não – residente) em Portugal que recebe pensão (aposentadoria) de uma fonte no Brasil (INSS ou funcionário público…), paga IR retido na fonte, de forma definitiva, com alíquota de 25% independente da renda.

O acordo para evitar a bitributação, entre Brasil e Portugal, determina o pagamento de IR ao país que paga a aposentadoria, ou seja, paga IR ao Brasil (conforma Dec. 4.012/01).  Entendo que é justamente por estar em vigor este acordo sobre bitributação que o Brasil está podendo cobrar o IR de quem vive no exterior. O acordo diz que quem recebe de fonte brasileira… paga IR no Brasil, sendo o mesmo caso para um português que venha morar no Brasil, ele pagará IR em Portugal. Temer assinou a confirmação deste desconto em 2016.

É bom sabermos que a tal “isenção” de impostos (será válido somente enquanto a lei estiver em vigor e/ou por 10 anos) e não vigora para nós brasileiros!

Para saber mais sugerimos consultar a Lei 4.012/01 e a IN 208 da Receita Federal Instruções Normativas SRF 2018, DE 27/09/2002 com atualizações (http://normas.receita.fazenda.gov.br/sijut2consulta/link.action?idAto=15079&visao=anotado ) assim poderemos entender melhor esta questão e não sermos pego de surpresa sobre esta questão tão séria. É mais um absurdo, como tantos outros que já sofremos aqui no Brasil.

Para saber mais leia: https://oterceiroato.com/2017/07/22/como-receber-a-aposentadoria-em-portugal/

Dr. Daniel esclarece, “Uma das ações que frequentemente abordávamos aqui na Koetz Advocacia era sobre a cobrança de 25% de Imposto de Renda sobre os ganhos de aposentados brasileiros no exterior. Devido a uma alteração na lei, essa ação contra a cobrança não é mais possível, embora ainda cabe a tentativa de recuperar alguns valores retidos,”.

Se você quiser saber mais:  http://koetzadvocacia.com.br/fim-das-acoes-brasileiros-no-exterior/. https://secure.avaaz.org/po/petition/CESSACAO_E_REEMBOLSO_DE_25_DAS_APOSENTADORIAS_DE_BRASILEIROS_RESIDENTES_NO_EXTERIOR/?pv=6

Penso que não tem motivo algum para taxar em 25% a aposentadoria de quem não vive no país. É um absurdo!!! Concluo que nem depois de aposentarmos poderemos (ainda) desfrutar (totalmente) de nossa renda. O IR sempre estará presente em nossas vidas!

Vamos ter que (re) planejar bem quando resolver “mudar para Portugal” ou para qualquer outro País que escolhermos para viver… ter novas experiências e/ou ir em busca de uma melhor qualidade de vida.

Uma outra grande vantagem de ser aposentado em Portugal, é o sistema de Saúde Pública em Portugal (PB4), que vai te custar muito menos do que qualquer plano de saúde no Brasil e tem excelente qualidade. Leia: https://oterceiroato.com/2016/10/31/saude-publica-em-portugal-como-funciona-2/

Outras formas de enviar dinheiro do Brasil para Portugal. Leia: https://oterceiroato.com/2016/09/19/transferir-dinheiro-do-brasil-para-o-exterior-encontrei-a-melhor-forma-transferwise-1/

Algarve é eleita a melhor lugar do mundo para viver e aposentadoria, também acho rsrsr. Estou pesquisando sobre isso, leia: https://oterceiroato.com/2016/04/03/algarve-eleita-o-melhor-lugar-para-os-aposentados-morar/

Além de Portugal, a Espanha também tem um programa de visto semelhante, para pessoas que tenham renda (como aposentadoria, por exemplo) e queiram viver no país. Veja Como morar na Espanha depois de aposentado.  ( https://oterceiroato.com/2016/11/07/sou-aposentado-no-brasil-posso-viver-legalmente-na-espanha/)

Para saber mais sobre este assunto veja: http://www.eurodicas.com.br/

Atualizações confira sempre no Consulado Português. : http://consuladoportugalsp.org.br/visto-de-residencia-para-aposentados-ou-titulares-de-rendimentos/

Fonte: http://www.eurodicas.com.br/como-viver-em-portugal-depois-de aposentar/

 

 

 

FILMES SENSACIONAIS QUE MOSTRAM O AMOR NA TERCEIRA IDADE – TOP 2.

