SABEDORIA NÃO É DOM NATO – EXIGE ESFORÇO E DISPONIBILIDADE.

“A dúvida é o princípio da sabedoria”. Aristoteles.

Se tem uma coisa que aprendi (já a algum tempo) na minha vida, com a chegada da maturidade, foi que preciso de tempo e paciência para refletir sobre “minha vida”:  – O quero pra mim? – Quais são meus sonhos e desejos? – Como quero envelhecer? … e principalmente sobre as minhas “atitudes”: – Como vou fazer? – O que preciso mudar? Preciso de “sabedoria” nestas minhas decisões o que fará diferença em tudo… e isso é aprendido.!

Confesso que já mudei varias vezes meus caminhos durante a vida e nem sempre foram fáceis tomar certas decisões. Mas foram estas “mudanças” meus maiores aprendizados, disso tenho certeza! Sempre tive positividade e esperança que as coisas iriam ser melhores (por piores que parecessem inicialmente)… e foi assim que me aconteceu. Sempre, sempre mesmo melhoraram, acreditem. Durante a minha vida tornei-me uma pessoa mais forte, mais segura, mais completa, mais serena, mais sábia… e mais feliz!

Às vezes a vida nos obriga a sair da zona de conforto… isso dá medo, mas sempre quis olhar pra frente, ver as possibilidades do que me surgiria á frente… e assim me faziam seguir… sem nunca olhar pra trás. Nunca me arrependi das minhas escolhas! Com minhas experiências e vivências… minhas maneiras de ser e agir fui construindo a minha sabedoria… as minhas verdades!  Adorei este texto de Maria Aparecida Costa, dá no que pensar sobre tudo isso, leiam…

como-parar-de-absorver-energia-negativa-1200x545_c-1068x485

Há momentos que ficam arquivados em nossa memória e a imagem permanece nítida – não importa o tempo transcorrido.  Momentos simples, que deixam um registro mais fiel que qualquer fotografia amarelada pelo tempo.

Lembro-me com clareza do semblante do Prof. Gilberto, na quinta série, quando tentava nos ensinar valores para além da aula de matemática. Mantinha a voz doce e o olhar terno quando dizia:

Ignorantes são as pessoa que insistem no próprio erro;

Inteligentes são os que os reconhecem e procuram mudar a partir das próprias experiências;

Sábios são os que aprendem observando e refletindo as experiências dos outros.

img_3257

Essa reflexão me acompanhou durante a vida, tornando-se um objetivo buscar sabedoria nas minhas decisões, tentando não cometer os mesmos erros que outras pessoas e optando pelo certo e não pelo mais fácil, pessoal e profissionalmente.

Compreendi que sabedoria não é um dom nato. É mito pensar que a sabedoria se adquire com a idade ou com o conhecimento. Nem todo velho é sábio e nem toda cultura e conhecimento trazem sensibilidade e abertura para o aprendizado e evolução pessoal.

A experiência de viver mais de 50 anos ensina que “desenvolver sabedoria” não é tarefa fácil. É necessário libertar-se do jeito automático de dirigir a vida e não estacionar em “reclamômetros“. Significa despir-se da roupa confortável de “ter sempre razão” e encontrar coragem para superar limites e dificuldades pessoais.

meditando 3

É buscar equilíbrio, serenidade para acolher a si próprio e a partir daí poder estender esse acolhimento à outros humanos.

É saber o que busca, o que precisa. É cuidar de si, do corpo e da mente. É aprender a impermeabilizar a alma  e saber que a responsabilidade pelo nosso bem estar é só nossa. É não misturar nossos sentimentos com os de outras pessoas. É tornar-se gigante na compreensão e na possibilidade de colocar-se no lugar do outro, tentando ver o mundo com seu olhar e suas escolhas.

É ler, estudar, refletir e compreender. Buscar evolução mental e espiritual e ter consciência de sua completude. Ninguém e nada pode desequilibrar sua harmonia a menos que você permita.

É buscar maturidade e compreender que há momentos difíceis, há momentos de dor e perda e que a medida que vivemos ser sábio é ser resiliente, é e aprender a lidar com as perdas, os lutos e as profundas mudanças que o envelhecimento exige.

E é sobretudo unir-se a outras pessoas com a mesma idade e mesma expectativa na busca de bem estar pessoal e social, como por exemplo, a luta pela preservação de direitos aos idosos.

Fonte: http://viverdepoisdos50.com/2018/02/sabedoria-nao-e-dom-nato-exige-esforco-e-disponibilidade/.

Anúncios

9 comentários sobre “SABEDORIA NÃO É DOM NATO – EXIGE ESFORÇO E DISPONIBILIDADE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s