“A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras. Sentir-se amado é sentir que as pessoas tem interesse real na sua vida”.  Arnaldo Jabor.

filme amor
O amor… Ah, o amor! Cheio de surpresas… Há quem diga que amar alguém é querer envelhecer com essa pessoa! Uma coisa é certa: o amor pode transformar aqueles que o sentem! Mas tantas coisas acontecem…
No cinema, vários filmes têm como pano de fundo esse sentimento, que aflora em qualquer fase da vida, inclusive na maturidade.
Veja esta outra seleção de filmes que nos mostram como é o amor na terceira idade, longe de ser um tabu, revela-se como uma experiência a ser vivida e celebrada… Um brinde ao amor!
A FELICIDADE MORA AO LADO
Na comédia romântica “Um Amor de Vizinha”2014, o corretor de imóveis Oren Little (Michael Douglas) egocêntrico vive tranquilamente quando recebe a visita do filho (com quem ele não fala há anos), um ex-viciado, que vai cumprir uma pena de prisão que pede que ele cuide da sua neta por um tempo… e deixa sua filha pequena, Sarah (Sterling Jerins), com o avô. Sem a menor ideia de como proceder com uma criança que ele mal conhece, ele pede ajuda a sua vizinha para cuidar da menina.
A vizinha Leah (Diane Keaton), uma viúva e cantora de um pequeno restaurante. Mais do que ajudar o corretor a cuidar de Sarah, Leah ensina a Oren que ainda há tempo para amar e buscar a felicidade. Assista ao trailer:

O rabugento Oren tem seu coração amolecido pela adorável vizinha Leah.

UM OSCAR PARA O AMOR!
O filme francês “Amor” (Amour 2012), direção de Michael Haneke, conta a história de Anne (Emmanuelle Riva) e Georges (Jean-Louis Trintignant), casados há bastante tempo e cujas vidas mudam quando Anne é submetida a uma cirurgia no coração malsucedida, que a deixa paralisada de um lado do corpo. O amor do casal é colocado à prova com o problema de Anne, e a realidade de dificuldades e superações adentra o filme com toda força. Amor foi premiado com o Oscar de melhor filme estrangeiro de 2012. Assista ao trailer:

Amor: uma lição de afeto, cumplicidade e companheirismo. Manter-se fiel as suas  escolhas e decisões.

SEGREDOS SEMPRE SÀO DESCOBERTOS

Em 45 anos, 2015 Kate Mercer (Charlotte Rampling) está planejando a festa de comemoração dos 45 anos de casada. Porém, cinco dias antes do evento, o marido recebe uma carta: o corpo de seu primeiro amor foi encontrado congelado no meio dos Alpes Suíços. A estrutura emocional dele é seriamente abalada e Kate já não sabe se vai ter o que comemorar durante a festa.

O diretor Andrew Haigh constrói momentos de grande naturalidade na vida de um casal idoso, incluindo cenas com os amigos, momentos de dança e um ato sexual. Mesmo assim, em ritmo progressivo, o cineasta consegue criar o suspense: o que vai acontecer no dia da cerimônia? Eles vão terminar o casamento? Vai dar tudo certo? Haigh economiza – até demais – na quantidade de conflitos ao longo da história, que é belamente filmada, mas um tanto inerte. Entretanto, é possível acreditar que o cineasta tenha feito essa escolha porque acreditava no potencial de sua conclusão que, de fato, é excepcional. Assista ao trailer:

Um retrato sutil, sofisticado e ao estilo Bergman de uma crise de casamento no final da vida. […] Em muitos níveis, “45 Anos” é um filme atormentado por fantasmas do passado.

A MORTE É UM DIA QUE VALE A PENA VIVER | ANA CLAUDIA QUINTANA ARANTES…

luz

“Eu tive uma namorada que via errado. O que ela
via não era uma garça na beira do rio. O que ela
via era um rio na beira de uma garça. Ela despraticava
as normas. Dizia que seu avesso era mais visível
do que um poste”. Manoel de Barros.

Relógio-3-624x624

Sempre falamos em qualidade de vida… mas nunca gostamos de pensar e muito menos falar sobre a “morte”… nossa única certeza na vida. É sobre isso que a Dra. Ana Claúdia Quintana Arantes fala com muita clareza e simplicidade. Há tanta sensibilidade neste vídeo… “Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.” Carl Jung.

morte ..

“A doença é uma abstração da realidade. Ela está nos livros, no microscópio, nas definições ou nas publicações. Mas, quando a doença encontra um ser humano, ela produz uma melodia única, que se chama “sofrimento”. As doenças, elas se repetem nas pessoas. Mas o sofrimento, não. O sofrimento é único, cada um tem o seu.[…]. Medicina é simples, gente boa, o difícil é a psicologia . Cada ser humano é único, e vai expressar nesse momento, que tem consciência da sua finitude. Porque todo mundo aqui já sacou que a gente vai morrer. Alguém está chocado em saber disso?[…] Quem for sentar do outro lado tem de entender a importância de que ela não tem tempo para desperdiçar com quem não dá importância para um ser humano até o último minuto em que ele vive. ” Quer saber mais assista este vídeo…

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=ep354ZXKBEs

AS CORES E O REVEILLON: VAMOS INOVAR?

Ano Novo

Ano novo… novos sonhos! Pensei então em renovar a minha maneira de passar este ano de 2018.

A resposta é tudo… e depende do que busco para mim em 2018! Algumas dicas do que cores você pode usar: se busca paz, use branco, se está a procura de um grande amor use o vermelho e terá um ano repleto de paixão. Se estiver precisando de dinheiro a melhor cor para usar no Réveillon é o Verde e Amarelo, a esperança aliada com o dinheiro, o laranja também ajuda. Se estiver à procura de inspiração e estabilidade o ideal é usar uma peça de roupa violeta e para a paz de espírito o azul sempre ajuda enfim, o que realmente importa é a atitude, é o pensamento positivo.

Acredito em muitas simpatias e superstições, mas nunca levei muito a sério a questão da roupa de ano-novo. Inclusive, passei diversas viradas de ano vestindo até o preto e nunca nada de muito grave me ocorreu. Analisando agora minha vida pregressa, vejo que sempre subestimei o poder das cores, apesar de gostar muito de tudo colorido.

ano novo Cores-para-usar-no-Réveillon-2016-significados-01

Baseada nisso, resolvi fazer uma breve pesquisa sobre o poder das cores em nossas vidas e, diante da virada de ano que está tão próxima, resolvi inovar no ritual da virada: em vez de na “roupa nova” da cor do meu pedido, vou investir na decoração com “velas” em casa!

Vamos às dicas de qual vela utilizar durante o mês de Dezembro que melhor irá se adequar ao meu pedido. Li uma vez que, quando ascendemos uma vela estamos iluminando nossas verdades e querendo atrair algo novo para nossas vidas. Então vamos lá?

ano novo velas

Vela rosa: Cor do amor, do romance e da paz. Deverá ser usada quando você precisar se envolver em puro amor e o amor ao próximo. Quando magoar alguém ou for magoado é a cor ideal para desfazer o ódio.

Vela laranja: Cor que incentiva a criatividade, as atividades artísticas e desportivas. É uma cor revitalizadora de todo o sistema mental e emocional. É um excelente auxiliar para quem quer receber luz, espiritualizar-se e aumentar seu poder mental.

Vela lilás, violeta ou roxo: Cor da espiritualidade. Tem a força da transmutação, conseguindo transformar o negativo em positivo. Quando precisar se proteger de algo ou quando perceber alguma negatividade, estas cores auxiliam para que as pessoas se livrem de diversos tipos de vícios: cigarro, álcool e drogas.

Vela azul: Cor que acalma, tranquiliza e atrai equilíbrio emocional. A cor azul claro está muito ligada ao Astral e Boas Energias do Universo. Tons de azul mais vivo melhoram a autoestima, atraem alegria interior e paz na casa. Cor que impõe respeito.

Vela vermelha: Cor de pura energia e vida. Vibra com muita intensidade no Universo e tem um poder de realização muito rápido. Cor do amor, paixão e sexo. Poderá ser usada para qualquer pedido com urgência.

Vela branca: Cor da paz, do amor universal, do contato com Deus, de firmar o anjo da guarda e de atrair boas energias. É a mais democrática das cores, pois pode ser usada para qualquer finalidade positiva.

Vela dourada: Cor ligada ao Sol que ilumina, clareia e espanta más energias. Cor que atrai riqueza, sucesso e prosperidade. Ótima para concretizar sucesso material, profissional e autoestima.

Vela prata: Cor que eleva nossa autoestima, atrai sucesso, concretiza metas e sonhos. A cor prata estimula a intuição, sensibilidade e espiritualidade, pois está associada à energia da lua.

Vela amarela: Outra cor associada ao Sol. Tem o poder de abrir a mente para a sabedoria do Universo. Traz entendimento sobre tudo, além de atrair riquezas, prosperidade, abundância e melhorar a comunicação.

Vela verde: Cor da saúde, equilíbrio e vitalidade. Muito usado para atrair esperança. Também é usado para atrair saúde ou curas em problemas de doenças. Muitos usam para atrair bens matérias.

Vela marrom: Cor da Terra. Atrai firmeza mental, poderes de concentração, realização material e sucesso de metas e sonhos. Ótimo para momentos duvidosos e indecisos.

Cada cor tem seu simbolismo e transmite uma intenção, neste ano novo 2018 escolha a cor certa e seja muito feliz e para garantir não conte apenas com a cromoterapia, apele também para as tradicionais simpatias da noite da virada, afinal não custa nada acreditar.

ano-novo-champagne

Confesso que estou em dúvidas na escolha mais adequada para 2018. Não sei se vou de marrom ou prata (desejos bem materialistas, típicos de capricornianos rsrsrs). E vocês, vão de que cor?

Acredito que em 2018 tudo pode ser diferente, pode ser melhor, tudo depende de como você encara as possibilidades que se apresentam no dia a dia, no convívio com as pessoas que amamos, no trabalho, na escola, entre amigos… Quando colocamos a atenção no presente… e nos momentos, conseguimos entender todo o espírito de Natal.  

Essa é uma maneira interessante de se encarar o mundo, de se encarar as oportunidades que estão sendo anunciadas neste ano novo … que se inicia e podem ser a motivação que eu estava precisando para acreditar e transformar minha vida em um evento contínuo de sucessos.

Para quem quiser saber mais a respeito da influência das cores no universo, o significado de cada vela foi extraído dos ensinamentos de Franco Guizzetti, que é consultor de Feng Shui e de Geobiologia, personal coaching, consultor de oráculos e palestrante holístico e motivacional. 

 

ESTOU AQUI SEMPRE, MEUS IRMÃOS…

irmãos amigos-abraçados-de-costas

“Passamos juntos por momentos inimagináveis inexplicáveis e inesquecíveis… Onde quer que eu vá, levo vocês no meu coração”.   Rogério Stankewski.

Aos meus irmãos… minha declaração de amor… meus eternos amigos e companheiros de viagem. Devia ter sido entregue na noite de Natal… mas como me atrasei preparando nossa Ceia de Natal aqui em casa… vai indo agora um pouquinho mais tarde… Queria que vocês soubessem que…

Tantas alegrias… algumas lagrimas derramadas…  tantas briguinhas bobas… muitos beijinhos e abraços… tantas histórias maravilhosas vividas! Vivemos tudo com tanta intensidade quando éramos crianças. Inocência, sensibilidade e fragilidades presentes… dia a dia… lembranças magicas eternamente revividas…

mae children_027

O tempo foi passando… e crescemos. E cada um de nós tomou o seu rumo… cada um vive a sua vida… cada um vive o seu momento… cada um vive a sua história! Cada um em seu lugar, no seu tempo e no seu espaço… Mas eu sei que o nosso amor de irmãos resiste a isso tudo… Acompanho tudo pertinho de corpo e alma… a cada um de vocês… Nos amando e nos protegendo… afinal somos irmãos amigos e companheiros…

Sigo torcendo e ajudando no que puder… Enxergando então vocês irem superando seus “desafios” e brindando os “sucessos” que a vida têm lhes apresentado… acreditando sempre que tudo vai dar certo mas, se não der…  seguiremos juntos de mãos dadas… sentindo assim que nunca estaremos sozinhos…Nunca mesmo…  aconteça o acontecer!

irmaos 7 irmãos 6.

Procuro ainda enxergar o lado bom de todas as coisas e em cada desafio enfrentado… sempre cresço, amadureço e aprendo algo maior e melhor… melhorando tudo na minha vida. Reflito muito sobre tudo isso.

Eu tenho certeza que nenhum dos momentos que passamos juntos vocês esqueceram… Eu tenho certeza que vocês sentem muitas saudades, assim como eu… de tudo que vivemos juntos… sim, vivemos tudo com tanta intensidade! Hoje vejo que já superamos tantos desafios… enfim estamos chegando na maturidade felizes e fortes… Amadurecemos muito!

irmãos 3

Irmãos, eu fico muito feliz e orgulhosa pela vida que construíram… fico feliz por que estão felizes… fico feliz por não esquecer de cada um de nós… fico feliz por preservarmos e darmos a real importância do conviver em “família”…  Um aprendizado que vem sendo conquistado dia a dia por cada um de nós… e fico muito mais feliz ainda por vocês serem os meus Irmãos.

IRMÃOS 2014

Eu amo demais cada um de vocês, meus irmãos… e quero que saibam que eu vou estar sempre aqui em todos os momentos que eu puder estar… e que mesmo longe podem sempre contar comigo. Acredito bastante no sucesso de cada um de vocês… Saibam que eu estarei aqui sempre para te aplaudir de pé! Fico muito feliz ao ver que seus esforços e determinação tem alcançado seus objetivos. Em toda luta, houve uma vitória!

BIA SO

Eu poderia dizer pra vocês muitas coisas mais… mas, acho que as palavras não são suficientes para expressar o tamanho da minha admiração por cada um de vocês! Melhor mesmo deixar apenas vocês sentirem!… “Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer Como é grande o meu amor por você…”… Amo-os muito irmãos-amigos! 

mae e filhos 20

A gente pode ficar dias sem se falar… a gente pode brigar… a gente pode não concordar um com o outro… a gente pode se afastar por alguns dias, meses, anos… enfim, entre a gente pode acontecer de tudo… mas, eu tenho certeza que entre nós existe um amor incondicional verdadeiro… capaz de superar qualquer “coisinha”.IMG_0938

Quero aproveitar para pedir desculpas pelos momentos que deixei triste algum de vocês… pelos momentos que não quis dividir alguma dificuldade que eu estava enfrentando… para não trazer-lhes  maiores preocupações e achando que poderia superar sozinha… (um grande erro meu)… pelos momentos que em me “ausentei internamente” para só depois ressurgir, mais forte… pelos momentos que fiz alguém chorar… pelos momentos que falei palavras duras… pelos momentos que magoei… pelos momentos que não pude ajudar… por todos aqueles momentos que de alguma forma eu deixei um mal estar entre nós… e principalmente pelos momentos que eu nem sequer percebi o quanto vocês estavam precisando de um “colinho”, de uma palavra amiga ou de um carinho de irmão. Desculpem-me! Mas, tenha toda certeza que foi sem nenhuma intenção e sempre tentando acertar ou ajudar.

_irmao 1

Quero tudo de bom e que cada dia seja melhor para cada um de vocês…  pois eu sei que além disso tudo, a gente se ama muito.  Amo vocês demais… estarei bem aqui… Contem sempre comigo… para o que for preciso!
irmaos dadas 2

“Percebi que quanto mais vamos envelhecendo, mais precisamos das pessoas que nos conheceram na infância e na juventude. .. os nosso irmãos ! De nada valem nossas conquistas se não temos ao nosso lado aqueles que testemunharam o quanto à gente batalhou pra chegar até aqui…”   Bia Perez 

Sinto-me abençoada por construirmos esta família tão unida e tão linda… carregada de emoções e de vida! Pulsante e vibrante… feliz, falante e atrapalhada… e que vem aumentando…

bebes_048

Aprender a conviver em Família… coisa tão difícil hoje em dia, onde os valores estão mudando tanto!!!  Onde o certo parece errado e o errado parece certo!!! Onde se valorizam mais o “ter” e não o “ser”… Onde o dialogo, o respeito às diferenças, a compreensão, a paciência, o perdão e… o amor parecem ter pouca importância na apressada vontade de buscarmos uma felicidade ilusória que parece estar tão longe de nós…

familia-reunida-e-feliz.jpg

E nesta busca incessante, agitada e apressada muitos se perdem e a vida vai se tornando sem algum sentido maior para muitas pessoas… Solidão, insatisfação, depressão e ilusão aparecem… e vão tomando conta e deixando passar os verdadeiros momentos felizes da vida que temos e que tanto vão nos trazer recordações maravilhosas… Estes sim serão capazes de nos transformar e trazer a alegria e satisfação plena que tanto aquietará nossos corações. … Estas sim merecerão ser sempre lembradas e eternizadas.

rodopiando

Vamos assim continuar nossa jornada bem mais leves…  sem melindres… sem ausências… atentos e com muito amor…  Cada vez mais unidos e vencendo todos juntos os desafios que a vida ainda irá nos apontar…

Saibam que nossos pais teriam muito orgulho de ver o que eles começaram… o legado que deixaram para nós… darem tantos frutos!

IMG_0860

Um brinde á nós meus irmãos… Um brinde a nossa Família!

NÃO ESTAMOS PREPARADOS PARA SERMOS PAIS DOS NOSSOS PAIS

a49cdb808f4067e04c2f32d97f3971e4

“…Quanto mais eles perdem memória, vigor, audição, mais sozinhos nos sentimos, sem compreender por que o inevitável aconteceu. Pode até surgir alguma revolta interior por esperar deles que reagissem ao envelhecimento do corpo, que lutassem mais a favor de si, sem percebermos, na nossa própria desorientação, que eles não têm a mesma consciência que nós, não têm como impedir a passagem do tempo ou que possuem, simplesmente, o direito de sentirem-se cansados…”

Cuidar dos nossos Pais

Difícil percebermos que enfim este momento chegou… Vamos ambos aprendendo juntos no dia a dia… E procurando enfrentar tudo com maturidade… muita paz no coração e um amor infinito, pois isso faz parte da uma fase da nossa vida.  Acredito ser esta a receita do amor incondicional…  Para refletir melhor sugiro ler este artigo:

mae e fiha

Nascemos filhos. E esperamos ser filhos para sempre. Mimados, educados, amados. Que nossos pais invistam doses cavalares de amor em todo nosso caminho pela vida. Que, quando a vida doer, haja um colo materno. Que quando a vida angustiar, encontremos neles um conselho sábio. E, quando isso nos falta, há sempre uma lacuna, um sentimento estranho de sermos exceção.

Mesmo adultos, esperamos reconhecer nossa meninice nos olhos dos nossos pais. Desejamos, intimamente, atenções miúdas, como a comida favorita no dia do aniversário ou a camiseta do time de futebol se estamos na casa deles.

Não estamos prontos para trocar de lugar nesta relação.

maos bengala

É difícil aceitar que nossos pais envelheçam. Entender que as pequenas limitações que começam a apresentar não são preguiça nem desdém. Que não é porque se esqueceram de dar o recado que não se importam com a nossa urgência. Que pedem para repetirmos a mesma frase porque não escutam mais tão bem – e às vezes, não está surdo o ouvido, mas distraído o cérebro. Demora até aceitarmos que não são mais os mesmos – que dirá “super-heróis”? Não podemos dividir toda a nossa angústia e todos os nossos problemas porque, para eles, as proporções são ainda maiores e aí tudo se desregula: o ritmo cardíaco, a pressão, a taxa glicêmica, o equilíbrio emocional.

Vamos ficando um pouco cerimoniosos por amor. Tentando poupar-lhes do que é evitável. Então, sem querer, começamos a inverter os papéis de proteção. Passamos a tentar resguardar nossos pais dos abalos do mundo.

maoidosa_600px

Dizemos que estamos bem, apesar da crise. Amenizamos o diagnóstico do pediatra para a infecção do neto parecer mais branda. Escondemos as incompreensões do casamento para parecer que construímos uma família eterna. Filtramos a angústia que pode ser passageira ao invés de dividir qualquer problema. Não precisam preocupar-se: estaremos bem no final do dia e no final das nossas vidas. Mas, enquanto mudamos esses pequenos detalhes na nossa relação, ficamos um pouco órfãos. Mantemos os olhos abertos nas noites insones sem poder correr chorando para a cama dos pais. Escondemos deles o medo de perder o emprego, o cônjuge ou a casa para que não sofram sem necessidade e, aí, estamos sós nessa espera; não há colo… nem bala… nem cafuné para consolar-nos.

 

Quanto mais eles perdem memória, vigor, audição, mais sozinhos nos sentimos, sem compreender por que o inevitável aconteceu. Pode até surgir alguma revolta interior por esperar deles que reagissem ao envelhecimento do corpo, que lutassem mais a favor de si, sem percebermos, na nossa própria desorientação, que eles não têm a mesma consciência que nós, não têm como impedir a passagem do tempo ou que possuem, simplesmente, o direito de sentirem-se cansados.

maos 11

Então pode chegar o dia em que nossos pais se transformem, de fato, em nossos filhos. Que precisemos lembrá-los de comer, de tomar o remédio ou de pagar uma conta. Que seja necessário conduzi-los nas ruas ou dar-lhes as mãos para que não caiam nas escadas. Que tenhamos que prepará-los e colocá-los na cama. Talvez até alimentá-los, levando o talher a sua boca.

 vida 3

E eles serão filhos piores porque lembrarão que são seus pais. Reagirão as suas primeiras investidas porque sabem que, no fundo, você acha que lhes deve obediência. Enfraquecerão seus primeiros argumentos e tentarão provar que ainda podem ser independentes, mesmo quando esse momento tiver passado, porque é difícil imaginarem-se sem o controle total das próprias rotinas. Mas cederão paulatinamente, quando a força física ou mental reduzir-se e puderem encontrar no seu amor por eles o equilíbrio para todas as mudanças que os assustam.

Não será fácil para você. Não é a lógica da vida. Mesmo que você seja pai, ninguém o preparou para ser pai dos seus pais. E se você não o é, terá que aprender as nuances desse papel para proteger aqueles que ama.

maos idoso

Mas, se puder, sorria diante dos comentários senis ou cante enquanto estiverem comendo juntos. Ouça aquela história contada tantas vezes como se fosse a primeira e faça perguntas como se tudo fosse inédito. E beije-os na testa com toda a ternura possível, como quando se coloca uma criança na cama, prometendo-lhe que, ao abrir os olhos na manhã seguinte, o mundo ainda estará lá, como antes, intocável, para ela brincar.

Porque se você chegou até aqui ao lado dos seus pais, com a porta aberta para interferir em suas vidas, foi porque tiveram um longo percurso de companheirismo. E propor-se a viver esse momento com toda a intensidade só demonstrará o quanto é grande a sua capacidade de amar e de retribuir o amor que a vida lhe ofereceu.

rostos proximos

Eu me sinto abençoada por estar vivendo esta fase com minha mãe atualmente… cuidando e vigiando para que ela tenha uma melhor qualidade de vida nesta fase da vida… recebendo muito amor, carinho e atenção… Esta é a hora onde temos a melhor oportunidade para tentar retribuir um pouquinho de todo o amor a qual nos foi dispensado durante toda a nossa via. Muitas histórias vividas!  Unidas pelo amor de pais e filhos construídos ao longo do tempo.

luz
Fonte: http://obviousmag.org/puro_achismo/2015/nao-estamos-preparados-para-sermos-pais-dos-nossos-pais.html#ixzz3uwqCw2tu
Follow us: @obvious on Twitter | obviousmagazine on Facebook